quarta-feira, 7 de março de 2012

Disney com duas crianças pequenas Parte II - hospedagem e transporte

Erros e acertos

Acertamos: hospedagem
Escolhemos ficar em um hotel que era modelo flat, com cozinha equipada. Eu sempre achei que cozinhar ou fazer compra em supermercado em viagem era castigo, mas mudei de ideia nessa viagem. Em Orlando, ficamos hospedados em um resort perto dos parques da Disney em que os apartamentos eram grandes e com toda a infra-estrutura de uma casa. Então nós fazíamos o café da manhã lá mesmo e na maioria das vezes fazíamos um lanchinho ou jantar à noite também.
Quando a gente está em hotel, ainda mais com duas crianças pequenas, é preciso que todos estejam prontos pra descer tomar café da manhã. Isso significa que antes de você começar a se arrumar (depois de arrumar as crianças e pegar todas as tralhas) já tem filho fazendo escândalo porque está com fome. Fazer o café da manhã no próprio apartamento significava duas coisas importantes pra gente: fazíamos tudo com mais calma e dava um pouco da sensação de estar em casa, o que dá um certo conforto para as crianças pequenas. Na Flórida tem uma rede de supermercados ótima que se chama Publix (eu poderia passar uma tarde inteira naquele supermercado). Ali comprávamos os pães, frios, snacks pra levar aos passeios, bebidas e também comidas prontas que deixávamos no freezer ou geladeira. Tinha um bem perto do hotel, então alguns dias o marido foi inclusive comprar pãozinho fresco de manhã. A louça a gente colocava na máquina de lavar e o pessoal da limpeza do hotel dava conta do resto. Saíamos para os parques por volta das 10h, 10h30 todos os dias, sem pressa.
Lógico que cada modelo funciona melhor para cada família, mas no nosso caso foi uma decisão muito acertada. À noite também, com as crianças cansadas, era muito mais fácil comer em casa do que ir com as duas a restaurantes todos os dias.
#dica: compre sempre pães e frios em quantidade suficiente para fazer lanchinhos para levar aos parques. Eles quebram um super galho tanto com as crianças como para os adultos, já que os horários de almoço acabam ficando meio desregrados. Nós levávamos também frutas como uvas, maçãs e bananas e uma garrafinha de água que abastecíamos nos bebedouros dos parques. Nunca tivemos problemas para entrar em nenhum parque com esses lanchinhos.

Erramos: transporte
Como eu disse no post anterior, haja tralha pra carregar em uma família com cinco pessoas. No trecho entre Miami e Orlando, optamos por fazer de avião porque estava incluído no próprio pacote da passagem (ficamos alguns dias em Miami antes de ir para Orlando). Mas essa parte eu me arrependi. Se tivéssemos alugado um carro pra fazer esse trecho que dura em média quatro horas teríamos nos cansado menos e chegado ao destino mais rápido - e carregado as malas e tralhas apenas uma única vez. Se tivéssemos saído de carro direto para Orlando, evitaríamos a demora e o trampo entre deixar o carro alugado na garagem da locadora, fazer check in no aeroporto de Miami, embarcar, desembarcar em Orlando, pegar as malas, alugar outro carro (que tinha uma fila enorme) e ir para o hotel. Nessa história toda, somado a um erro de caminho (o marido de vocês também é teimoso no trânsito ou é só o meu?), levamos de duas a três horas a mais do que se tivéssemos ido de carro direto.
#dica: nunca confie 100% no GPS. Há endereços iguais que te levam a lugares diferentes por uma simples mudança de nomenclatura do tipo Rua ou Avenida. Se possível, acompanhe sempre com um mapa da região, assim você tem noção se o GPS está te levando para a direção certa. E, se o seu marido deixar, pare e pergunte em caso de dúvida pra vocês não perderem tempo depois.
#dica 2: tudo é relativamente longe em Orlando, então você só não vai precisar alugar carro se ficar hospedado dentro dos hotéis da Disney e não for a nenhum outro parque (Universal, Sea World) ou fazer compras. Quem fica hospedado nos hotéis da Disney tem transporte direto para os parques. Fora isso, tudo tem que fazer de carro. Nós optamos por ficar em um hotel fora do complexo Disney e alugar carro pra ter flexibilidade. Valeu a pena, porque aluguel de carro é muito barato por lá.

14 comentários:

Tathyana disse...

Rô, me manda o nome do hotel e da locadora de carro? Bjsssss

Carol Garcia disse...

ai rô,

bom ter suas dicas aqui... já jstamos planejando disney com isaac, acho que no ano que vem... e nada mais prático do que ouvir mãe falando...

bjo grande nas bonecas

Renata disse...

Putz, Ro...fechamos esse trecho de avião. Eu havia pensado em carro, mas achei cansativo....agora to reavaliando!!! To mandando os seus posts pro marido...hehehe
beijos
Re

Beta, a mãe disse...

