terça-feira, 31 de agosto de 2010

Curtinhas

  • De repente a Luísa cresceu. Coisa mais engraçada essa sensação. Como agora tenho uma recém-nascida em casa, a outra pequena ficou enooorme. Olho pro rostinho da Luísa, pro tamanho das pernas, e me assusto constantemente.
  • Uma das grandes diferenças entre a chegada do primeiro filho e a chegada do segundo é que a rotina da casa muda muito menos na segunda vez. Afinal, já sabemos o que é ter um filho em casa e a vida já foi adaptada à chegada de uma criança. Mais uma apenas aumenta um pouco o volume de trabalho, mas o impacto emocional é bem menor.
  •  Eu não me lembrava de Luísa fazer os tais cocôs atômicos. Com a Rafa é uma loucura. Ela só quer fazer cocô quando está com a bundinha livre, entre uma troca de fraldas e outra. Com isso, duas vezes o cocô já voou no tapete (tapete bege, novinho em folha, recebendo jatos de cocô amarelo... dá pra imaginar o desespero?). A cada troca, são pelo menos duas fraldas limpas, já que ela espera a gente colocar a fralda limpinha pra terminar o serviço. Eu uso fralda de pano pra forrar o trocador e, com essa lambança toda de cocô atômico e xixi voador (porque sim, meninas também fazem xixi pra cima), também vai praticamente uma a cada troca.
  • A Rafa é muito tranquila e boazinha. Dorme bastante, mama direitinho e chora pouco. Com isso, minha vida anda bem organizada por aqui. A recuperação rápida do parto normal também ajuda bastante. Já consegui ir à manicure, já voltei a dirigir e até já rolou um jantarzinho fora com o maridão no sábado, em um restaurante pertinho de casa. Colocamos Luísa pra dormir, amamentei a Rafa e saímos. Minha mãe ficou com elas, mas não teve qualquer trabalho porque ambas estavam dormindo. Uma hora e meia depois voltamos e tudo estava na santa paz em casa. Fez um bem danado.

31 comentários:

Mari disse...

Oi??? "Jantarzinho fora com o marido"??? Vc é minha ídala, juro! Quase um mês e ainda tô aqui no esquema camisolão furado, haha!
Eu tb fiquei passada com o tanto que Alice "cresceu". Pegá-la no colo é um choque, é tanto braço-perna-pé que eu fico meio atrapalhada... coisa louca, né?
Beijo!

Avassaladora disse...

Ai você é minha heroína!!!!
Tomara que a rotina lá em casa também fique assim, só com mais trabalho e não uma confusão total como eu tenho pensado que vai ser...
Jantar com o marido... ai, ai, esse vai demorar que só...

Patrícia Boudakian disse...

Ai que delícia. Fico aqui só babando e esperando minha vez. É claro que será muita novidade pra gente, não temos baby e estamos curtindo muito essa história de barriga e futuro baby. Mas já me sitno tão mãe que disse pro marido que quero dar um irmão pro meu filho que ainda nem nasceu, veja bem o grau de loucura do ser, né?
Nós fizemos ultrasom e foi tão lindo e emocionante, menina. Estamos curtindo muito.
Um beijão!

Ana disse...

Caramba como é bom ver que o segundo filho pode não ser lá aquela loucura, to vendo se crio coragem e desse jeito vc vai me convencer!

Martha disse...

Ver vc falando assim da até vontade de ter outro - tenho vontade de qualquer forma - e minha Laís esta com 7 meses e meio ainda - Louca, eu?! hehehe
Mas jantar fora??? Eu devo ser uma das pessoas mas atrapalhadas e desorganizadas do mundo.. pq ainda ñ consegui fazer isso.. !!!
Bjs

Flavia Bernardo disse...

Que delicia de post!
RN é tudo de bom, né? Confeso que só passei a curtir mais o Arthur após seus primeiros 15 dias, antes disso era mto stress até nos encontrarmos na amamentação. rs

que bom que a Rafa é do tipo mama e dorme, pq eu não sei o que é isso. Arthur me dava altos bailes pra dormir.

E agora que reparei a foto ali do lado das duas princesinahs! Que fofas!
lindas demais!

bjs

Micheli disse...

Que delícia, Rõ! Contando assim dá mais vontade ainda de ter logo o segundo filho!
Ah, e achei linda a nova foto aí ao lado, das duas... Muito fofa!
Beijão pra vc!
tagarelicesepensamentos.blogspot.com

Dani disse...

Oba! Mais relato da "vida após a chegada do segundinho". Ser a caçula das mães de segunda tem esse lado bom. A gente espia daqui, olha dali, pega lições de tudo quanto é lado, respira fundo e conclui que tudo vai dar certo (mesmo com cocô atômico ou noites mal dormidas).
Fiquei bem feliz com esse post, Rô.
Tô aqui rezando para Alice puxar à irmã no quesito tranquilidade. Luísa era tranquila assim também?
Ah...acabei de te mandar um e-mail.
Beijo meninas!
Muita força por aí!
Dani

Paloma, a mãe disse...

Rô, ainda bem que vc disse isso, porque eu estava assustada como a Ciça está enorme. Pego as unhas dela para cortar e vejo unhas e dedos de criança grande. O rosto dela é grande, cada pernão... isso sem falar no peso. E eu, tolinha, não tinha relacionado isso com a chegada da irmãzinha, hehehe.
Beijos

Dani disse...

