quinta-feira, 24 de junho de 2010

Assistiu Alien?

Ontem uma moça que ainda não tem filhos me perguntou como é a sensação do bebê mexendo na barriga. "Parecem socos?", ela supôs.
Perguntei se ela assistiu Alien, o Oitavo Passageiro, ou qualquer outro filme da série. Às vezes é mais ou menos essa a sensação, com a ressalva de que o que está dentro da minha barriga não é um monstro e sim uma bebezinha que certamente será linda e fofa como a irmã e nada se assemelhará a um monstro (com exceção dos momentos de birra incontrolável, é claro).
Rafaela segue os mesmos passos da Luísa, que se mexia absurdamente na minha barriga desde o início. Na segunda vez, comecei a sentir os movimentos muito cedo, com apenas 14 semanas, acho que quase um mês antes da primeira gestação. Mas naquele início os movimentos evidentemente são muito internos (alguns definem como "cobrinhas" ou "choquinhos no baixo ventre). Depois é que a coisa vai literalmente ganhando corpo.
As sensações são bastante variadas, como chutinhos, socos e tremedeiras internas (adorei a definição da amiga da Sarah, de que parece um pum para dentro!!). Mas as mais assustadoras (e ao mesmo tempo divertidas) são as grandes movimentações. De repente aparece um calombo em um canto da barriga, que você não consegue identificar se é a cabeça ou o bumbum. E esse calombo aumenta, aumenta, estica e parece que vai estourar a pele da barriga e o bebê vai dar as caras antes da hora (tipo uma cesárea espontânea, podemos definir assim?). Aí você fica empurrando pra dentro fazendo carinho com a mão e ele volta pro lugar. Ou então percebo um calombo menor que se movimenta pela barriga (esse, sim, parece um Alien mesmo). Deve ser algo como a mão, pé, joelho ou cotovelo. Dá pra ver por fora da pele um treco se movendo pra lá e pra cá, como se estivesse procurando um buraquinho pra sair logo dali.
PS. Recadinho para minha doce bebê-alien: Peraí, minha filha, mamãe tem muita coisa pra fazer ainda antes de você nascer. Não se apresse não, fica aí bonitinha até meados de agosto.
PS: Não consegui encontrar o dono do crédito dessa foto que circula pela internet há tempos. Também não sei se é real ou montagem (creio que seja montagem). Mas ela é demais mesmo assim. 

24 comentários:

Ana - Viajar é tudibom! disse...

Oi Roberta!
A gente vai acompanhando os Blog´s mas nem sempre consegue pegar as coisas do "começo" né?
Hj descobrí que vc esta grávida de uma mocinha que e chamará Rafaela e que já está de 07 meses???

Qto aos "chutinhos" eu comecei a sentir o Pedro Augusto com 19 semanas, mas perto das "travessuras" deles dentro de nossas barrigas os primeiros chutinhos não são nada né? Depois são verdadeiros golpes, hehe, pelo menos comigo foi bem assim como vc citou, daí eles começam a empurar parece joelhos, cotovelos e fora a sensação que a barriga vai explodir e eles meterem o rostinho pra fora, a minha quase explodiu! hehe fiquei com um barrigão enooooorme menina, a parte ruim é que me enchí de estrias :(
isso pq engordei apenas 10 Kilos e usei muitooooo óleo, deveria ter usado creme, mas fiquei na onda dos óleos Seve de amendoas da Natura, mas comigo não funcionou!!!
Vou esperar engravidar novamente, e se puder foi fazer uma plástica pra ver se melhora o aspecto, pq ficou tão feinho!!!!

Bjos, boa sorte na gestação e tudibom!

Fá, Mãe da Ana Luiza disse...

Ai, que barato!!! Eu tb acho que quando a Ana mexia parecia um pum pra dentro... mas isso as mexidas mais light! As mexidonas parecia o Alien mesmo!! hahahahahaha

Beijos,

Patrícia Boudakian disse...

Nossa! Meados de agosto. Já tá aí, né Rô. Menina do céu. Sabe que uma das minhas maiores curiosidades é o movimento, sentir o baby e tal. Deve ser uma coisa alien mesmo, de outro mundo.
Beijoca

Fe Piovezani disse...

Fica aí RAfa!! E vira essa cabecinha pra baixo, menina!! Vâmo!!
É bem isso. Senti pouco dessas movimentações, porque Luísa era pequenininha e antecipada. Quem sabe no segundo né ? beijo p vc !

Dani disse...

Hahahaha... adorei, é bem isso mesmo.
No começo, eu achava que era parecido com quando a gente pega um passarinho nas mãos e ele fica batendo as asinhas, sabe? Mas agora... tem mesmo uns momentos semi-assustadores... e quando a barriga fica inclinada, então? Ontem mesmo, a noite, ela ficou MEGA inclinada, aí fiz esse "carinho" meio desesperado e ela foi voltando... hahaahhaha
E Rafaela, aproveita que você está tão animada e vira de cabeça para baixo, vai?

Carol Garcia disse...

Ai Ro,
Achava que Isaac ia sair da minha barriga de colant, fazendo o "duplo mortal carpado", bem estilo Daiane dos Santos.
Ele se mexia muito, pulava, virava, rodopiava.
A sensação é muito boa.
bjocas
carol
http://viajandonamaternidade.blogspot.com

Lais Alves disse...

