sexta-feira, 3 de junho de 2011

Fazendo a higiene de um touro bravo

Cortar as unhas de bebê bravo é das tarefas rotineiras mais difíceis. Ai, que saudade de quando ela era um recém-nascido, que ficava com as mãos molinhas e a gente podia fazer o que quisesse. Agora não. Bichinha tem suas próprias vontades e sabe bem do que não gosta. E ai de quem contraria. Ontem, pra cortar as unhas que já estavam arranhando não só a ela como todos da casa, foi um suplício. Daqui a pouco eu apareço no programa do Datena como mãe que tortura sua filhinha inocente.
Outro problema da mesma ordem é higienizar os dentes. Pro dentista é fácil falar pra limpar o dentinho depois de cada refeição ou cada mamada. Principalmente a última mamada da noite, antes de dormir. Essa é fundamental, não é mesmo? Agora vai lá fazer, seu dentista, e me dá umas dicas. Chego perto com a fraldinha umedecida e a bicha tranca a boca com uma força que não há cristo que consiga abrir. Joga a cabeça pra trás e berra, berra, esperneia.
Daí ontem apareci com uma escova de dentes. Vamos fazer a coisa profissional, agora que tem duas canjiquinhas na arcada inferior e em breve aparecerão mais dois em cima. E Rafaela abriu a boca e me deixou colocar a escova. E comecei a escovar os dentinhos e ela caiu na gargalhada. Eu passava a escova e ela se matava de rir. Depois ficou um tempão ali mordendo as cerdinhas da escova, massageando as gengivas banguelas.
Preciso agora descobrir uma tesourinha de cortar as unhas que também faça coceguinhas.

22 comentários:

Angi disse...

Descobre e me conta, é uma dificuldade cortar as unhas por aqui tb!
Já os dentes, não sei se são as coceguinhas, ou o que, mas ele gosta!
bjão

disse...

Olha, rindo muito, me lembro da Maria nessa época, eu vivia com os dedos modidos. Quanto à tesoura, experimenta substituir por cortador de unhas, tem uns pequeninos feito pra esses miudinhos. Achei mais facil e rápido, agora tem de ser ninja Roberta, mostrou o dedo, lance o cortador e voilá!
Beijos na sua bravinha!

Anônimo disse...

Faço as duas coisas enquanto meu bebê está dormindo. As unhas eu corto durante a soneca do dia para aproveitar a claridade e os dentes eu escovo depois da última mamada entre 30 minutos e 1 hora após ele dormir, quando está no sono profundo, ele até se movimenta, mas não acorda por nada--dica do pediatra.
Boa sorte!

Ana disse...

Hahahaha aqui tbém a escova de dentes fez muito mais sucesso que a fraldinha! E ele só tem 4 dentinhos!

Quanto às unhas até mês passado aqui tbém era esse sofrimento, ou cortava na marra com muito escândalo , ou cortava com ele dormindo e rezava pra ele não acordar!
Até que tentei deixar a tesourinha de lado e experimentar o trim
(não aqueles ruizinhos de bebê) um de adulto mesmo, mas pequeno. Foi um sucesso. Ele fica quietinho olhando a unha ser cortada, aqui funcionou mesmo! Bjos

Roberta Lippi disse...

Hummmm... tô adorando as dicas. Continuem!!! beijos a todas

Mari Mari disse...

Eu tb uso cortador. Tenho um bem pequeno, da GErber, e um maiorzinho, que tem formato de bicho e é todo de plastico. A minha técnica é dar o bicho pra Niná segurar enquanto eu corto com o outro cortador. As vezes consigo cortar apenas algumas unhas, daí mais tarde repito a operação com as que faltam. Outra técnica é cortar a noite, com o bebe dormindo, dentro do berço, com uma lanterninha. Exige coluna, mas tb dá.
Espero ter ajudado!

Lia disse...

Acho que eles gostam de mudanças. Quando compramos a escova aqui foi a mesma festa. depois que Emilia começou a não se empolgar mais tanto com a escovação dos dentes, tãdã, chega a pasta! Ela adora, quando eu falo em escovar os dentes ela abre os lábios e começa a esfregar o indicador nos incisivos.
Já o corte de unhas costuma ser um pouco mais complicado. O que eu faço é esperar o momento em que ela esteja mais feliz. Se eu começo e o escândalo é mto grande, tento mais tarde.
Bjos!

Gleice disse...

