quinta-feira, 5 de abril de 2012

Os 4 anos do Projetinho, a preguiça e os pijamas

No mês passado o Projetinho de Vida completou quatro anos de existência (mãe desnaturada esqueceu de comemorar). Caramba, é tempo, né?
Tenho esse blog como uma das melhores coisas que me aconteceram na vida. Ele me deu tantas alegrias, tantas novas amizades, tantos ensinamentos, tanto reconhecimento que eu não tenho nem como descrever. Como eu disse hoje no Twitter, quando eu criei o blog eu tinha a pretensão de ensinar alguma coisa às mães de primeira viagem. Ao longo do tempo, fui percebendo que eu tinha mesmo era muito o que aprender.

Mas ultimamente acho que ando um pouco em crise com ele. Amo de paixão e não tenho coragem de abandonar, mas às vezes passo dias sem ter inspiração pra escrever.
Não sei dizer se foi a proliferação gigante de blogs maternos que me deu uma desanimada. Pode ser. Antes eu me sentia totalmente à vontade nesse universo bloguístico, era como se eu pudesse andar descalça, de shorts e de cabelos despenteados porque todo mundo era de casa. Agora me sinto um pouco estranha. Tanta gente nova e tanto blog bom que eu me sinto obrigada a botar uma maquiagem e uma roupa arrumadinha pra sair de casa, sabe como? Tive que abandonar aquele pijamão, e tem dias em que não me sinto mais tão à vontade.

Ou pode ser que simplesmente eu esteja um pouco cansada de escrever aqui por tanto tempo. Preguiça de ficar procurando assunto quando não tenho nenhuma inspiração imediata na cabeça. Nem diria que é a questão do tempo, porque sempre encontrei tempo pra escrever aqui mesmo no meio de furacões. Talvez prioridades, aí sim. Até porque também tenho falado muito de maternidade lá no Mamatraca, meu outro filho que me exige muita dedicação. Mas lá é trabalho (que eu amo), não se trata de um blog despretensioso como este aqui.

E confesso que também tenho preguiça de tanto assédio comercial, parece que a coisa está mudando de figura. Sempre escrevi por prazer, nunca quis competir com ninguém. Mas hoje existe uma nova postura por trás da blogosfera - e talvez por isso eu também já não me sinta mais tão à vontade de aparecer de pijamas. Acho que é coisa de cidade pequena de interior que recebe muita gente de fora e vai se modernizando, né? E aí as velhinhas da cidade ficam se sentindo desamparadas, como eu. Hehehe, talvez essa seja uma boa definição.

Mas não estou pensando em abandonar o blog, não. Ele continua sendo um grande combustível pra minha alma materna. Só disse tudo isso pra vocês entenderem que de vez em quando eu posso dar uma sumida, que posso não passar mais todos os dias na lojinha invariavelmente como antes. Estou só dando uma trégua, fazendo as coisas conforme tenho vontade e priorizando algumas outras coisas importantes também. Também não estou conseguindo mais comentar como antes nos blogs amigos, assim muitos posts agora passam sem que eu tenha conseguido ler. Mas olha, amigas, sempre que dá eu apareço pra tomar um café e botar o papo em dia, tá?

Beijos pra vocês e, mais uma vez, obrigada pela deliciosa companhia de sempre. Dividam comigo um pedacinho de bolo!!!

25 comentários:

Nine disse...

Que delícia! 4 anos! Eu te acompanho há 3 anos e gostaria de deixar meu abraço carinhoso!

Celi disse...

Sempre que posso estou por aqui. Adoro! Adoro acompanhar o que relata sobre suas filhas lindas. Parabéns pelos 4 anos! Que apesar dos pequenos sumiços, você continue e possa comemorar muitos e muitos anos.
Beijos

Dani disse...

Rô, adoro o seu blog, os seus textos, sua forma de colocar as ideias por aqui.

Entendo completamente a sua descrição de velhinha da cidade pequena que ficou grande e se modernizou, embora eu seja uma dessas novas moradoras do blogger.com (que virou .br e eu nem sabia!), tenho pouquíssimos acessos diários, poucos textos escritos comparados a grandes blogs como o teu, da Rô (Piscar), da Mari, da Carol, da Flá, da Anne... e por aí vai... mas nunca fiz do meu blog algo comercial (até por não ter tanto público), escrevo por puro e absoluto prazer, sem pretensão alguma de ensinar nada a ninguém, apenas dividir experiências, tomar um chá da tarde na varanda de casa com as amigas velhinhas, sabe? E sinta-se convidada sempre.

