segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

BBM - Big Brother Materno ou Eu Sou Uma Farsa

Acho que esse negócio de blog e Mamatraca tem me deixado meio neurótica quanto às minhas próprias atitudes. Fico sempre com a sensação de que estou sendo vigiada, sabe como? Meio Big Brother Materno?
Tempos atrás tiramos um dias e fomos à praia. Luísa nunca me deu trabalho pra comer, mas a Rafaela, especialmente fora de casa, é um trampo. Não quer comer nada. E quer saber o que eu faço? Deixo. Se eu estou de férias, não me estresso. Se ela não quer comer, deixo comer pão. Se ela quer sair da mesa no meio do almoço e ficar brincando em volta da mesa, vai lá - mas não quero escândalo enquanto eu como. Deixo ela se lambuzar de sorvete. Almoço com elas mais tarde. Mas daí, estou ali no restaurante, ali na praia, e penso: "nossa, se alguém que me acompanha pelo blog me encontrar aqui? Vai descobrir que eu sou uma farsa!". Vocês que são blogueiras e blogueiros já sentiram isso também? Sei que não devo satisfações a ninguém, mas fico com um certo medo de ser julgada, confesso.
E aí acontecem coisas piores ainda: vivo aqui falando que detesto esmaltes pra crianças, né? E é lógico que a minha filha, como qualquer outra menina de 4 anos que eu conheço, é louca por um esmalte. No sábado fomos a uma festa que tinha recreação e Luísa me aparece com as unhas pintadas de rosa pink. Combinei que deixaria usar no final de semana e depois, antes de ir pra escola, eu tiraria. Mas ontem tivemos a gravação de um vídeo para o Mamatraca e... bingo! A filha da Roberta, justo a filha da Roberta, me aparece lá com as unhas pintadas de rosa pink. O que a Roberta pensa? Ai, caramba, que incoerência, as pessoas vão ver que eu sou mesmo uma fraude, a verdadeira mãe de merda!! Então tô agora explicando. Qualquer dia desses, se estiverem assistindo a um vídeo do Mamatraca e reconhecerem a Luísa com unhas pintadas de rosa pink, foi isso. Era a minha filha mesmo. Eu continuo detestando, mas deixei ela ficar um final de semana. Tô perdoada?
.

27 comentários:

Juliana (Contos de uma Mãe Pandora) disse...

Ótimo!!!
Sabe que ainda não tenho esta neura, mas tenho muitas outras. E esse negócio de comer eu também faço assim, principalmente quando estamos em um restaurante ou na casa de visitas. Fico ZEN...
Quantos aos esmaltes, bom, sou mãe de meninos, mas tenho certeza, ninguém vai te julgar por isso. Ela deve ter ficado super feliz com sua escolha e isso é o que importa!!
Beijão, Juliana

Ana Claudia disse...

Complicado mesmo essa blogsfera materna, na maioria das vezes a gente publica as fofurices, as alegrias...mas é dificil a gente achar alguma mãe contando que perdeu a paciência, que deu uns gritos...rs...e tenho certeza que isso acontece com a maioria. E com a comida acho que acontece o mesmo...também procuro dar somente alimentos saudáveis, mas quem é que nunca precisou de uma papinha industrializada de emergência??
Confesso que não dou bola para aquelas que me julgam...cada uma faz o seu melhor e é melhor do seu jeito...

Ah, e sobre os esmaltes, também não gosto...mas fazer o que, uma 'vezinha" só...não tem problema...rsrs

bj

Carolina disse...

hahaha claro que está perdoada. criança faz isso mesmo com a gente, tentamos ser 100% coerentes 24hs por dia, mas não dá né?

Re disse...

Perdoadissima...ser mae eh isso mesmo, pagar mico, pagar com a lingua, sempre. E concordo, ferias eh ferias, tanto pras crianças, quanto pros pais, tem mais eh que relaxar. Bjs

Carol Garcia disse...

rô,

eu não estresso não, relaxo nos momentos em que posso e curto mehor a familia e todo o pacote que ela representa.
e ó, nem esquento se vão me julgar. deixo pra lá.

tá perdoado o pink nas unhas da Lu. Tá perdoado o sorvete na hora do almoço da rafa.
todas nós fazemos igualzinho, fique tranquila.

bjocas nas princesas

Celi disse...

Roberta,
Perdoada? Lógico.... Vai me dizer que todas as mães são perfeitas. Quem nunca disse uma coisa e fez outra? O tempo, a vida, o cansaço e uma série de motivos nos levam a isso. O importante é ter consciência e manter um certo equilíbrio. No fundo sabemos o que é mais importante...
Beijos

Chris Ferreira disse...

