terça-feira, 6 de março de 2012

Disney com duas crianças pequenas parte I

Fotos: arquivo pessoal 
A dúvida era: qual é o momento certo de levar? A Luísa está com quatro anos e meio, na fase da magia, do encantamento, dos contos de fadas, então sabíamos que pra ela seria um momento muito bacana. Mas a Rafaela ainda é bem pequena, um ano e meio, e dá todo aquele trabalho que qualquer criança nessa fase dá.
Não chegamos a pensar na possibilidade de levar uma e deixar a outra, como muitos pais de dois (ou mais) fazem com os filhos menores. Até porque conhecer a Disney era o sonho de infância da minha mãe e, se eu não a levasse para essa viagem, eu não me perdoaria (e ela nunca mais falaria comigo). Sendo assim, nem teria com quem deixar a Rafaela. Portanto, resolvemos ir todos e arriscar.
E deu tudo muito, muito certo. Luísa aproveitou horrores e a Rafaela idem, cada qual da sua maneira. Uma se encantou com os personagens, a outra se divertia com tudo o que via pela frente e voltou parecendo um ano mais malaca velha.
Dá trabalho levar um bebê para a Disney? Dá, lógico que dá. Mas é basicamente o mesmo trabalho que temos aqui com ela (exceto a alimentação, já que fora de casa ela não come tão bem). Ou seja, nenhuma grande surpresa. E com a grande vantagem de apresentar novos estímulos a ela o dia inteiro durante quase 15 dias de viagem. Evidentemente, tínhamos nossas limitações por conta dela, mas o fato de estarmos em três adultos para duas crianças fez com que conseguíssemos sempre nos revezar e aproveitar. Fora que a Luísa já não dá mais trabalho (só de vez em quando tinha seus ataques de manha) e é bem companheira, o que facilita muito. O grande segredo para tudo era: relaxar com a falta de rotina (especialmente alimentação e sono) e fazer as coisas com calma, no ritmo delas. Esta seria uma viagem voltada para elas, portanto já combinamos previamente que só iríamos aos brinquedos de adultos se desse tempo (elegemos apenas um que não poderíamos perder, o simulador do Harry Potter, que havia sido altamente recomendado).
Acho que, de tudo, a única parte realmente chata são os trechos de viagem e o próprio avião. Porque, meu amigo, haja tralha pra carregar: além das crianças ainda tem os carrinhos, as malas, as coisas que precisam ir na mão... Família Trapo total. Deslocar a galera e suas tralhas para fazer o movimento casa-aeroporto-avião-aeroporto-alugueldecarro-hotel e vice-versa várias vezes (porque passamos em Miami primeiro) não é tarefa pra principiante. Fora que a Rafa já está grande pra dormir no colo (ela não paga assento, mas também não leva, ou seja, tem que ficar se virando a noite toda dormir no colo da mamã que também não dorme nadinha). A volta foi pior, porque já estávamos todos mais cansados e querendo chegar logo em casa. Tenho que confessar que passei uns apertos com a Rafa berrando no avião, impaciente porque não queria ficar sentada no colo durante a decolagem (já aprendeu a fazer birra, essa sem-vergonha).

Fora essa parte, que se torna irrelevante perto do restante, a viagem foi absolutamente tranquila. E certamente uma viagem inesquecível. Ver o encantamento de uma filha diante das princesas e dos personagens que ela gosta é algo absolutamente emocionante. Ali naquele lugar realmente você não consegue pensar em mais nada. Logo falo mais.
.

18 comentários:

Dani disse...

Delícia, deve ser fantástico!!!

Quero mto ir com a Laura, mas... nao sei se ela é mto nova, de qlq forma acho que deste ano nao passa!!!

Conta mais, conta mais!

Elas se divertiram nos brinquedos???

E vcs???

Além dos parques, o que fizeram?

Foram ao Cirque? Ou a Downtown Disney à noite???

Beijos!

Fe Piovezani disse...

Que sonho que é essa viagem, né? Não sei pra você, mas sou extremamente encantada por todas as princesas da Disney!
beijos

Dani disse...

Tava aqui, ansiosa, esperando esses relatos da Disney!
Temos planos para o ano que vem! Vou anotar tudinho!
Quanto à viagem, é bem isso mesmo, Ro. O trabalho com as pequenas é o mesmo, aqui em casa, na Disney ou no hotel fazenda aqui pertinho de casa!
Tem que relaxar. Senão, a viagem fica difícil de aturar.
Agora, me fala...a carinhada Lu, emocionei...
Bj!

Lia Vasconcelos disse...

Adorei a série e vou guardar todas as dicas desse relato! Estou morrendo de vontade lever as minhas. Só estou esperando crescerem um pouco. Oba! Bjs

Anna disse...

Legal ler seu depoimento.

Sou louca pra levar as crianças logo pra Disney, mas maridão fica achando que é cedo demais e coisa e tal.

acho que vou mandar seu post pra ele... rsss

melhor, vou esperar os demais e mandar todos juntos.

beijos

Daniela Castro disse...

Disney é Disney... Mas Harry Porter é Universal heeheh.
Eu estive na Disney em 95 e 2003. É um sonho mesmo para os adultos que vão trabalhar como eu fui.
Fico aqui aguardando mais detalhes da viagem que deve ter sido TUDO!
bjos pra vc e para as meninas

Coisas de mãe disse...

Que legal! Não sabia desta tua viagem!!! Eu fui pra Disney quando o Pedro tinha 5 e a Luiza 6 meses. Acho que minha experiência foi muito parecida com a tua!

Ou seja, muito boa!

beijos


Pati

Camila Bandeira disse...

