domingo, 10 de outubro de 2010

Brinquedo acessível no Ibirapuera



Enfim o Parque Ibirapuera ganhou um brinquedo acessível para crianças com deficiência. Digo enfim porque um parque como esse já deveria ter dado o exemplo há muito tempo. Mas, dito isso, admito que é um brinquedo muito bacana e espero que seja replicado em outros parques não só na cidade de São Paulo como por todo o país.
Passamos por lá hoje coincidentemente no momento da inauguração do chamado "Brinquedão" (apelido dado pelos funcionários do parque) e me surpreendi positivamente. Ele é grande e tem rampas de inclinação leve, inscrições em braile, piso tátil, suportes aéreos (como este da minha foto) e outros estímulos sensoriais para deficientes físicos, auditivos e visuais.
Hoje (domingo) e terça-feira, dia 12, crianças que não são portadoras de deficiência podem "experimentar" o playground e se colocar no lugar dos deficientes por alguns minutos sentando-se nas cadeiras de roda disponíveis ou colocando vendas nos olhos para simular a deficiência visual. (Pausa: meu marido tomou um baita susto quando viu um menino que ele achava que era deficiente levantando da cadeira de rodas, foi muito engraçado).
Hoje, amanhã e terça também acontece no local às 14h e às 17h uma apresentação com palhaço e outras atrações circenses. Tenho que dizer que o "show" é muuuuuuito ruinzinho, mas a criançada se diverte mesmo assim. E vale a experiência de acompanhar a autodescrição para os deficientes visuais. Tem também uma interprete de Libras para deficientes auditivos.
Para quem quiser conhecer ou utilizar o playground inclusivo, ele fica bem ao lado da marquise do parque.

9 comentários:

zouzou e eu disse...

Oi Roberta
Adorei seu post, quer dizer, adoro e me divirto com todos!
Mandei o link desse post especificamente para um amigo meu cadeirante e que tem um blog. Vc pode ver o link do mesmo abaixo:
http://maonarodablog.com.br/
Além de mais parques (acho que temos poucos aqui no Brasil), tb acho que pelo menos alguns por cidade deveriam ter brinquedos acessíveis. Mas pelo menos é um começo...bjs e feliz dia das crianças! Carla

Roberta Lippi disse...

Carla, fui conhecer o blog do seu amigo e achei o máximo! Bacana mesmo, vou recomendar para uma amiga cadeirante daqui de SP, não sei se ela conhece. Beijos.

Ioly a dona do verdades... disse...

Muito legal essas iniciativas, principalmente quando aparecem em prol dos pequenos.
bjk

Mônica disse...

Nossa, que bacana! Uma iniciativa mto legal e da maior importância. Afinal de contas, criança é criança mesmo q seja diferente, precisa ser sempre especial, em qualquer situação.

Adorei!

bjo.

Tatiana Bonotto Cake Designer disse...

Olá...passei aqui para divulgar o SORTEIO que estou fazendo lá no meu blog.
Espero que participe, vai ser bem legal.
http://tatidesignercake.blogspot.com/2010/10/dia-das-criancas-cesta-de-doces.html

bjs
Tatiana Bonotto

Nat disse...

Como arquiteta acho o máximo a questão da acessibilidade estar cada vez mais presente no nosso dia-a-dia!
Ela está em tudo ao nosso redor, desde a rampa para um deficiente até na calçada que tem largura para passar um carrinho de bebê!

Beijinhos

♥QUERENDO SER MÃE♥ disse...

oieee... Primeiro comentário que deixo, mas a muito tempo já leio e dou muitas risadas com seu Blog... Parabéns pelas filhas lindas...
bjus

Priscila disse...

O brinquedo realmente tem uma causa muito legal, apesar de não gostar muito dessa ideia de colocar cadeiras de roda disponiveis pra quem não é deficiente fisico, ouvi da propria boca de um deficiente fisica que a ideia não é bacana! Pena q o "show" de circo é tão "ruinzinho" neh, mas jah fico feliz em saber que a criançada se diverte, até por que o "show" é pra eles neh!

HELENA QUINTANA MINCHIN disse...

OLÁS!
buscando imagens de brinquedos acessíveis para uma pesquisa, me deparei com este blog - e com as imagens que fiz do BRINQUEDÃO (projeto do qual também fiz parte, enquanto Coordenadora de Projetos do Parque Ibirapuera).
contente com a repercussão, espero que muitos continuem usufruindo deste belo projeto - e que o mesmo se multiplique!
abraços
Helena Quintana