Oi Rô,
eu também relaxo durante as férias e deixo comer se quiser, libero as besteira e coisa e tal.
E é assim mesmo. Nem sempre conseguimos seguir todas as regras que nos impomos. A flexibilidade faz parte da vida e é muito importante saber usá-la.
No blog, postamos uma parte das nossas vidas, algumas das coisas que fazemos e pensamos mas não nos resuminoa ao que está no blog. Somos muito mais do que está ali.
E estamos sempre crescendo, amadurecendo e podemos mudar de ideias e opinião. Então, nem precisa pedir desculpas nem se explicar. Claro que entendo perfeitamente.
Mas que algumas vezes me sinto vigiada, me sinto sim. E não é só pelo blog. É pelo FB, pelo twitter, por esse mundo virtual e essa comunicação de todos para todos que vivemos. Pela nossa realidade.
Sabe que na sexta-feira saí do trabalho e no caminho de casa sentei num bar para tomar um chopp e conversar. Nisso esqueci de avisar em casa e eles estavam achando que eu estava no trabalho. Quando cheguei em casa já tinha rolado no FB que eu estava lá. Um vizinho estava em outra mesa e contou pelo FB para a mulher dele. Ainda bem que eu não estava fazendo nada errado nem contado nenhuma mentira, né?
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Juliana Ramos disse...

Relaxa!
Esse é o famoso cuspir pra cima e pluft na testa... Todas nós já passamos por isso!
Quero ver quem vai atirar a primeira pedra...
Bjão

Cris disse...

Roberta, agora me diz: quem é que consegue ser coerente todo o tempo?? Ainda mais sendo mãe?? Se vc achar esse ser, por favor me mostra, tá?
Bjs

Ana Paula disse...

Sua visibilidade pelo blog, pelo Mamatraca é maior sim. Acho que eu também sentiria essa exposição.
Mas o fato principal é que filhos, mais dia, menos dia, acaba expondo nossas incoerências! E temos que relaxar nestas situações.
Beijo

Alice disse...

Hahahaha, isso não muda em nada o que você acha, mas mostra que nem sempre podemos ter controle sobre os pequenos e um pouco de flexibilidade não mata ninguém. Imagina como ela ia ficar chateada se não pudesse curtir a recreação na festinha como as outras meninas? Imagina se vc sacasse a acetona da bolsa para remover na hora o troço da unha da sua filhota? Ia ser bem pior, né? Saber ceder, de vez em quando, não quer dizer que você esteja contra seus princípios, apenas que reconhece momentos "especiais". Afinal, as unhas pink da Luísa não fizeram você marcar uma hora para ela no salão, nem tampouco comprar um kit de esmaltes para ela, certo? Bjão!

Anna disse...

ô Roberta, se pega com isso não.

Por diversas vezes eu, viajando na blogsfera, me pego pensando: mas será que é assim mesmo o tempo todo?

E fico me sentindo a própria mãe de merda (nem vem querer disputar o título comigo, viu?).

Porque maternidade é isso mesmo: se inventar, reiventar, ceder, retroceder e cuspir pra cima (pra depois cair na testa) o tempo todo. E com o blog, as culpas, que já não são poucas, vem com a capa de censor.

Porque essa é a tal da maternidade real.

E assim vamos vivendo. Mães reais criando crianças de verdade (que dão piti em restaurante, que pintam as unhas de rosa, que comem doce e que querem abraçar o mundo).

Enfim, você não é neurótica não. Você é normal.

beijos

Maria Duda disse...

Hahahaha, e eu que digo que Duda só vai pintar as unhas com 15 anos...hahaha. Vamos ver quanto tempo vai durar minha máscara de mamaecertinhapracaramba. Perdoadíssima!!!

Mamãe Jú disse...

kkkk... esta perdoada sim,,,, bjoooos

Lavínia Costa Monteiro disse...

Pra mim a maternidade é um eterno exercício de resiliência... a gente se descobre, se redefine, se surpreende, se estrepa e tem inúmeras cusparadas caindo felizes na nossa testa!! Tá tudo certo, nesse BBM os espectadores são tão bozinhos, que são "praticamente umas mães"!!!!!! Beijão...

Jacqueline Alfredo disse...

kkkkkk - Roberta esse lance do esmalte é uma questão normal, vc tem uma filha que é vaidosa, tb tenho uma filha de quase 8 q ama ver a tia dela se arrumando, e quer usar as mesmas coisas que ela. Digo a ela que quando ela estiver da idade da tia ela vai poder usar. Vc tem que ter um blog pra vc, para contar o que vc quer, quem for contra é simples é só não ler, este é seu espaço, vc fala do que vc quiser, as pessoas são assim elas julgam sem querer saber o pq que a coisa aconteceu, mas lembre-se vc é a mãe e sabe o pq que ela tava daquele jeito. Relaxa quem gostar do seu blog volta sempre e não critica nada, só te apoia e te da conselhos que mesmo virtual é útil e com sabedoria.

