segunda-feira, 28 de março de 2011

Os truques da comida

Luísa sempre comeu bem, nunca pude reclamar disso. Isso desde as primeiras colheradas de papinha (diferentemente da irmã, que anda me dando canseira). Mas ultimamente ela anda meio preguiçosa pra comer e começamos a inventar algumas historinhas que deram super certo pra dar uma entusiasmada durante as refeições. Deixo aqui as dicas para quem tem tem trabalho com os filhos na hora de comer.

- Aventura: "Vamos fazer aventura hoje no almoço?" E aí começamos a usar a imaginação. Pego uma rodelinha de pepino japonês ou de cenoura (ou frango, qualquer coisa maiorzinha) e faço de base, depois vamos colocando as variações de comida por cima inventando personagens. "Esse aqui é o chão. Agora vamos colocar plantinhas (grãozinhos de arroz), uma árvore (um pedacinho brócolis) e o sol (o feijão)". A próxima é a Branca de Neve deitada na cama do Dunga. Depois vem o avião cheio de passageiros. A seguinte é a Cinderela procurando o sapatinho de Cristal perdido. E assim, de aventura em aventura, ela come um pratão sem reclamar e sem enrolar. Ela mesma vai inventando histórias junto, é divertido.

- Surpresa: Essa já fazemos há bastante tempo. Aqui em casa não tem sobremesa, tem surpresa. E ela tem sempre que adivinhar o que é. Na maior parte das vezes é uma fruta mesmo, muito de vez em quando gelatina ou bem raramente um danoninho. Eu ou a babá descrevemos a fruta e ela tem que adivinhar. "É redonda, grande, com uma casca verde por fora. Por dentro é vermelha e com sementinhas". E ela grita: melancia!! E assim vai. Ela adivinha quase sempre e adora. Para crianças que não gostam muito de frutas, pode ser um incentivo bacana inventar essa brincadeira. Se ela não adivinha, ela tem que fechar os olhos e cheirar. Além de incentivá-la a comer frutas, essa brincadeira acaba estimulando os sentidos da criança, é bem legal.

- Pepino: ela não gostava de jeito nenhum de comer pepino, até que um dia eu tive a sacada de mostrar pra ela o barulho que o pepino japonês faz quando a gente mastiga (fatie com casca e tudo). Chegava perto do ouvido dela, mastigando o pepino, e falava pra ela escutar o barulho crocante. E não é que ela resolveu experimentar e adorou o croc croc? Ela então comia e ficava mastigando perto do meu ouvido pra eu escutar o barulho. Hoje ela come numa boa. Fiz isso com a alface americana também. Não come tanto quanto come o pepino, mas de vez em quando ela topa também.

- Porcarias: De um tempo pra cá, Luísa resolveu vidrar nas porcarias. Incrível. Eu não compro balas, biscoitos recheados e chocolates pra deixar em casa, mas ela sempre ganha em festinhas, de visitas e da avó. A regra é que ela tem que guardar pra comer no fim de semana. Durante a semana, não pode, a não ser que tenha festinha de aniversário. Como estabelecemos isso como regra clara, ela respeita bem. Associou o fim de semana a quando não tem escola. Tudo bem que a primeira coisa que ela fala no sábado é se pode comer bala ou chocolate, mas pelo menos foi uma forma de controlar. E eu faço sempre com que a porcaria seja comida como sobremesa do almoço ou do jantar, assim também não fica o dia todo comendo.

18 comentários:

Carol P disse...

Aqui em casa nunca sabemos se sera um dia de comilanca ou nao, mas seguimos o barco com coisas diferentes, e sempre incentivando frutas e vegetais, jah q nao creche nao tem quase nada no cardapio.
A C tem um brinquedinho q tem o barulhinho de morder maca, e ela jah liga o barulho com fruta.
Otima tecnica das porcarias, aqui tambem soh no fim de semana.
xx Carol
www.motherlovedatabase.com

Uma Mae das Arabias!!! disse...

