quarta-feira, 28 de abril de 2010

Coisas que só aprendi na prática

Eu preciso dizer às grávidas de primeira viagem: há coisas que os livros didáticos sobre gravidez não abordam com tanta clareza - ou então só eu que não li direito. De qualquer forma, aqui vão algumas dicas do que pode acontecer com você (ou não, se a fada madrinha das grávidas estiver muito boazinha na sua vez).
- Além de ficarem grandes e um tanto doloridos (isso fala, sim, nos livros), seus peitos provavelmente sofrerão outras transformações: a aréola também vai crescer, vai ficar escura e estranha e podem aparecer veias nos seus seios que mais parecem um mapa rodoviário.
- Sabe aquela imagem de santa que você tinha perante o seu marido, que achava incrível o fato de você nunca soltar pum? Pois é, já era. Depois daquele livro "Até as princesas soltam pum", tô pensando em escrever um "Até as grávidas soltam pum". E não adianta chamar de gases, não, porque gases pra mim são coisas que ficam dentro da barriga. O que acontece com as grávidas (ou a grande maioria delas) é que elas soltam pum, mesmo. E não adianta tentar controlar, porque simplesmente não dá. Eu continuo fingindo pro meu marido que nada acontece, mas tenho certeza que ele está sendo apenas discreto. Na dúvida, eu jogo a culpa na Luísa. Ah, e depois que o filho nasce, essa história ainda continua por um tempo. Você acha que vai ficar sem controle pro resto da vida. Mas depois melhora - até você engravidar de novo... rsrs
- Se um dia você achar que seu corpo está abrindo por baixo, não se preocupe, é normal. Na primeira gravidez eu senti isso mais pro finalzinho, mas agora, no 6º mês, às vezes parece que tem uma bola de vôlei no alto da parte interna das minhas coxas. Fica até difícil de andar.
- Sim, aquela linha negra horrível que aparece na barriga das gestantes: pode ser que elas apareçam na sua vida. E não pense que vai adiantar alguma coisa você se entopetar de hidratantes e óleo de amêndoa ou evitar totalmente o sol. Na minha primeira gravidez, parecia que alguém tinha feito um risco marrom bem escuro com uma caneta. Era horrível, eu tinha até vergonha de mostrar a barriga. Mas nem todas as grávidas ficam com a linha tão escura assim. Agora ainda está claro, mas não tenho esperanças de que vai ser mais ameno. Ah, depois elas somem, ok? Demora pelo menos uns seis meses, mas somem.
- Ahaaaa, e o seu umbigo. Sim, ele vai saltar (a não ser que você tenha sido sorteada pela fada das grávidas). Sabe aquele pininho que avisa quando o peru está pronto no forno? Então, você vai ficar com um desses por um tempinho.

PS. Geeeente, e que sucesso é esse do sorteio do livro do Içami Tiba??!!! Nunca recebi tantos comentários aqui no blog, estou felicíssima! Continuem participando!

27 comentários:

Mariana disse...

nada como alguém escrever a verdade nua e crua como é....

Cynthia Santos disse...

Seis meses, já???
Deus meu, o tempo voooaaa!!!
Menina, eu tive essa sensação do corpo estar abrindo por baixo, foi muito estranho!
Escapei das veias nos seios e da linha negra, eu não tive, fiquei até meio "assim", porque não sabia que podia não aparecer...eheheh meu umbigo saltou e eu adorei, dei uma faxina nele, e quanto aos puns, não tive muitos gases, mas azia e enjôo... ah, estes foram companheiros constantes a gravidez inteira... além das cãimbras, claro!
Beijo grande!

Roberta disse...

Cynthia, a fada madrinha das grávidas tava muito de boa com você!!! hahahaha!!!

Carol disse...

adoro esses posts-verdade!
já ouvi falar tb que a mocinha lá embaixo fica inchada e as vezes dormente! ai ai.

post-verdade tb é cultura!

beijos

Roberta disse...

Olha, Carol, dormente eu não sei não. Mas inchada fica, sim. Uma beleza, viu, amiga, vai se preparando... rsrsrs....

Sabrina, mãe de Lina disse...

A minha linha negra apareceu praticamente na última semana da gravidez, mas demorou 4 meses para sair. Eu odiava aquilo.
Outra coisa que eu nunca tinha lido, eu não tive diabete gestacional, mas hipoglicemia. Precisava, por recomendação médica, comer de 3 em 3 hrs ou passava muito mal (quase desmaiei no chuveiro de manhã umas 2 vezes). Nunca tinha escutado falar nisso. Ah, eu tive insônia nos primeiros meses!!! Sim, a realidade sempre traz novidades.