Vcs sempre serão nossa fontes de inspiração (das pessoas mais novas da cidade), vocês sempre serão ouvidas, sempre estarão nos nossos blogroll, sempre serão, pelo menos para mim, a prioridade de leitura quando vejo atualizações de textos.

Os textos das mamães com mais experiência tanto em maternidade, quanto em blog, são prioridade na minha lista. São tudo para mim.

Beijos grandes, que vc nunca perca a fonte de inspiração para escrever, mesmo que escreva de vez em quando, volte sempre com os seus textos tão gostosos de serem lidos.

Vale lembrar que vc foi a minha fonte de inspiração de brincar de tinta com a Laura (um post que vc pôs a foto da Luisa com o rosto pintado), eu fiz questão absoluta de comprar a tinta que vc recomendou, brincar com a Laura e postar na sequencia (e no meu post eu, obviamente, creditei a brincadeira ao seu texto). Então, saiba que o que vc escreve pode parecer muito pouco ou mto pequeno para o seu dia-a-dia, sua rotina, seus inúmeros afazeres; pode ser só um assunto perdido na sua cabeça; e pode ser, igualmente, a inspiração que uma mãe precisa para uma nova brincadeira com a filha bebê e que pode ser por vc que elas tiveram horas e horas de muitos risos, sujeira e alegria!

Beijos grandes!

Li disse...

Parabéns pelo aniversário do blog! Adoro lê-lo e ele é um dos que me servem de inspiração e me trazem muita coisa boa!!!

Beijos!!!

Lívia.

piscardeolhos disse...

Caraca, 4 anos?
Parabéns, parabéns! Vi seu primeiro projeto pequenininho e vi seu segundo projeto ainda na barriga.
E não tinha quase ninguém nessa blogosfera mesmo, né, Ro? 12 cometários num post só em aniversário ou quando nascia filho.
Renata organizava amigo invisível no Natal e to-das participavam. Dava umas 15 participantes, olha que multidão.
A coisa cresceu um bocado e tem muita gente legal que apareceu (e eu continuo descendo de chinelinha, tô nem aí, colega).
Eu estou de licença mas também não consigo abandonar, não. A gente só deixa de priorizar por uns tempos, depois volta, uai.
E, olha, parabéns pelo Mamatraca, que está muito, muito bacana mesmo.
Beijo grande, minha véia, longa vida ao Projetinho.
Ro

Lia disse...

Posso me sentir velhinha da blogosfera também ou é muita pretensão? Estou com quase 3 anos de blog, e no mesmo esquema. Acho que a gente já escreveu sobre tanta coisa que é natural que a coisa fique mais parada. Tudo tem seu tempo, né?

Mariana disse...

Oi Roberta!
Eu só tive coragem de criar um blog agora pra dar uma desabafada, meio como uma "terapia" sabe?
Mas o seu blog foi o primeiro blog materno que eu encontrei na blogosfera. Foi por ele que eu cheguei em muitos outros, foi por causa dele que me apaixonei pela blogosfera materna e me animei e "tomei coragem" para encomendar a minha pimpolha que agora dorme no quarto ao lado.
Lembro que cheguei aqui um pouquinho antes da Rafaela nascer, vc estava naquela expectativa, e lembro que um dos primeiros posts que vi tinha uns casaquinhos brancos básicos, que vc tinha customizado e ficado muito fofos.

Só pra vc saber que, mesmo sem saber, vc ajuda sim muitas mães (além de aprender, é claro)!

Beijo e parabéns pelos 4 aninhos!

Mariana
www.maternandoeaprendendo.blogspot.com

Carolina disse...

Parabéns pelo blog. Muitos e muitos anos de vida. Adoro te ler. bjs

Roberta Lippi disse...

Obrigada Celi!!! Beijos e come um pedacinho de bolo!! :-)

Roberta Lippi disse...

Jura que já me acompanha há três anos? Que delicia! Come um bolinho!! :-)

Roberta Lippi disse...

Ô Dani, quase chorei com essa sua mensagem tão linda. Quando eu falei sobre a preguiça, é porque nao consigo dar conta de ler tantos blogs bacanas. E tb porque acho que tem tanta gente nova por ai escrevendo muito melhor que eu!! Me sinto menos útil do que antes, me entende? Mas sei que cada um tem a sua história e também que tem um carinho especial que a gente vai adquirindo por pessoas que a gente acompanha, Ne?
Obrigada pelo carinho, pega um brigadeiro!! ;-)
Beijos

Roberta Lippi disse...

