segunda-feira, 4 de junho de 2012

Presente lembrança ou lembrança presente?

A mãe descobre uma loja super transada pra comprar presentes. Pouco plástico, muita madeira, muito tecido, muito charme, brinquedos como os de antigamente. Uma coisa retrô chique. Preços nem tão baixos assim, mas ela fica doida. Um dos amiguinhos do filho, colega de escola, ia fazer aniversário em um buffet bacana naquele final de semana. A mãe então descobre uma sacolinha de tecido super transada que continha dentro bolinhas de gude, peão, tetris e um jogo da velha de madeira. A mãe fica toda feliz porque conseguiu encontrar um presente diferente e com a cara dos seus tempos de criança, quando se brincava na rua.
Daí ela leva o filho para a festa. Mega festa. E o filho se diverte loucamente com tantas atrações do buffet e mais todas as outras atrações contratadas pelos pais. Na hora de ir embora, pegam uma embalagem enorme que estavam distribuindo na saída e entram no carro.
Em casa, quando o filho abre a sacola de lembrancinhas, ele logo diz:
- Olha, mamãe! Uma das lembrancinhas que veio no pacote é igualzinha ao presente que compramos pro Bruno!

FIM.

13 comentários:

Camila Bandeira disse...

Acho que, infelizmente, as duas coisas. Espera-se por presentes cada vez mais caros e por lembranças cada vez mais elaboradas... pena.

Fe Piovezani disse...

kkkkkkkkkkkkk!!! normal! eu fui à uma festa esses dias também e achei que tivesse comprado o presente do século, super legal mesmo, funcional e tal. A mãe do aniversariante me liga uma semana depois agradecendo muito muito muito mesmo o presente e diz que achou tão, mas tão diferente e útil, e que está tão feliz, e mais feliz ainda, porque o menino ganhou DOIS!!!! ai ai viu!

Viviane Peres disse...

Seria melhor evitar comparações neste caso, cada um com seus valores, cada um com seu cada um... hehehe...

Carol Garcia disse...

hahaha

eu, toda otimista, pensaria: acertamos na mosca! se ela dá pros outros é sinal que gosta mesmo!

bjocas

MH disse...

Affff, fico passada com esses exageros... Eu sou daquelas que não gasta fortunas para dar um presente, mas escolhe com carinho. E que acha que lembrancinha de festa não só pode como deve ser simples.
Por enquanto temos poucos eventos infantis, mas quero só ver como será!

Maya disse...

Fica tranquila, tenho certeza q quem exagerou foi a mae do aniversariante!! Lembrancinga de festa é pra ser simplesmente uma lembrancinha.. Docinho, bolinga de sabão e giz de cera..

Ivana Luckesi disse...

ah Roberta, com certeza a mãe da aniversariante é que exagerou! E acho também que se ela deu de lembrança é porque gostou do presente!

Bjos!

Liege Albuquerque disse...

concordo com sua amiga ivana. cacau ganhou um dia desses de lembrancinha duas pollys com duas motos (daquelas de 59,99)...os meninos eram uns bichinhos fedorentos da dtc, com balinhas etc etc

Ilana disse...

Olha, na minha humilde opinião, acho o fim. Lembrancinha de festa tem que ser lembrancinha e ponto! Honestamente, acho que beira o mau-gosto oferecer algo mais caro que os presentes que o filho ganha... Fica aquela sensação de competição: quem pode mais, quem faz a festa mais linda e cheia de coisa, quem dá o melhor presente no final.
Feio...

(Mamãe) ~Pinel disse...

As coisas andam mesmo com uma mistura de valores impressionante!

Pelo menos ainda tem gente que gosta dos "valores antigos".

Syl - Minha Casinha Feliz disse...

Concordo em gênero, número e grau com a Ilana: beira o mau gosto. Olha, eu acho certas festas constrangedoras por conta disso. Nem sempre todas as mães podem dar super presentes, né? E afinal, o que importa é o carinho. Eu mesma sou uma que por vezes tenho de 5 aniversários de criança por mês... não dá pra comprar 5 presentes de 100 reais, né?

Eu adoro produzir as festas da minha filha, eu mesma faço tudo com muito carinho pra ter uma mesa bonita, mas não tenho condições de dar presentes de lembrancinha...

Enfim, é muita inversão de valores na nossa sociedade!

Beijos
Syl
http://minhacasinhafeliz.blogspot.com.br/

Coisas de mãe disse...

PUTIS!!!

Acho que os presentes perderam TOTALMENTE o sentido.

Todo mundo ja tem tudo! A gente vai la, se esforça, escolhe com com cuidado, quando ve a pilha de presentes na festas pensa, MEU DEUS esta crianca nõa vai nem tocar no brinquedo que eu dei!

Sobre as lembrancinha, não vou nem comentar!


bjs

Naomi disse...

Putz...rs
REalmente há festas em que a mãe do aniversariante exagera... Às vezes saio com a impressão de que a lembrancinha que eu ganhamos saiu mais caro que o presente que entregamos. Fico com a consciência tranquila, pois é evidente que quem "exagerou" foi o outro lado.
O mais importante é estar lá, compartilhar o momento feliz da criança aniversariante!