quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Você já levou seus filhos a uma biblioteca?

Quem me acompanha sempre sabe que eu sou uma super incentivadora da leitura para crianças. Leio para as meninas desde cedo e acho que, de alguma forma, estou plantando uma semente super importante para a vida delas. Luísa tem uma relação muito gostosa com seus livros e tem por eles o mesmo carinho que tem por suas bonecas e brinquedos. Os livros em casa ficam à mão e à disposição e estão totalmente inseridos na nossa rotina.
Sempre falei aqui que levo as meninas a livrarias desde pequenas para poderem manusear e folhear livros à vontade, muitas vezes sem levar nenhum pra casa. Mas, na semana passada, tive uma experiência ainda mais fantástica que quero começar a introduzir na vida delas: eu e a Pri fomos à biblioteca infantil Monteiro Lobato, em São Paulo, pra gravar esse vídeo para o Mamatraca, que está tratando esta semana do assunto leitura (não foi ver ainda? Então corre!). Que lugar fantástico essa biblioteca!! Foi uma experiência muito legal e surpreendente. Ali existe o maior acervo do Brasil sobre Monteiro Lobato, que foi o próprio fundador dessa biblioteca. É um lugar animado, cheio de vida.
E nesse dia me dei conta que até hoje nunca havia levado as meninas numa biblioteca. Vou tentar muito em breve me redimir, porque esse é um ambiente muito legal e que se distancia da questão do consumismo.

A Biblioteca Monteiro Lobato fica na rua General Jardim, 485, Centro, São Paulo-SP. 

Agora vai lá e confere o vídeo do Mamaview pra conhecer um pouco mais desse projeto. E confira se na sua cidade também tem uma biblioteca com um espaço infantil onde você possa levar seus filhos.
.

15 comentários:

Patricia disse...

Já levamos na Biblioteca São Paulo, no parque da juventude, e também é bem legal, com espaço para pequenos.
Também recomendo!

Laila disse...

Oi Roberta, já te acompanho um tempão mas sempre "quietinha"... então, ainda não sou mamãe, mas é fato que lá em casa a cria terá muuuuito contato com livros e principalmente com bibliotecas, afinal, sou bibliotecária!!! (sim, essa profissão ainda existe! hahaha brincadeira)... e com certeza lá em casa não valerá o ditado "casa de ferreiro, espeto de pau" rsrs.

Parabéns pela iniciativa, continuem assim, biblioteca é um ambiente único, principalmente pros pequenos.

Um grande beijo.

Francine Barrionuevo disse...

Oi Roberta. O Felipe é frequentador a bastante tempo da biblioteca. Só que nem de perto é uma biblioteca como essa que vc citou. É uma biblioteca pública municipal, a única aqui da minha cidade. E não tem nada de atrativo para os pequenos. Mas, perto de muitas que eu já vi por aí até que tem um acervo bem bom. MAs, vou te confessar uma coisa, sabe de quem foi a ideia de levá-lo primeiro à biblioteca?? Da babá. Eu sempre frequentei lá, e até já tinha pegado alguns livrinho para o Felipe, mas nunca tinha me atentado para levá-lo lá, até que um dia ela me perguntou se poderia ir lá com ele. É claro que eu deixei e adorei a ideia. Esses dias ele até assinou o seu nome na fichinha.
Sabe que vc me deu a ideia de escrever sobre essa experiencia lá no bloguinho, espero que não se importe, vou linkar vc lá.
Bjo grande

(Mamãe) ~Pinel disse...

Estou familiarizando a Lara um pouco mais com livros antes de levá-la. Ela AMA livros, e sempre aparece com algum na mão e me entrega para eu folhear e ler junto. Mas ela é muito "delicada" e acaba estragando alguns.

Tenho medo de levá-la e ela acabar estragando o livro da biblioteca. Mas em breve estou planejando nossa visita! Vai ser o máximo! To até imaginando o show na hora de ir embora! hehehe

Muito bacana a iniciativa, e o vídeo também! Beijo!

Carol P disse...

Biblioteca eh um dos nossos programs de inverno. Muito divertido.

