segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Escola, obrigada

Lembra daquele meu post desabafo de duas semanas atrás, falando que a Luísa estava insuportável, quase me deixando louca com suas birras ensandecidas?
Pois é, minha filhota está de volta à normalidade. Esperei um pouco pra falar para ter certeza da mudança, mas agora já posso dizer que a vida voltou ao seu equilíbrio aqui em casa depois que iniciaram as aulas.
Por mais que arrumássemos atividades para ela nas férias, acho que ela estava um pouco entediada de ficar por aqui. E também acho que muito tempo perto da mãe acaba fazendo mal, porque fica nesse grude desesperado e a atenção tem que ser 100% dela.
Com o retorno às aulas, Luisa ficou bem mais alegre - e eu diria saltitante até, porque ela está apaixonada pela professora nova e vem numa felicidade só pra casa. Lógico que tem seus momentos de manha e chororô, mas aí é aquela coisa dentro do normal que não chega a tirar a gente do eixo como estava acontecendo. Agora é só dar aquela ignorada que logo passa.
Escola, te amo. Beijomeliga e não me abandone jamais.

12 comentários:

Lia disse...

Eu também adoro a escolinha da Emília. Pra Luísa, então, que já é uma mocinha, acho que a escola é ainda mais importante. É difícil a gente criar em casa um ambiente tão legal, cheio de crianças, com mil brinquedos, parquinhos e tal. Aqui eu só lamento o fato de ser o dia inteiro. Mas escola meio período é o que há!

Renata disse...

A escola faz milagres. Aliás qualquer coisa além da nossa casa faz milagres. Eles adoram ficar entediados em casa, mesmo com tanto brinquedo e tanta coisa pra fazer!
Beijos!

Mãe de Duas disse...

Sou 100% a favor da escola: quando começcam as aulas as crianças ficam felizes e as mães também.
Curta sua paz ;)

Bjs

Priscilla

Paloma, a mãe disse...

Aqui foi igual. Bastou o primeiro dia de aula e a mocinha já mudou, parou com metade das chatices. Mãe é ótimo, mas até de mãe existe overdose. Acho que era o caso delas, pois estão numa idade e, que precisam interagir com o resto do mundo. Sempre.
Beijos

Carol P disse...

Escolhinha eh tudo de bom!!! E crianca se diverte no meio de outras criancas.
Nao sei pq tem gente q insisti em deixar as criancas com babah. Imagina q tedio.
bj

Carol Garcia disse...

Estamos num casod e amor com a nova escolinha do Isaac.
Adoro as escolinhas todas que deixam as crias felizes e saltitantes.
Que Deus conserve Amém...
Beijinhos de moranguinho nas bonequinhas

Sarah disse...

Muito bom! Realmente os pequenos também ficam entediados e sentem falta da escola. Principalmente as crianças maiorzinhas!
bjocas

Lê - Dilemas de uma mãe sem manual! disse...

Que bom que Luísa retornou ao "normal". Final de férias é realemnte entediante pra criança. Aqui em casa tb não foi diferente! E olha que o meu Lucas já está um rapazinho! Vivemos num turbilhão de emoções né? Bjooo da Lê

Beta, a mãe disse...

Escola é tudo nessa vida não? Por aqui anda aos trancos e barrancos porque ela mudou, mas logo logo volta com a corda toda!

Anne disse...

já guarda um dinheirinho para o dia dos professores... nada como uma boa professora!
bjo

Chris Ferreira disse...

Oi Rô,
esse grude com a mãe as vezes fica complicado mesmo.
É muito bom quando as nossas filhas se identificam com a professora, né? Uma tranquilidade.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Bárbara Santos disse...

Olá! Realmente existem crianças que adoram novos desafios e lugares! :-) Elas começam a ficar entediadas dentro de casa ou sem a avalanche de novas informações que recebe na escola, especialmente com relação às atividades e relacionamentos (professoras e colegas). Acho muito bacana esse seu post porque tenho amigas que passam pela mesma coisa!
Beijos