segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Nada como um HD vazio

Me assusta a capacidade de memória de uma criança de três anos. Como eu digo, nada como uma cabeça descansada e um HD vazio. Basta assistir a um DVD novo uma única vez e, na segunda, ela já adianta trechos do tipo "agora vai aparecer um jacaré" ou "vai cair o chapéu dele" e coisas do gênero. Idem com as músicas, que ela escuta uma vez e na próxima já está cantando trecho ou emendando os finaizinhos. Eu não sou capaz de recontar a história de um filme que eu vi no dia anterior, já pensou? Luísa reconhece lugares, lembra de fatos que aconteceram há muito tempo e que até nós, adultos, nem lembramos mais.
E no jogo da memória, então? Tomo um banho dela.
Para que minha vida (inclusive a profissional) não vire um caos, eu anoto absolutamente tudo, assim não preciso confiar na minha memória.

E agora só fico pensando: com duas filhas em casa, só tende a piorar.

6 comentários:

Juh** disse...

Eu tbm tenho que anotar TUDO!
E fico boba com essas crianças super inteligentes rs... Estão cada vez mais espertas!
beijocas

Marcela lusia disse...

minha princesa ainda não chegou nessa fase,mas fico imginando e muito quando isso acontecer...
beijos.

Cristiane Fontinha disse...

A Lígia também ganha de mim no jogo da memória. Acho que estamos ficando velhas...

Paloma, a mãe disse...

Ai, nem me fale, sem dormir direito eu não tenho memória alguma. Esqueci até o que ia escrever aqui, hehe.
Beijos

Carol Garcia disse...

Máquina nova fnciona bem melhor né não?!?!
isaac vive me assustando com a memória que tem.
e eu, anoto TU-DO assim como vc, senão a coisa desanda.
bjocas nas princesas

Maya disse...

É, as cabecinhas das crianças são incríveis!
Eu costumo dizer que eles são como esponjinhas, absorvem tudo!
Bjos!