segunda-feira, 25 de junho de 2012

Rosely Sayão: dicas sobre educação de crianças


Já falei aqui mil vezes que sou fã de carteirinha da psicóloga Rosely Sayão. Acho que ela é uma pessoa sensata, equilibrada, firme na medida. Aprendo muito sobre educação de filhos com ela. Tive a oportunidade de bater um papo pessoalmente uma vez e fiquei ainda mais fã.
E neste último final de semana ela rendeu a matéria de capa da Veja SP sobre educação e limites. Uma matéria longa com exemplos bem claros. Quem não teve a oportunidade de ver, corra. Leia, releia e guarde nos seus favoritos. Vale a pena.

O link é esse aqui
http://vejasp.abril.com.br/revista/edicao-2275/rosely-sayao-fala-sobre-educacao



5 comentários:

Dani Rabelo disse...

Rô, eu li a matéria, mandei o link para a minha cunhada, que está grávida (e acha que está tãããããooooo longe o momento de educar...), li e reli tudo o que ela disse.
Gosto muito das suas palavras e do seu conhecimento, lindo.

Mas, posso dizer? Nada que uma porção de bom senso não nos diga o mesmo, não? Não sou a Rosely, ela é conhecedora exímia da educação de adolescentes (e crianças), trabalha com isso e tem muito mais know how na matéria do que eu, que estou só começando. Porém, das dicas que ela disse, todas, absolutamente todas foram usadas na minha casa comigo e com os meus irmãos: nada de combinado, quem manda são os pais; nada de pedir para o filho ajudar em casa, é obrigação dele, não é um favor... os pais têm a obrigação de estar junto, amar e educar.... e por aí vai... claro que para quem não teve uma educação firme e de ponta com pais amorosos, afetuosos e preocupados em ter filhos bons, fica mais difícil entender como se educa... mas para quem foi amado, teve pais presentes (mesmo quando separados, como no meu caso), que fizessem questão de educar, de amar e de cuidar, sem abrir mão do respeito, do papel de pai e filhos, fica meio óbvio que tudo aquilo deverá ser feito.

Não custa vir alguém e nos lembrar das nossas obrigações, claro... e eu gostei muito das palavras da Rosely, como sempre.

Beijos!

Mamatraca disse...

Dani, concordo! Eu acho que essa é uma característica bem típica da Rosely. Na maior parte das vezes, o que ela fala sobre educação parece absolutamente básico, não tem nenhuma solução brilhante e inovadora. Mas o problema que percebo é que está faltando MUITO esse básico na educação hoje em dia. O que pra gente pode parecer absolutamente normal e sem novidades, pra muita gente não é, infelizmente. Vejo cada coisa por aí que me deixa horrorizada. Pais achando bonitinho crianças se comportarem como adultos, pais que têm medo de serem firmes e falam com crianças de 5 anos como se tivessem 2 e milhares de outras coisas.
Por isso eu gosto da Rosely. Ela faz a gente pensar que não podemos nunca abrir mão desse básico.
Beijos

Avassaladora disse...

Adoro ela também!!!
Ouço sempre no Sábado o programa dela com a Inês de CAstro na Bandnews FM - Seus filhos em versão ampliada. Bom demais!!!

Mônica Japiassú disse...

Adorei a reportagem e os comentários de vocês, meninas!

Será que nós, do mundo blogueiro, temos em comum essa "educação básica" e bem formada? Será que mãe e pais que agem de forma que nos deixam horrorizadas não costumam escrever blogs?

Uma pena que só pode participar do concurso com a Rosely Saião quem mora em SP, senão eu participaria, com certeza! Adoro esses assuntos sobre educação e ficaria maravilhada se ganhasse a oportunidade de ter uma conversa com ela!

B-jão!
http://www.jbsilva2.com.br

E.M disse...

Uma beleza a reportagem,adorei eu que sou mae de primeira viagem sempre procuro ler e tentar aprender uma forma eficiente e com amor de lidar com as birras do meu pimpolho.. :D

GRANDE ABRAÇO.. linda semana pra ti :D