Obrigada Li!! Beijo grande e come um bolinho!!

Roberta Lippi disse...

Verdade, a gente conhecia todas por nome, sobrenome, nome dos filhos e dos cachorros rsrs
Nossa, e como apareceu gente boa depois daquele nosso boteco inicial. Tanta gente que eu adoro!!
Fiz muitas novas e verdadeiras amizades nos últimos anos por causa do blog. Tanta gente inteligente e divertida! Mas eu nao
estou mais dando conta de acompanhar todo mundo como eu conseguia antes, chego a ficar agoniada.
Acho que to ficando velha mesmo. Rsrs
Beijos

Roberta Lippi disse...

Lógico, Lia!! Ate pq eu tenho o blog há 4 anos mas descobri a blogosfera há três, e voce é uma das que conheci lá no comecinho!! Vi suas duas filhas nascerem, já pensou? Por isso que nao consigo deixar o blog, tenho laços muito fortes por aqui!!!! Beijos, querida, come um bolinho aqui comigo!!

Roberta Lippi disse...

Ô querida!!!! Tão querendo me fazer chorar, né? Obrigada pelo carinho. A casa é sua e é uma honra saber que Te inspirei de algum jeito.
Beijo enorme

Ana Paula disse...

Estou super atrasada para assoprar as velinhas ( quase escrevi velhinhas). Tem dias que entrar no blogger eu consigo, mas também não desanimo não. Compreensão total do que voce sente e passa em relação aos blogs. As inspirações são como estações do tempo: temos momentos de inverno e de plena primavera florida. Sentir os próprios ritmos...
Beijo e parabéns!

Mãe de Duas disse...

Rô, o Projetinho é um clássico na blogosfera materna. E como todo bom clássico, é elegante, phyno e sincero - como você!
Parabéns por esses quatro anos de blog e vida longa às histórias!

Beijos
Pri

Anônimo disse...

Olá, Roberta. Tudo bem? Ao ler seu ultimo post resolvi te escrever para que eu possa expressar meu carinho por você e por suas filhas lindas. Você eh autentica, escreve de uma forma leve e mesmo sem eu ter filhos já sei um monte de coisas... Aprendo aqui com você!!! Há tempo para tudo, mas nunca se esqueça de que tem muita gente como eu que te acompanha quietinha.... Nao some muito, nao.... Vamos sentir sua falta!!! Beijos, Mariana- a vizinha do 51.

Roberta Lippi disse...

Fofa você, Mariana!!!! Beijos

Milene disse...

4 anos já? E eu te visito há tão pouco tempo... Tenho muita leitura para por em dia, então!
E tô contigo nesse negócio de assédio comercial bloguístico: muito auê, e a gente se pega pensando "pq é mesmo que eu mantenho o blog?".
Parabéns pelo blog... Long Live Projetinho!!!
Jokas da Mi

Sarah disse...

Parabéns pelos 4 anos! Já te contei que o Projetinho foi um dos primeiros blogs que conheci logo que entrei na blogosfera. Luísa ainda era mini-projetinho e Rafaela um projetinho imaginário...
E sabe que essa preguiça de blogar tb me bate às vezes... Tb sinto essa exposição, essa cobrança e o não estar mais tão à vontade. E olha que sou pequenina, rs!
Parabéns mais uma vez, vida longa ao Projetinho!
bjao

Mari disse...

Lippíssima, faz uns 4 anos que eu te disse isso e ainda repito: eu poderia ter escrito esse post.
toca aqui, amiga-velhinha-do-interior! ;)
beijão!

Tchella disse...

bah... definiu MUITO meu momento.

Renata disse...

Oi Ro....as coisas mudaram muito por aqui, antigamente eramos pouquinhas amigas íntimas...conheciamos cada passo dos bebezinhos das amigas, era bem mais intimo.
Eu ando sumidinha tb...nunca fui de escrever todos os dias, mas escrevia com muito mais frequencia e ultimamente tenho perdido um pouco a espontaneidade...parece que todo mundo só está a fim de criticar, de levantar uma bandeira, de lutar por uma causa...afe...era tudo tão diferente.
Mas tb nao abandono não porque as amigas queridas que o blog me trouxe vão ficar pra sempre e não quero me afastar não...
beijo enorme, lindona!

Lia Vasconcelos disse...

Vale parabéns atrasado? Então, parabéns! estava viajando e só agora vi seu post. Acho que é normal o entusiasmo do começo ir passando, né? É como (quase) tudo na vida. Mas fique firme que seu blog é muito legal! Bjs