Rô, tive a mesmíssima impressão da viagem que fiz com a Gabi e o Pedro, ela com quatro anos e meio e ele com quase dois anos.
Dá uma olhada nos blogs deles, você vai ver. Também levei uma avó, no meu caso duas, o que também facilitou. Gabi também teve suas manhas e Pedro ficava fascinado tanto nos parques como no supermercado, tudo era diversão pra ele!
Beijos,
Camila
http://avidadegabi.blogspot.com/

Lavínia Costa Monteiro disse...

Que delícia... Que bom que eles aproveitaram... Mas não tenho essa coragem não... Mesmo porque no meu caso seriam só dois adultos pros meus dois molequinhos!! Acho um barato, o Murilo já se mede na girafinha do quarto e fala animado:"já tenho um "meto", agora falta o Heitoi "quece" pá gente i pra disney"...
Beijo...

Andrea Couto disse...

Vou acompanhar tb. Quero levar minha menina de 2 anos e meio e meu marido que è doido pra conhecer. Eu estive là nos meus 15 anos (long time ago) e foi maravilhoso, mas ja deve ter mudado muuuita coisa. Hary Potter serà a atracao numero 1 com certeza. Sò falta a Duda crescer mais um pouquinho e a conta bancària tb!!! heheehe

Aline Kawaguchi S Forte disse...

Oi Roberta, vc não sabe como estou feliz com essa série de posts sobre a Disney! Estou planejando a viagem para o ano que vem, qdo a Gabi vai ter 2 anos e pouco. Sobre a viagem de avião, estou meio traumatizada pq fui p/ NY ano passado e ela teve ataque de birra+choro de sono em pleno voo de madrugada, com direito a barraco do pai com uma mulher que falou que a gente não fazia nada p/ ela parar..Pior foi uma senhora que me perguntou "Vc já tentou dar mamadeira p/ ela? Pode ser fome!" Qse respondi:"Jura, não tinha pensando nisso, que mãe de merda q eu sou!". Enfim, sobrevivemos e vamos aguardar a próxima viagem!Beijos! Aline

Raquel disse...

Estou louca pra fazer uma viagem dessas...mas penso no tempo do voo.
Fiquei traumatizada na última que Ana "decolou" eu pé no meu colo, não queria ficar no seu assento de jeito nenhum. Resumindo, depois de atrasos, fecha e abre aeroportos, chegamos em Gramado depois de 11h, é mole?
bj

Renata disse...

Rooooooooo, não to acreditandoooooooooo!
Vou pra Disney com os dois no dia 15 de abril e estou sonhando com mais dicas suas. Já estamos com tudo fechado!
Vamos só nós 4, não queria que o André deixasse de ir enquanto ainda acredita na magia da coisa....está sonhando em conhecer pessoalmente o homem aranha. E a Nana, mesmo pequena, já é apaixonada pela Bela. hehehe
Quero dicas, dicas e mais dicas. Empolgadíssima, amiga!
beijos

MH disse...

Delíciaaaaa! Sou louca pela Disney... Fui 3 vezes e estou doida pra voltar, marido não conhece, tinha até pensando em irmos nós dois, deixando a pequena de 15 meses... Mas acho que vou me inspirar! Até a gente poder ir ela já terá dois anos, eu acho que vai curtir, ainda que do jeito dela.
Viajamos pra Europa com ela aos 11 meses, e mesmo o vôo foi tranquilo, ela dormiu quase o tempo todo. Mas maiorzinha é que complica, né!

Suas dicas vão ser super benvindas!

Gabi disse...

Ahhh a idade perfeita, pouco antes dos 5 anos... tudo é fantasia, achei perfeito ir com a Carol nesta idade!
Agora com a duplinha ainda vou esperar...
Beijos, tô adorando essa série Disney! Ehehehhe
Gabi

Lia disse...

Rô, estou amando essas postagens. Minha família (incluindo meus pais e irmãos) está planejando uma viagem para daqui a um ou dois anos, quando minha mãe terminar um tratamento de saúde que está fazendo. A maioria está querendo Disney, porque fomos duas vezes em família quando éramos crianças/adolescentes e foram momentos inesquecíveis. Confesso que não estou animando muito porque minhas meninas terão mais ou menos a idade das suas, fora meu sobrinho que também é pequeno. Pensei em uma coisa pra relax, tipo praia. Mas quem sabe com seu relato eu animo?
bjos!
P.S.: O ruim de eu ir agora é que na época eu sabia tudo de tudo, tinha visto todos os filmes e tal... agora, Harry Potter, nunca vi nem comi, só ouço falar... (mentira, já tentei ver mas achei chatoooo)

(Mamãe) ~Pinel disse...

Conhecer a Disney é meu sonho!
Estava planejando uma viagem com uma amiga, mas, e o aperto no coração que não dá de ir e não levar a Lara???

Ao mesmo tempo, dá aperto também de pensar que eu vou à Disney e terei limitações! Enfim... acho que no final das contas vou mesmo esperar ela crescer um pouco e ter o mesmo fascínio que eu, e assim, aproveitaremos juntas! =D

Mônica Japiassú disse...

Rô, será que fomos na mesma época? Acho que teremos posts muito semelhantes em nossos blogs! Heheheheh! Também fomos em 5: eu e Marcelo, nossas duas filhas e minha mãe!
E também achamos a viagem maravilhosa, é claro!
Ficamos lá de 23/02 a 07/03 - e ainda estamos nos organizando depois do cansaço da volta e desarrumação de malas em casa. Depois, pretendo fazer posts contando tudinho também!
B-jão!