sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Paradoxo

Quando a minha primeira filha falou "mamãe" pela primeira vez, eu chorei de alegria. Que conquista, que coisa linda, que cuti-cuti, que delícia, quero mais! Fala mais, filha!
Quando a segunda filha soltou seu primeiro "mamãe" eu chorei de novo. Mas chorei porque ela está crescendo rápido demais. Ainda não estava na hora de ela começar a falar. Fica bebê, filha!! Não cresce tão rápido!

***

E hoje eu sou a blogueira convidada do ilustre e querido Minha Mãe que Disse, falando sobre as mães de restaurante. Aqui, ó.

9 comentários:

Carol Garcia disse...

hahahahaha!!!!
as mães são bichos incompreensíveis?
imagina... são é demais de fácil entendimento...
hahahahaha

bjocas

Renata Diniz disse...

E passa rápido mesmo. Mas, eu até que não sou muito nostálgica não. Curto cada etapa e pronto! Bjs, Roberta!

Celi disse...

Nem fale Roberta... como a gente se emociona! Chora e sorri com os filhos.
Quando começam a falar é demais. Amo! Essa semana meu filho Thomas começou a falar Mama. Agora, fica repetindo. Lindo!
Beijos
Vou lá no Minha mãe que disse...

Dani disse...

Pó de pirlipimpim pra todos.

Beijo

Carol Ambrogini disse...

Ro, sinto a mesma coisa com relação ao Victor. Parece que não quero tirara a fralda dele, entende?

Chris Ferreira disse...

Oi Roberta,
é um paradoxo mesmo. Com a Ana Luiza, minha primeirafilha, e a Sofia, minha segunda, foi a mesma coisa.

Vou lá ver a sua postagem no Minha Mãe que Disse.

beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Yumi Sayama disse...

Nossa, eu não faço ideia com é, mas eu imagino que deve dar uma agonia danada, não?

Eu só estou passando para dizer que estou acompanhando o seu blog há algum tempo e resolvi criar uma conta, só para comentar aqui e dizer o quanto eu amo e me divirto com os seus posts!

Mesmo sem ter filhos eu acho o Projetinho de Vida muito encanta dor e informativo. E adoro ler as peripécias da Luísa e da Rafa! ♥

Obrigada por fazer desse blog algo tão maravilhoso!

Vou ler sua reportagem agora mesmo. ^^

Beijos!

Coisas de mãe disse...

Nem me fale! Quando eu tava gravida, uma amiga me avisou que é legal termos cuidado com isto porque no primeiro filho estimulamos ao máximo porque queremos que a criança ria, fale, engatinhe, ande. E no segundo quermos que fique bebe fofo e cuti cuti para sempre :)

Pior que é verdade!

beijos

Pati

Letícia Volponi disse...

ah, pq tem que ser tão rápido, né?
Bjo