AAAin .. meu sonho é sentir um bebê se mexendo dentro de mim.
Deve ser maravilhoso.. aaain *-*

Fica aí rafaela! hehe ..
Beijos ;*

Letícia Volponi disse...

Excelente descrição. Quando estava grávida da Laura me divertia olhando para a barriga toda distorcida para lá e para cá. Meu marido dizia que só mãe é louca o bastante para ver a barriga toda esquisita e achar graça.

Cris disse...

huuha descrição perfeita... um alien dentro da gente... uhahuhua um alien maravilhosoooooooooooooooo, acho que nada paga a sensação de sntir um bebê se mexer dentro da nossa barriga ...

huahuahuahua

adorei o post..

beijocasss

http://cmeufilhominhavida.blogspot.com/

Cissa disse...

hehe parece um pezinho. Lembro da Luísa mexendo na sua barriga, durante reuniões sérias. Era bem engraçado. Muito legal. Adorei a foto.

Futura Mamãe disse...

Gostei da explicação, uma visão diferentes dessas movimentações maravilhosas que a gente sente mas não consegue explicar como é... meu noivo fica perguntando o que eu sinto quando o Pedrinho chuta, mas é complicado explicar! hee!

Um beijo

Avassaladora disse...

hahahahaha... é isso mesmo, um pequeno Alien dentro de nós!!!!

Ana disse...

Acho essa foto uma graça...
Nossa essa do pum nunca tinha ouvido..kkk

=***

Mamma Mini disse...

Essa sensação é realmente única e maravilhosa... e vai mudando, no começo parece um peixinho indo pra lá e pra cá... depois nesta fase que vc consegue ver um joelho ou cotovelo se mexendo, um bumbum é super engraçado, eu no 8 mês de gestação trabalhava em empresa e tínhamos sempre muitas reuniões, era engraçado o meu filho sempre se manifestava ficava se mexendo muito, todo mundo já dizia: agora é a hora do David falar...rs

curta bastante, ela vai vir só na hora certa... nem preocupa...bjs

Renata disse...

Adorei a explicação...A Nana era tão gigante que eu não sei como ela conseguia se mexer tanto até o final! E ela não vai sair antes do tempo não...vai ficar aí bonitinha e quentinha, né Rafa??
beijos, Re
*adorei a foto nova do perfil!

Flavia Bernardo disse...

Sentir o Arthur mexer dentro de mim foi a sensação mais incrível que senti em toda a minha vida!!! Acho que só perderia esse status, se ele tivesse nascido de PN, pois aí, ter ele saindo de dentro de mim passaria a ser a melhor sensação vivida.

Mas com certeza, é a melhor parte da gravidez. Eu curtia cada movimento dele dentro de mim.

A Rafaela vai mexer mto ainda, pra poder virar, ficar cefálica e vir num lindo PN pra esse mundão! :)

bjks
Flávia.

Gabriela disse...

Fantástia a tua descrição!!!
Adorei! Deu uma saudade...
Felicidades

Dani disse...

É bem assim mesmo Rô. Uma vez, tava fazendo audiência e Nina resolveu empurrar minha barriga de um lado só, daí ficou aquela bola enorme do lado direito. Como tava com uma blusa justa na barriga, deu para o juiz ver. E ele levou o maior susto. Parou o depoimento da testemunha só prá perguntar se tava tudo certinho com o nenê...A cara de espanto dele foi demais! Morri de rir!
Ai...que vontade de ver o novo bebê grandão assim! Esse começo dá um medo na gente, né!
E Rafa, esse recado é prá você: aqui fora tá frio...espera mais um pouquinho aí viu!
beijo.
Dani

Sarah disse...

Que honra ser citada aqui! Leio seu blog todo dia, adoro!
Achei muito boa a definição do pum pra dentro, principalmente naquelas tremidinhas iniciais. Mas achava que na gravidez de meninas as sensações eram mais leves, como descreveu outra amiga "uma borboleta batendo asas". Como por enquanto só tenho o Bento (que se mexia muuuito), achava que a bagunça na barriga era coisa de menino. Pelo jeito a Rafaela vai ser bem espoleta hein!!
um beijo!

Chris Ferreira disse...

Oi Roberta,
Pum para dentro, borboleta batendo asas, Diane dos Santos dando carpados, tantas sensações, todas maravilhasas, mesmo aquelas que emprurram o nosso diafragma para cima e parece que o bebê vai sair pela boca.
Que gostosura de post.
beijos
Chris
hhtp://inventandocomamamae.blogspot.com/

Lia disse...

O melhor jeito que eu encontrei pra explicar aos homens e a quem nunca ficou grávida a sensação de algo se mexendo dentro da sua barriga é: empurre sua bochecha com a língua. É a única coisa que lembre remotamente essa sensação tão incrível...

Maya disse...

EU aqui com apenas 8 semanas tenho essa curiosidade!
Legal ver tantas descrições! Acho que só sentindo mesmo para saber!
Bjinhos

Luíza disse...

to com essa mesma sensação.
é muito engraçado quando você vê a blusa se mexendo.
eu as vezes fico torcendo pra que nenhum desconhecido perceba. ahahhahah

Dione disse...

Haha, no começo eu achava que parecia um peixinho, uma borboleta batendo asa. Mas no final da gravidez, aff, eu pedia peloamordedeus pra ela mudar de posição, ficar mais quietinha. A Nina adorava ficar do lado direito, a barriga ficava assustadora!
Ai, como tõ louca pra sentir isso de novo...
Bjos!