quarta-feira, 5 de maio de 2010

Pesadelo

Tive um sonho horrível essa noite. Rafaela já tinha nascido, mas havia pouco tempo. Nesse sonho eu acordava de manhã, fazia umas coisas e só depois eu me dava conta que a bebê tinha que mamar. Na verdade, eu havia me esquecido de amamentá-la desde o dia anterior, e ela estava quietinha no berço com fome. Parecia até meio doente, desnutrida.
Jesus, que coisa horrível. Sei que a gente fica mais relaxada na segunda gravidez (eu esqueci de fazer uns exames que meu médico pediu, por exemplo), mas me esquecer de amamentar a minha filha? Se bem que certamente isso não seria possível numa condição normal, né, porque ela iria berrar de fome. Mas no sonho ela ficou quietinha, como se estivesse definhando.
Agora me dei conta que esse sonho pode ter sido influência da história complicada do menino Theo, que li ontem e que está sendo divulgada em diversos blogs. O garotinho, de apenas 5 meses, tem um problema de má absorção intestinal e vem perdendo peso intensivamente. A Luiza, do Potencial Gestante, fez um post explicando bem a história e dando todos os detalhes para quem quiser ajudar. Que esse menino fofíssimo fique bom logo.
E que eu nunca deixe de alimentar minhas filhas, como aconteceu no meu pesadelo.

11 comentários:

Lia disse...

Pois eu ando sonhando que deixo a Emília com outras pessoas e quando me lembro de voltar ela já tomou sua mamadeirinha de NAN. Credo.
Mas, na vida real, ela tá aqui do meu lado, recém-mamada e gorduchinha.

Carol disse...

ooo querida, mas dizem que grávidas sonham coisas ruins mesmo, nao?

tenho certeza que as suas filhotas serao sempre gorduchinhas (mas depois dos 15 anos, acho melhor nao tanto, :P) e bem alimentadinhas, com muita saúde!

beju beju

Paloma, a mãe disse...

Ai, menina, esta história me deixou malzona também... Divulguei aos meus amigos via e-mail. Toda vez que penso nele e na aflição da família, fico triste.
E, por falar em pesadelo, ando tendo alguns também.
Beijos

Maria Luiza, minha vida!!! disse...

Eu tb fiquei meio chocada com essa história....mas pra te falar a verdade, venho tendo pesadelos desde o início dessa minha segunda gravidez....
Tomara que não tenhamos mais isso, pois sempre acordo mal.
Beijuus
Rafa

Camila Bandeira disse...

Eu sempre tinha pesadelos na gravidez, especialmente na segunda. Acho que é normal. Bjo

Tatiana Bonotto Cake Designer disse...

Olá...é 1º vez q entro no seu blog...e estou lendo sobre seu sonho... e tenho q dizer q as vezes lá no fundo a gente pensa muito e não percebe q as coisas tem tudo sua hora e momento certo.

Acredito q sua espectativa seja grande e logo logo uma nova pessoinha vai depeder de vc e isso dá medo...então deixe esse sonho de lado e acredito q nada é por acaso e q se via ter mais um lindo ser, quer dizer q vc dá conta!

Adorei..seu blog...estou navegando pra divulgar meu blog.

Visite meu blog e se gostar vai ser um prazer ter sua companhia.

bjs

www.tatidesignercake.blogspot.com

Priscila disse...

Roberta, você acredita que tive o mesmo sonho quando estava esperando a Duda? Sonhei que ela tinha nascido há dois dias e que ainda não tinha amamentado.

Bjs.

Chris Ferreira disse...

Oi Roberta,
eu também tinha pesadelos durante a gravidez e eram realcionados a amamentação. Não vou nem contar para não impressioná-la. Acho que reflete as nossas preocupações mesmo.
A situação do menino Theo é comovente mesmo. Que bom que tem várias pessoas ajudando.
E claro que você não vai deixar de amamentar a sua filhota.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Camile disse...

Oi, estou passando para divulgar essa promoção que também vai ajudar o bebê Theo, dá uma olhadinha e se puder, divulgue!
http://coisinhasdetecido.blogspot.com/2010/05/mega-corrente-de-ajuda-para-o-theo.html

Beijocas

Carol Garcia disse...

olá,
pesadelos fazem parte da gravidez. acho que é porque a ansiedade aumenta, as vontades redobram e o desejo de ser "a" mãe completa a mente propícia para um sonho mais sem graça.
deixei um selinho pra vc lá no meu blog, certeza que a luísa vai amar!
bjos
carol
viajandonamaternidade.blogspot.com

Patrícia Boudakian disse...

ai, rô, que sonho mais ruim. fiquei mal. mas ó, o inconsciente é fueda. faz cada coisa com a gente. eu tb li a história do pequeno theo e fiquei tristonha, imagina vc que tá grávida, levou pro lado pessoal... fica bem... tenho certeza que vc sempre será uma ótima mãe. ahh, feliz dia das mães.
beijo