domingo, 19 de dezembro de 2010

Movimento Sanguenozóio

Estou meio atrasada no apoio, por falta de tempo para blogar, mas não posso deixar de me juntar à ira das mães blogueiras contra o aumento de 62% que os parlamentares se presentearam neste fim de ano. Assim como elas, tenho medo de como estará esse país quando minhas filhas crescerem.
Acabei de voltar de Brasília e ouvi barbaridades sobre o que rola por lá. Sujeito chega em um lançamento imobiliário, fala que vai comprar 10 apartamentos (DEZ APARTAMENTOS) e diz que vai pagar um por mês, em DINHEIRO. E sabe o que acontece? Nada. Ele compra, coloca no nome dos parentes e está tudo certo. E assim a vida vai rolando.
A Mari, que começou essa campanha (aqui), escreveu um texto incrível em nome de todas mães que se preocupam com essas sacanagens e está mandando a todos os deputados.
Meu total apoio à campanha e indignação contra essa barbaridade.
Essa mãezarada sabe fazer barulho, brinca com elas não.

7 comentários:

Mariana Hart disse...

Ahhhhh... me descobriu né!?!? Me conta se coube o biquine, queria algo com a cara do RJ p/ela aproveitar por aí nesse verãozão!

Amei comhecer vcs viu!? De verdade!

Bjão grandãooo!=)

Bianca disse...

Meu total apoio a vocês!

Beijos

Coisas de mãe disse...

Oi Ro,

Eu também não cheguei a fazer um post ssobre isto, mas participei do abaixo assinado, conferir as listas de quem votou contra e a favor do aumento e tenho procurado "contaminar" as pessoas, fazer barulho. É muita cara de pau!
enfim, espero que a gente ainda consiga ver um país mais justo, que consiga votar certo!

beijo e boa ultima semana de agito!

Pati

http://coisasdemae.wordpress.com

Anne disse...

tamo junto, absurdo.... não me conformo!!
bjo

Chris Ferreira disse...

Oi Rô,
também estou mega atrasada no apoio por falta de tempo. Essa époa de final de ano é tumultuada.
Também dou meu apoio total.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Naomi disse...

Indignação total!
Só de der ouvido no noticiário dá dor de estomago.

luciana disse...

veio a brasilia e nem me deu um alo?