segunda-feira, 21 de maio de 2012

São Paulo com crianças

São Paulo é uma cidade que assusta por sua grandeza. Eu mesma me assustava. Morava no interior quando decidi fazer faculdade e, mesmo sabendo que os melhores cursos de jornalismo estavam na capital, preferi fazer meu curso em Campinas em vez de me aventurar a morar nessa cidade tão enorme com meus áureos 17 anos, inocente de tudo. Mas chega uma hora em que o destino e as oportunidades profissionais acabam mudando nossos rumos. E, quando eu vi, estava trabalhando em São Paulo. Depois de muitos meses aguentando um fretado de Campinas à capital diariamente, resolvi me mudar de vez. E nisso já se foram exatos 15 anos. Abafa essa parte e não faça contas da minha idade, por favor.
Mas sei que, com o tempo, me apaixonei por São Paulo. E agora já vivo nessa cidade há mais tempo do que morei em qualquer outra na minha infância e adolescência.

São Paulo é uma cidade cruel para as crianças crescerem, não há como mentir. Eu, que passei a infância morando em uma chácara, brincando na rua, temia ter filhos criados em apartamento. E infelizmente, essa é a nossa realidade hoje. As meninas passam mais tempo brincando em casa ou no playground do prédio do que em qualquer outro lugar. Também temo pela violência, pela insegurança, pela certa impessoalidade.

Mas, por outro lado, se focarmos no lado bom da vida, São Paulo também pode ser uma cidade incrível de ofertas para as crianças. Cultura, lazer, gastronomia... Tem programas de todos os tipos, para todos os gostos, de todos os preços. Vai dizer que não é um privilégio fazer um  piquenique no Jardim Botânico como esse aqui, ou ter tantas opções de peças de teatro infantil ocorrendo na cidade em um mesmo final de semana?

E eu, que achava que já tinha pelo menos ouvido falar de tudo o que a cidade oferece de bom para crianças, não me canso de me surpreender. Descobri um monte de novidades esta semana no guia de bolso "São Paulo com Crianças", da querida jornalista Mariana Della Barba, editado pela Pulp, da outra querida  Pati Papp.


Guia pequeno, daqueles que não pesa na bolsa, e tem muuuita dica bacana pra quem visita ou mora na cidade. É lógico que toda a programação paulistana não caberia num livro de bolso, mas com esse guia nas mãos dá pra ter programas garantidos o ano todo. As informações técnicas estão sempre regadas a bons comentários da Mariana a partir das suas experiências com o filho Théo, de 3 anos. O Projetinho de Vida recomenda!!!
E, se alguém ainda tem medo de conhecer o que tem de bom em São Paulo, se joga porque vale a pena!

8 comentários:

Re disse...

Opa, legal. Adorei a dica.

Minhas Duas Mamães disse...

Adorei a ideia, olha a minha versao de SP pra crianças:
http://www.minhasduasmamaes.blogspot.com.br/2012/03/oiesnossa-depois-de-muito-tempo-estamos.html

Dani disse...

Rô, eu já procurei para comprar, mas não achei, como vc conseguiu?

Beijo!

Anônimo disse...

Está à venda através do Facebook da Pulp Edições, na LikeStore.

Dani disse...

Oi Rô e Anônimo, obrigada! Eu não acesso o FB pelo trabalho, só à noite e de vez em quando... mas já achei na Cultura e já comprei! Ebaaa!

Obrigada pela dica, Rô!

Beijos!

Mariana Della Barba disse...

Eba! Super feliz e "me achando" com seus comentários, Rô! Brigadão!
bjo
Mari

Chris Ferreira disse...

Oi Roberta,
Também recebi o guia aqui em casa e já estamos nos coçando para passear em São Paulo.
Eu vou no lançamento aqui no Rio.
Beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Chris Ferreira disse...

Oi Mariana,
Eu recebi da Pati o guia aqui em casa e já estamos nos coçando para passear em São Paulo.
Eu vou no lançamento aqui no Rio.
Fiz um post falando o guia e do lançamento.
Beijos
Chris