Ro fez a parte de flat e supermercado como nós fazemos e eu não troco por nada ainda mais nos eua em que o café da manhã deles é uma droga!
Sobre o carro, mesmo ficando nos hotéis Disney eu acho bom alugar, porque os ônibus funcionam, mas não tão bem, tem muitas paradas e as ciranças ficam ansiosas. E tem o quesito tralha, carrinho, bolsa de lanchinhos e roupas e tals, fica bem difícil se movimentar nele. E estando hospedado no complexo, você não paga estacionamento dos parques. Então vale a pena. Eu quando vou pra lá não abro mão do carro não.
Tentei comentar ontem, mas não consegui de jeito nenhum! Estou adorando os posts e com isso, revivendo nossa viagem! Beijos

Camila Bandeira disse...

No nosso caso, acordamos muito cedo e as avós ficavam com as crianças enquanto a gente se arrumava, então dava pra ir tomar café no hotel. Nosso hotel não tinha cozinha, só o frigobar, onde sempre tínhamos água, leite, frutas e biscoitos. Aliás, levamos muita coisa daqui mesmo, inclusive leite, porque acho complicado escolher leite de lá, tem muitas fórmulas, etc. Levei geléia de mocotó em embalagem de papelão, eles adoraram.
Também fomos de carro para Orlando, aliás até dormimos em Miami, foi mais tranquilo. Tivemos tempo de descansar, fomos jantar, dormimos cedo e no outro dia cedinho pegamos a estrada.

Andressa disse...

olá, achei seu blog pelo assunto do post, tb estou planejando ir a Disney com a minha pequena, porém só quando ela completar 5 anos, portanto ainda tenho uns 2 anos ainda.
Seu blog é adorável!

beijos

Andressa

mamaetaon.blogspot.com.br

Fabiola disse...

Roberta,
Tô adorando os relatos... ano que vem irei com minha pequena... e estou pegando todas as dicas!! :)
Obrigada!!
Bjs!

Lia Vasconcelos disse...

Amei a dica do flat!! Claro, é muito mais confortável em vários aspectos, sobretudo no café da manhã e jantar. Não ter que sair para procurar comida com 2 crianças cansadas e com fome é tudo de bom! Em que hotel exatamente vcs ficaram? Bjs

Roberta Lippi disse...

Ficamos hospedados em um hotel que se chama Windham Reunion Resort, a 6 milhas dos parques da Disney (sentido west). Lá tem ainda um parque aquático super legal para as crianças ficarem se algum dia quiserem descansar dos parques. É enorme, tem até clube de golfe. E é mais barato que os hotéis da Disney. http://www.wyndham.com/hotels/MCORR/main.wnt

Dani disse...

Estou amando..... tudo!

Conta mais!!

Adorei a ideia do flat, eu nunca tinha pensado nisso, achei que ficar na Disney era melhor, mas vc falou algo que eu tbm não tinha pensado (acho que nao estou pensando mto), pq vou querer ir ao Sea World... então, o flat realmente deve ser melhor opção - até por questões de alimentação!

Beijos!

Andrea Couto disse...

Sò pra constar...meu marido è igual ao seu..heheheh.. continuo acompanhando...que manè Fina Estampa o q... melhor seu blog em capìtulos!!

Lia disse...

Com criança pequena hospedagem com cozinha é a melhor pedida! É um saco ter de ficar sempre comendo em restaurante, ou esperar pelo café da manhã. Quando Emília tinha um ano e pouco (bem quando meu leite tava quase acabando por causa da segunda gravidez), viajamos. Ela acordava 5h30, "mamava", entupíamos ela com as frutas que tínhamos, mas depois era inevitável: ali pelas 7h ela ia pra porta da cozinha da pousava e ficava batendo e gritando: "PÃO, PÃO, PÃO!!"
Em julho vamos a Fortaleza e já aluguei um ap, especialmente porque MArgarida estará naquela fase chatésima das papinhas.
P.S.: Quando fui à Flórida pela primeira vez também fizemos Miami-Orlando. Alugamos uma minivan (4 crianças!) e foi ótimo.

Paula Dreger disse...

Rô,
To adorando seus posts de Orlando. Já li o próximo, mas voltei aqui prá contar do hotel que eu fiquei lá quando a Bel tinha 1 ano e 7 meses.
Era um hotel que era um apartamento completo, assim como o que voce ficou. A diferenca é que nao tinha tanta coisa no predio como tinha no seu hotel. Lá tinha apenas uma boa piscina, academia, etc.
O apartamento era ótimo, com uma cozinha completa, sala completa, quartos completos e tinha tambem maquina e secadora de roupa (com crianca é uma maravilha).
O nome do hotel é Lake Eve Resort (http://www.lakeeveresort.com/)
Eu super recomendo!
Para voce ter uma ideia, eu gostei tanto que volto para esse mesmo hotel no mes que vem. O preco tambem vale super a pena se voce vai viajar em familia, pois fica mais barato do que ficar em varios quartos de hotel.
beijos

Mônica Japiassú disse...

Rô, nós ficamos em hotel da Disney (Pop Century), mas alugamos carro durante toda a estadia, já que iríamos aos parques da Universal, Sea World e Legoland (que é em outra cidade e valeu MUITO a pena!).
Não achei o valor barato não, mas valeu a pena, porque, realmente, não dá pra ir a outros lugares fora do complexo da Disney sem carro.