Ohhhhhhhh...vi só agrora que vc mudou a foto do blog! Lindas as suas meninas...e que abração gostoso esse, heim!
Tô apaixonada por elas!
Outro beijo!
Dani

lolo disse...

Fraldas atômicas aqui em casa são regra! E eu nao sabia que meninas faziam xixi para cima, descobri com a minha LArinha, hehehe

Juh** disse...

Ahh vc me inspira e me anima a pensar em ter um bebê rs... espero que eu também consiga ser como vc!
bjocas

Carol Garcia disse...

depois desse seu post decidi!
quero meu segundinho. JÁ!
kkkk
bjocas nas princesas

Tathyana disse...

Rô, vc tocou em um ponto chave o crescimento das meninas!!! E eu tmb não tinha relacionado com o fato de ter um baby RN em casa. Oh céus, Alice está enorme e pesadaaaa demais. O referencial muda mesmo. E quando a gente já tem um filho o segundo é bem mais fácil mesmo, a rotina da casa não altera grandes coisas. Mesmo com parto cesáreo eu comecei a dirigir com 15 dias após a cirurgia, tmb frequento meu manicuro, só não saí sozinha ainda com marido, mas já fomos os quarto a um restô almoçar e foi uma delícia. Bjssss nas meninas.

Roberta disse...

Menina, tô ficando assustada com essa historia de cocô atômico... rsrsrs

Glauco disse...

Oi Rô!
Passando pra saber as novas... e muito feliz com esse post.
Beijão em vc, na mãe e nas meninas

Pinguinho da Mamãe disse...

Senti um certo alívio ao ver sua tranqüilidade com o segundo filho.
Este assunto ainda me deixa um pouco assustada e preocupada, afinal minha gatinha tem 1ano e 8m, ainda!!!
Agora, estes cocôs atômicos realmente são complicados... Tinha bastante deles por aqui até certo tempo atrás.
Bjs

Raquel disse...

Assim, estou ficando animada pra tentar o(a) segundo(a)...
Bom, o cocô atômico já passou por aqui, até contei no meu blog. O da minha Luiza voou uns 2 metros e batizou a cortina branca.Uma verdadeira obra de arte.
Felicidade e saúde para sua pequena...
bjão

Renata disse...

Menina, a minha menina nunca fez xixi pra cima não...rsrsrs!
"invejinha" do jantarzinho com o marido. Nana está com quase 5 meses e ainda não consegui...ai, ai.
Linda a foto das duas gatinhas juntas. Luisa amassando a Rafa...hehehe
beijinhos, Re

Chris Ferreira disse...

OI Roberta,
é essa a sensação memso! Quando a Sofia nas ceu a Ana tinha 6 anos e eu a achava o meu bebê. Quando peguei a Sofia nos braços, passei a achar a Ana Luiza enorme. Tive que cuidar para não tratá-la como uma menina maior do que ela realmente era.
Parabéns pelas duas filhotas.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Lia disse...

Adorei a fotinha nova aí do lado!

Mamma Mini disse...

Legal Roberta, muito legal... todo mundo fala esta questão de que o segundo vai bem mais tranquilo porque vc já montou a infra do primeiro...isso me faz querer ano que vem pensar em encomendar um irmãozinho pro meu mini.... mas dá uma preguicinha começar tudo de novo....
bjs

Mamma Mini disse...

Legal Roberta, muito legal... todo mundo fala esta questão de que o segundo vai bem mais tranquilo porque vc já montou a infra do primeiro...isso me faz querer ano que vem pensar em encomendar um irmãozinho pro meu mini.... mas dá uma preguicinha começar tudo de novo....
bjs

Mamma Mini disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Mamma Mini disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Letícia Volponi disse...

Adoro esses relatos de dois para me preparar emocionalmente. Adorei a foto nova desse apertão que a Luísa deu na Rafa.

Vanessa Datrino disse...

Querida,
encontrei vc na net e gostaria de te apresentar meu trabalho!
Ficarei muito feliz com sua visitinha!
Ah! E tem sorteio por lá!
http://datrinodesign.blogspot.com/2010/08/sorteio-de-convites-oba.html
Bjinhos,
Vanessa Datrino
www.datrinodesign.blogspot.com

Alê disse...

hehehehe
Esses episódios de cocos são inesquecíveis qdo suja chão, paredes e etc....
Que bom que as mocinhas estão se adaptando super bem e deixando a mamãe curtir um pouquinho!
Beijos em vcs!

Anônimo disse...

Roberta,

Eu forro o trocador com aqueles pepéis que são usados em camas de médicos, camas de depilação, sabe?
Acho super prático e bem higiênico.
Compro o rolo e babá deixa todo cortado já no tamanho do trocador. Bjos, Érica

(Mamãe) ~Pinel disse...

Meu irmãozinho de 3 anos que antes era o "pequenino da casa" agora está GIGAAANTE perto da minha Lara! hehehehe


Que bom que a Rafa te da sossego.... aproveita hein! hhehe

Beijo!

piscardeolhos disse...

Ro do céu, assim vc vai mega aumentar a taxa de natalidade neste país!
Até eu respirei fundo e me empolguei.
Mas já passou :)
beijos, fico feliz da vida em saber que está tudo correndo bem...já vi aquela fotinho da rafaela de vermelho umas 20 vezes...ela é uma COISA.
bjs!