sexta-feira, 1 de julho de 2011

Eu quero, eu quero, eu quero muito

Nem vou entrar no mérito da sustentabilidade, causa que tem me mobilizado cada vez mais. Vou falar é de lindura mesmo. Vejam que máximo essas casinhas de papelão, criadas por arquitetos e designers da Califórnia (The Little Piggy's House). Elas chegam no papelão puro, sem desenho, e o grande lance é que elas sejam customizadas pelas próprias crianças (o que não é o caso das pinturas acima, obviamente).
Além de serem incríveis e amigas do meio ambiente (são 100% recicláveis), têm causa nobre: 5% dos lucros da empresa são doados a instituições mundiais de combate à fome infantil. 

Não é o máximo?

Descobri no blog da n-magazine.

22 comentários:

Karla disse...

Lindo, Roberta! Dá até vontade de voltar a ser criança e brincar nessas casinhas!!
Beijos!
www.nosso-primeiro-baby.blogspot.com

Lia disse...

Super máximo. Não é a mesma coisa, mas você já viu isto aqui? http://meumoveldemadeira.com.br/produto/pufe-ecologico-infantil-para-colorir

Kira! disse...

Linda mesmo!!!
Mas eu sou chata pra caramba, e ainda acho que da para fazer em casa! haha



Beijos
http://parabeatriz.blogspot.com

Marcelly disse...

Nossa ate eu queria uma casinha dessa!! Eu adorei! rsrs
bjos

Dani disse...

Também QUERO!!!
Que iniciativa bacana, doar essa porcentagem. Me fez gostar ainda mais...

Beijo

Ártemis disse...

Ahhh...eu também quero, quero muito. Mas quero com criancinhas dentro.
=P

Priscila disse...

Olá...

Amei esta idéia da casinha...
Demais!!

bjs, Pri
http://maesemfrescura.blogspot.com

Genis disse...

Nossa, adorei!!

(Mamãe) ~Pinel disse...

AAAI O MÁXIMO SIIM!!
Amei!!! =D


Quero também, onde peço a minha???? hehehe
Beijo!

Patrícia Gomes disse...

Muito lindo mesmo!
Dá uma vista nesta notícia http://agoraquesoumae.blogspot.com/2011/07/conar-perde-etica-e-debocha-das.html
Ela mostra o tanto que a ignorância pode (des)fazer pelas nossas crianças!
Bjus

Luciana Marques disse...

Põe máximo nisso. Eu também, quero, quero , quero muuuito!!!

Amei!!!

Celi disse...

Linda mesmo!
O máximo as crianças fazerem isso. Uma criação total. Muito bom!
Beijos

Tutitati disse...

Especial em todos os sentidos! e bem divertido, do jeitinho que a criança adora... tb queroooooooo!
beijos

Anônimo disse...

Oi Roberta, acabei de descobrir seu blog, adorei, ja estou seguindo!! Parabéns!!

bj
Lia
www.boniticos.com.br

Lu (mãe da Bia) disse...

Acredita que eu tive uma casinha parecida? Há uns 25 anos atrás...
Só que já vinha toda enfeitada!
Linda, linda!!!
Te escolhi pra um selinho... Viu meu e-mail?
Beijos...............

Juh disse...

Linda mesmo!!
eu fiz um sofá de caixa de leite, ficou lindinha xD
beijooo

Juh Guimarães

Ivana - coisademae disse...

Posso querer também???? Nunca vi nada igual!!! Confesso que fiquei instigada a tentar montar uma aqui em casa,kkkkkkkkkkk! Será???? Quem sabe...

Bjos e uma ótima semana!

Chris Ferreira disse...

Lindas demais. Eu também quero.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Paty disse...

Bem legais! Como moro aqui, vou pedir depois uma para a Babi. As que sao desenhadas sao lindas, mas sao mais caras. No site da Pottery Barn Kids eles ensinavam como fazer uma arvore de papelão para enfeitar os quarto das crianças. Eu que peco muita coisa na internet ,e recebo muitas caixas (que sao recicladas, claro) podia muito bem tentar fazer uma destas. Sera que nao tem um tutorial por ai???? bjs

New Emporium (Veruschka) disse...

TAmbém quero!

Que coisa linda!

BEijos,

Anônimo disse...

São legais mesmo, mas aqui em casa eu fiz com uma caixa grande de umas compras e faz o maior sucesso.. E é ainda mais sustentável que comprar! Esta semana passei em frente a uma loja de móveis e vi um monte de caixas enormes na porta prontas para irem para o lixo!!! Acho até que o Nuno vai ganhar uma casa nova. Faz isso para as suas tb! Fica muito legal. Beijo
Ana - anapalcantaragomes@gmail.com

Letícia Volponi disse...

Ro, adorei as casinhas. Eu que ando pensando cada vez mais em ter um cantinho exclusivo para os brinquedos lá em casa, acho que vou adotar a proposta.