Carol Passuello disse...

Eu acho que quando eles começam a crescer fica tudo muito mais difícl. Tu tens teus argumentos contra esmaltes, és super coerentes mas a vontade dela tem que ser respeitada também!
Isso é meio que um mea culpa também, porque sempre achei absurdas aquelas festas infantis cheias de personagens, tudo licenciado, que coisa horrível! Mas eles curtem tanto o Buzz, o Woody e toda a turma que vou fazer sim a festa de 2 anos deles de Toy Story! A festa é pra eles, não pra mim!

Tathyana disse...

Como dizia a minha mãe quando a gente era criança: "faça o que eu digo e não o que eu faço". Bjssss

(Mamãe) ~Pinel disse...

Às vezes é difícil mesmo manter tudo 100% do jeito que a gente quer.
A Lara, com menos de 1 ano e meio gosta de esmalte! Eu passo nos dois indicadores, e no mesmo dia tiro!
Fazer o que????
Eu não incentivei, ela que gostou por conta própria.
Acontece!

Assim como biscoito pouco antes ou pouco depois do almoço...às vezes!

Fe Piovezani disse...

haahahahahahahhaaa......adorei!!!
hahahahahahaaa.....é bem isso! nos sentimos meio "farsas" mesmo, né? Meio "querendo escrever bonitinho". hahahahaa..Várias vezes eu escrevi que odeio gritos, e que não grito com a Lulú. Aí chego na minha mãe, me estresso e GRIIIIIIIIIIITO com ela.....e isso acontece com maquiagem, com esmalte. Também sempre fiz questão de frisar que não deixo minha filha sair de casa com maquiagem nem esmalte. POis bem: Luísa está AGORA com as unhas das mãos, cada uma pintada de uma cor, e ainda por cima com GLITTER. hahahahaa....paga, mãe! paga! hahahahaa...beijos queridona!

Lia disse...

É, Rô, não entra nessa nóia. Acho que todas nós, blogueiras, especialmente aquelas que têm opiniões mais fortes sobre algumas coisas, caem nessa. A gente tem de focar nos nossos filhos, e só. É a eles que prestaremos contas.
Quem sabe um dia desses você não vai ver Emília comendo um churrasquinho? (você só não vai me ver agendando uma cesárea, isso eu garantcho!)

Mãe de três disse...

Perdoadíssima , isso acontece, e não precisa explicar nada , duvido que existe alguma mãe que não deixe o filho fazer alguma vontade, eu tb sou relax as vezes. bjks

Mari Hart disse...

hahahaha.... eu sempreeeeee tenho essa sensação! E até costumo dizer que sou um blefe! Agora, há 1 semana sem empregada, me pego permitindo coisas que antes eu jamais deixaria ou faria, e que acho Uó nas casas alheias. Como dar batata frita dia de semana e deixar dormir até tarde (tá foi um dia só, mas neahh?! sempre 'condenei'!)

Ser mãe é isso! Rever conceitos, ser flexível e sentir culpa, pq não!? Bjooos! =)

Ságna Ribeiro disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk achei super engraçado este post, eu também penso assim ás vezes.

ságna do bebeboneca.blogspot.com

Beatriz Zogaib disse...

Ninguém precisa te perdoar não...
Basta encararmos que a blogosfera é assim, cheia de prática, mas também de teorias que, na prática, a gente acaba burlando. Você não é uma fraude, apenas uma mãe de verdade, com a verdade dos fatos.
Ah, por sinal, muito bacana a entrevista do Mamatraca no Mulheres. Parabéns a todas!
E apareça no Màe da Cabeça aos Pés, se você não precisar tirar esmalte pink da princesa!!!
Beijos
Beatriz
www.maedacabecaaospes.com.br

Bruna Rockenbach disse...

Tive que rir!!! Achei que eu fosse a unica que pensava isso!

Tempos atrás promovi um encontro do meu grupo de mães, e lá pelas tantas, entre conversas e risadas, deixei os guris (tenho gemeos de 11 meses) engatinharem pelo chao da praça de alimentação, pq tava quente deixá-los no carrinho. Limpei as mãozinhas deles logo depois, mas fiquei pensando no que aquelas maes iam achar de mim?? hahahaha..

beijos! adorei!

Coisas de mãe disse...

hahahahah Muito boa!

Eu eu que dou dicas e pitacos de viagem por tudo quanto é canto... morro de medo de escandalo no avião! Já pensou??? VAi que alguem filma e depois leva pra Ana MAria Braga!

rsrsrsrs


beijos e boas férias!

Pati