Amei as dicas!!!

Beijos e fiquem com Deus

Barbrinha

Beatriz Zogaib disse...

Pois é, acabei de escrever sobre isso... a dificuldade na alimentação. Quem se interessar, leia lá! E parabéns pelas dicas Roberta! Espero que dê certo para muitas!!!
abs,
BIA (www.vidadamami.blogspot.com)

Mãe do Pitoco disse...

Eu amei suas dicas porque por aqui tb está começando a fase de não querer comida, só "porcaria". Ninguém aqui em casa compra porcaria, mas como ele já experimentou por causa das festinhas na escola e por causa da vovó e de vendedores que sempre dão pirulito quando compramos algo, ele já começa a me pedir - com bastante insistência - e às vezes cedo, mas já estava começando a ficar preocupada. Esta ideia de fim de semana é ótima.

Beijos nas três.

Liege Albuquerque disse...

o ruim é q a mãe aqui gosta de porcaria mais do q ela....
mas adorei suas dicas, pq embora ela curta maçã, banana e uvas, não quer experimentar nenhuma outra!!!bjs

Anne disse...

essas são para guardar mesmo!
ainda não tenho tido muitos "pepinos" aqui, mas sei que minha hora vai chegar!
bjo

Chris Ferreira disse...

Oi Rô,
adorei as dicas.
A do pepino foi 10. Vou experimentar aqui em casa.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com

Cintok disse...

Oi Roberta,
Primeira vez que passo aqui pelo seu Blog, e adorei o post e as dicas como um todo!
Hoje foi o primeiro dia da Sara(minha filhota), esperimentando um suquinho de laranja e apesar das caras e bocas, tomou tudinho!rs
Vou acompanhar seu blog!
Bjs.
Cintia

http://cintok.blogspot.com

Cintya disse...

Nossa, quantas dicas! Fáceis, criativas e que dão resultado. Vou anotar tudo pra quando eu passar por essa fase.
beijos

Sarah mãe do Bento disse...

Que ideias ótimas! Adorei a sobremesa-surpresa, muito criativa. Vou tentar adotar por aqui quando Bento estiver maiorzinho!
bjos

Roteiro Baby disse...

Que medo deste post!
Minha filha começa com os sólidos daqui uma semana e estou me preparando para essa nova "aventura"...

sofia-educarcomcarinho disse...

Adorei as suas dicas. super criativas e ao mesmo tempo até educativas um máximo.
Para pegar e colar no frigorífico aqui de casa :)
Vou destacar o teu post lá no meu cantinho. Pode, não pode? :)

bjo

Eleonora Monticelli disse...

Ótimas dicas!!! Anotadas :)
bjs
http://cegonhatrends.blogspot.com

Bianca disse...

A Ju tá dando canseira pra comer.... Já era pra ela estar mastigando, mas como não nasceram os dentinhos, ela fica na preguiça e quer tudo pastoso.... Olha.... Só eu sei o que eu sofro!

Maya disse...

Boas dicas! Ainda não chegamos nessa fase, mas vou me lembrar!
Bjos

Nine disse...

Ótimas dicas! Vou usar a do "croc-cro" para Ísis comer alface!
E as porcarias bombam depois de uma certa idade, né? E como as pessoas dão essas coisas para as crianças! Deve ser porque não precisam escovar os dentes dos pequenos depois, que lá em casa é uma tarefa ádua de toda hora!
Beijos,
Nine

Pati disse...

Roberta
Amei as dicas, mas as vezes dá uma preguiça de tudo isto né?
Enfim, vamos que vamos!
bjs bjs

Cleide Ana Rota disse...

Amiga; minha Heloísa ainda está na fase das papinhas, mas adorei as dicas e vou usá-las em breve... Beijos com carinho.

http://closetdahelo.blogspot.com