Pra cortar a unha do Bruno eu "pego" ele logo de manhã, manicure às 7h, quando é o momento em que ele está mais feliz.

Eu sempre dou alguma coisa pra ele segurar em uma das mãos e vou cortando a unha das outras.

Acho que isso ajuda.
bjo.

Meriellen disse...

Se você descobrir essa tesourinha me avisa... porque é dificil viu... higiene na boca então? praticamente impossivel!!!

Kah disse...

A séculos atrás eu até twittei (é assim?) que se o Tom Cruise tivesse feito Missão Impossível depois da Suri nascer, a história seria de um pai cortando as unhas da filha.

A Rafaela está f-o-f-a, faz tempo que não entrava aqui e a mocinha está uma gata! Que não deixa cortar as unhas, mas uma gata. hauahuah
Beijão!

Kaka Barcelos disse...

hahahahhah morri de rir! passo por isso direto com a Helena,apelo pra todos os santos.
Lá no blog falo sobre isso!
(http://aventurasdomundomaterno.blogspot.com/2011/05/unhas-de-wolverine.html)

Um beijos

Celi disse...

Oi Roberta,
Também é difícil realizar essas tarefas por aqui.
Escovar os dentes. Meu filho brinca um pouco colocando a escova na boca. Depois não quer saber mais. Insistimos e aí vem o choro!
Para cortar a unha é mais fácil. Também usamos cortador ao invés de tesoura. Se está muito difícil cortamos algumas no momento e deixamos as outras para mais tarde. Outra coisa que fazemos é tentarmos quando está distraído brincando.
Um beijo.

Renata disse...

Ro, aqui também só funcionou depois da escova e agora a Nana adora. A única recomendação da dentista foi usar uma escova pra escovar e outra pra criança brincar, morder, apertar...para que não estraguem muito rápido!
Agora unha é departamento papaizístico. Nunca cortei de nenhum dos dois...rsrs!
beijos

Pequenos Modernos disse...

hahahaha, acho que os cortadores tipo trim, são uma opção.. é mais rapido que com a tesourinha.
Pode não dar certo, mas não custa tentar né?
Beijos e bom fim de semana!

Camila disse...

Bom, resolveu a questão dos dentes, certo? Agora, qto às unhas, manda pra cá! Adoro esse momento e, modéstia á parte, faço muito bem, nenhuma criança nunca reclamou e eu adoro cortar unhas de bebês e crianças! manda a fofa da Rafinha e eu dou conta com o maior prazer!!
Bjos,
Camila
http://www.mamaetaocupada.com.br

Manu disse...

Heheheh
Eles são todos muito parecidos!!!
Eu tb uso cortador ao invés de tesourinha, e corto na frente do notebook vendo o vídeo do "Pato Pateta" do Toquinho.. Só assim que ele deixa!
E escovar é uma festa! Reclama quando eu paro..
Bjs

Lily disse...

Ai, Roberta, se descobrir me conta! Tb nao é facil cortar as unhas da minha pequena de 8 meses. Vou cortando aos poucos e qd termino as 2 maos, a 1a unha ja esta grande novamente :-)

Anne disse...

eu sou péssima com a escovação - e joaquim adora!
my bad, relapsa mesmo.
agora as unhas... aff aqui é luta tb!
bjo

Karla disse...

Ai, nem me fale! Hoje mesmo machuquei o dedinho do Theo cortando a unha dele. Me cortou o coração.
Aqui cheguei a usar a tesourinha no início, mas achei o cortador bem melhor também. É mais rápido e preciso.
Beijos!
www.nosso-primeiro-baby.blogspot.com

Kelly Resende disse...

Ih, aqui em casa a escovação dos dentes é um problema ainda não resolvido, uma tarefa quase impossível. As unhas geralmente tenho que cortar por partes. rsss
Beijos

Micheli disse...

Roberta,
Por aqui, cortar as unhas foi difícil até um ano e meio ou um pouco mais. Era uma tortura, tinha de segurar com muita força para não machucá-la com a tesourinha, porque a danada se batia demais, chorava horrores... Hoje passou, ela entende bem. Mas foi um longo caminho até aqui.
Já escovar os dentes, quando era bebê ela AMAVA a dedeira. Você já tentou?
Beijos.

(Mamãe) ~Pinel disse...

A Lara foi super adepta à escova de dentes! hehehe
O bom é que além de limpar os dentinhos, ela pega o hábito, e o melhor de tudo, ela aproveita para coçar as gengivas inchadas até não poderem mais! =D


Beijo!