domingo, 7 de novembro de 2010

Caderno de perguntas

A Ana Carolina, do blog Quase Mãe, Quase Pai, me indicou pra uma brincadeira que eu achei divertida. Como ela mesmo lembrou, parece a versão virtual daqueles cadernos de pergunta da nossa infância. Aquilo era bom demais. E quando os paquerinhas do colégio respondiam, então, a gente queria morrer, né?
Como muita gente já participou dessa brincadeira, não vou repassar pra ninguém especificamente, mas vou deixar aqui a indicação pra quem quiser participar, ok? 

1 – Se me dou bem com a minha sogra?
Ela mora em outro Estado, então nos vemos poucas vezes ao ano. Mas nos damos bem, sim.

2 – Qual o seu desafio?
Administrar tantas coisas ao mesmo tempo e não deixar a peteca cair.

3 – O que diria a seu chefe se ganhasse na Loteria?
Não tenho chefe, pois trabalho em casa. Essa é, inclusive, uma das grandes vantagens desse modelo de trabalho que eu escolhi.

4 – Que farias se descobrisses que alguém te está mentindo?
Depende da pessoa, depende da mentira, depende do impacto dessa mentira. 

5 – Se tua casa sofre um incêndio e apenas podes salvar uma única coisa, que salvarias?
Não estamos falando de pessoas e sim de coisas, certo? Salvaria as fotos.

Por quê?
Porque elas mantém vivas as nossas lembranças.

6 – Entras num local com muita gente, que fazes?
Depende do meu objetivo naquele lugar. Se for um restaurante com muita espera, por exemplo, geralmente saio pra procurar outro. Agora se é algo que eu preciso enfrentar ou quero muito, encaro na boa.

7 – Vês um recipiente meio cheio ou meio vazio?
Meio cheio, na grande maioria das vezes.

Por quê?
Porque esta é a minha forma de ver a vida e encarar os problemas. Podemos ver tudo de duas formas e eu sempre procuro enxergar da maneira mais positiva. 

8 – Encontras uma Lamparina Mágica. Que três desejos pedes?
Saúde para mim e para minha familia, um futuro bacana para as minhas filhas e alegria sempre.
9 – O que te levou a criar um blog?
Criei em 98 o blog pra dar dicas para algumas amigas que estavam grávidas. Depois o blog foi crescendo, crescendo, e hoje é algo que eu levo muito a sério.

10 – Se fosses um dinossauro, como te chamarias?
Sei lá, pergunta esquisita essa. 

11 – Você mudaria algo no seu passado?
Sim, mudaria algumas coisas que prefiro não dizer aqui. 

12 – Qual é o teu sonho?
Não sou uma grande sonhadora. Procuro encontrar a felicidade no dia-a-dia, nas coisas simples da vida.
13 – O que de mais vergonhoso fizeste?
Vários micos, tipo cair na rua, mandar email com informações pessoais e confidenciais pra pessoa errada, etc
14 – Se fosses um animal, qual serias?
Não sei, talvez um cachorro.

15 – O que nunca farias por dinheiro?
O que é errado e o que pode prejudicar pessoas inocentes.

16 – O quê ou quem é capaz de tirar-te do sério?
Mentira, falta de educação, corrupção.

17 – O que fizeste em tua Vida de que tenhas tanto orgulho?
Meu casamento, minhas filhas e a relação que mantenho com a minha família. Minha profissão também.

18 – Como gostarias de te enamorar?
Nos últimos tempos, é do jeito que dá (e quando dá)... rsrsrs

19 – Com que personagem, famoso ou não famoso, gostarias de parecer-te?
Nenhum. Ou melhor, bem que eu gostaria de ter o corpitcho da Sabrina Sato.

20 – O que prezas mais na Vida?
Família.

21 – O que significa PAZ para você?
Saber que todas as pessoas que eu amo estão bem.

22 – O que é AMOR para você?
É o que move a minha vida. 

23- Se pudesse mudar alguma coisa no mundo o que mudaria?
A violência, as drogas e a corrupção.

24. Qual seria tua opção para outra atividade profissional que não fosse a tua?
Sinceramente, não sei o que eu faria. Talvez marketing ou publicidade. Talvez hoje fizesse algo ligado a crianças.

25 .Qual a sua melhor lembrança?
Do momento em que eu saí do hospital com a Luísa e do parto da Rafaela.
26. Se fosse só fechar os olhos e imaginar, onde gostaria de estar agora, quando abrisse?
Na Europa com o meu marido.

27.Onde, como e fazendo o quê você imagina sua vida daqui a 10 anos?!
A única coisa que eu sei é que quero estar com meu marido e com as minhas filhas, perto da minha mãe e dos meus irmãos.
28. Qual é seu filme favorito?
Putz, são muitos, não sei dizer qual o favorito.

29. O que sentiu quando viu seu filho pela primeira vez?
É uma sensação impossível de descrever. É a maior emoção que alguém pode sentir. Sem ser piegas, é mesmo o milagre da vida.

PS. Gente, perdi alguns selinhos. Sou meio (bem) indisciplinada com os selinhos, mas eu procuro sempre agradecer. Mas ultimamente andei deixando passar alguns e acabei não encontrando mais pra responder. Então se alguém me mandou um selinho e eu não respondi, por favor me avise. Me desculpem.

5 comentários:

Lê - Dilemas de uma mãe sem manual! disse...

Oi Roberta,
Fiz essa brincadeira lá no meu cafofo e já tem umas perguntinhas pra vc acrescentar aí!!!

Renata Diniz disse...

Gostei! Bjs!

Eu + Ele = 3 disse...

Já ganhei esse selinho de dois blogs e ainda não respondi! Sempre penso em respondê-lo, mas como é looooooongo!
Beijos

betinhazinha.com disse...

Gostei da perguntas... beeeem diferentes daquelas que a gente respondia na adolescência! ;o)

(Mamãe) ~Pinel disse...

Essas perguntinhas são o máximo! hhe
Adorei saber mais de você Rô!

Beijo!