Paloma, a mãe disse...

Rô, eu não teria esta certeza. Aqui em BSB, por exemplo, não tem. Na verdade, na maioria das cidades brasileiras não tem biblioteca infantil. Só livrarias com ala infantil e olhe lá!
Já a Monteiro Lobato mora em meu coração, íamos lá toda semana e aproveitávamos muito os livros, as contações de história, as peças no auditório, as exposições e todo o espaço da biblioteca. Era um programão!
Beijos

Noemi disse...

Começamos a montar a biblioteca da Maria Antonia antes delas nascer. Lemos pra ela todos os dias e ela vive a brincar com seus livros. Desde de pequena ela frequenta bibliotecas. Inclusive a Monteiro Lobato entre outras. Lá as terças as 10h tem contaçào de história para bebê...uma delícia. Parabens pelo post e video.

Ana Paula disse...

Roberta, meu filho hoje com 8 anos frequenta bibliotecas desde 1 ano e meio. Tínhamos um centro cultural na cidade onde morávamos ao lado de casa e foi ali que aprender a cuidar dos livros, saber que tinha que devolver, escolher.
Precisamos de mais espaços como você mesma disse cheio de vida, o que é difícil de encontrar.Há muitas bibliotecas sisudas que não cativam os pequenos. Acho uma experiência bem diferente da livraria infantil. Beijo

Lia Vasconcelos disse...

Ótima dica! Bjs

Maya disse...

Dica bacanuda!
Comecei a ler livrinhos pra juju agora, com 9 meses.
Ela fica olhando.. olhando.. depois quer pegar e manusear!
Acho que ela vai ser leitora como a mãma.

Bianca disse...

Adorei!
Eu tenho o vício de ler e queria muito que a Ju tivesse também. Ela ainda não lê, mas já tem vários livrinhos.....
Beijos

Dani disse...

Fiquei fascinada com essa espaço: lindo, colorido, aconchegante e atraente.

São Paulo pode até ser uma selva de pedra como falam, mas com mil possibilidades além do cinza.

beijo

Marina disse...

Oi, Roberta, deixa eu partilhar aqui uma coisa, não tive tempo de ler os comentários acima, então nem sei se alguém, já falou isso. Depois do vídeo do mamatraca sobre as bibliotecas, resolvi procurar uma perto de casa pra levar a Bia. Simplesmente não tem! A mais perto fica a quase 15 quilometros e tem pouquíssimos livros infantis. A outra mais perto fica a quase 30 quilômetros. Fiquei surpresa e arrasada, no início, mas depois caiu minha ficha que eu mesma nunca fui a bibliotecas poúblicas, talvez pelo fato de sempre tre tido bibliotecas em meus colégios e faculdade. Enfim, tenho pensado bastante a respeito disso.

Ana disse...

Sessão nostalgia! Meu pai me levava muito nessa biblioteca depois das aulas de natação no sesc consolação. Amava esse lugar e ainda não levei a Catarina. Boa sugestão!
E sim, meu pai já era um paizão há mais de 30 anos atrás, quando isso não era muito comum. É bem sucedido, mas acho q se sairia bem na matéria aí de cima, pois como pai separado, sempre cuidou da sua casa sozinho e nos recebia muito bem, com todo o esquema que ele mesmo administrava.

Naomi disse...

Aqui em casa também há um entrosamento com os livros muito grande. É só falar que vou ao shopping e elas me perguntam se elas podem ir juntas para ir à livraria. É uma pena que até agora eu não consegui sair de lá sem um livrinho comprado e por isso adorei o seu toque: ir à biblioteca! Fantástico!!!
Ontem mesmo, fui ao shopping para comprar uma roupinha para mim e decidimos passsar numa livraria. As duas pegaram um livro cada uma (a mais velha escolhe o livro para a mais nova segundo seus proprios interesses...rs), mas eu disse que não levaria, pois haviamos comprado dois livrinhos no dia anterior. Sabe o que eu ouvi da Julia: "Mamãe, vc comprar roupa para você e não pode comprar esse livrinho pra gente?!"... Meu queixo caiu!