Tathyana disse...

E na segunda gravidez a fada nem passou aqui em casa hunfff. Parece que a minha virinha está rasgando, dos dois lados, é horrível. Fora as dores nas costas o tempo todo e sim os puns...são punks!!!

Bjsss

Paloma, a mãe disse...

Na primeira, tive quase tudo, mas a linha nigra foi beeem leve e o umbigo não saltou. Vamos ver nesta. Mas olha, não é "até as grávidas soltam pum", é "principalmente elas".
Beijos

Beta disse...

Hehehe, então acho que fui sorteada pela fada das grávidas pq na gravidez da Alice meu umbigo ficou bem bonitinho, não saltou, não esgaçou, nem o furo do piercing esgaçou (só fechou, rsrsrs). E os seios não ficaram enormes (snif, snif) e eu tinha tanta esperança disso acontecer para ter peitão uma vez na vida, mas não rolou.
A linha escrura apareceu sim, mas nada horrível, hoje (11 meses depois) tem um risco beeem fraquinho que acho que só eu vejo.
No resto fiquei igualzinha a você, hehehe.

Bjão

Carol P disse...

Roberta, Parabens por este post momento verdade !!!!
A fada passou por aqui em relacao aos gases e ao umbigo, em compensacao a linha marrom segue clarinha quase 10 meses depois. Mas o mais bizarro foram as minhas pintinhas no ombro e perto dos seios que viraram 3D, juro saltaram, agora felizmente ja murcharam e voltaram a ser sardinhas e manchinhas. Outra coisa foram as manchas nas macas do rosto, essas nao sairam, estou fazendo tratamento.
bjs

Carol Fontes disse...

Oi Roberta,
adorei seu blog! Mto útil! Ótimo vc compartilhar as suas aventuras de mãe com as inexperientes como eu. Minha bebê nasce em outubro e estou cheias de dúvidas sobre educação etc e tal ... mas vou sempre acompanhar seus posts daqui em diante. Bjos

luciana disse...

Oi queridona! Já leu o The Girlfriends Guide to Pregnancy? Tb fala bem desses efeitos colaterais que vc mencionou, faz a gente rir e levar tudo numa boa....Afinal, a causa é nobre!

Chris Ferreira disse...

Adorei o post. Pena que não vi um desses antes das minhas gravidez (tem plural?)
beijos

Fabi disse...

kkkk...Muito bom!!
Tive tudo isto também.

Mas eu só não gostava mesmo do umbigo saltado.
Meu irmão também falava que era pino do peru da sadia. Só que o meu peru ficou pronto muuuuuito depois do pino saltar.

Eu achava a linha bem charmosona. Talvez porque não tenha ficado tão escura. Fiz até um ensaio a la Demi Moore no jardim de casa... é aquela foto mesmo que vc tá pensando, sem lenço e sem documento. Só com a pança e a coragem. :-)
Bjocas

Lia disse...

Pois é, eu fui uma grávida atípica. Não tive vários dos problemas mais comuns (tipo enjoos e inchaços) e tive vários dos quais ninguém fala, tipo sangramento nasal e prurido gestacional (coceira, bolha e descamação nas plantas dos pés e nas palmas das mãos).

Letícia Volponi disse...

Menina, nada me dava mais aflição do que meu umbigo inteiro virado do avesso

Nine disse...

Adorei! Pena que não li nada disso antes! De tudo da gravidez, o pior foi o enjoo, os puns fenomenais nos momentos mais inesperados e aquela sensação de ter alguém (!!) apertando seus intestinos, seu estômago, sua vagina...uma coisa!

Priscila disse...

Roberta,
Tô me sentindo A SORTUDA!
Não tive a linha negra e nem o umbigo saltado em nenhuma das duas gravidezes!
Bjs.

Luíza disse...

ai menina, nem me diga!
eu até pulei algumas coisas dessas (a fada das grávidas estava inspirada quando me escolheu) mas outras são esquisitas mesmo...

e meu umbigo não saltou ainda porque acho que a pança não chegou a esticar o suficiente. mas ele tá horrível! tá uma coisa redonda, com o fundo estufadinho, parece um botão (e se apertar ele, explode tudo).

e os puns.. ah, os puns! eu ainda vou além! chamo de peido. porque é um peido bem macho, mesmo. antes de descobrir que eu estava esperando um menino, meu marido já tinha certeza. ele dizia: só pode ter um homem aí dentro. você virou um machinho!
e os gases na verdade saem por tudo que é lado, sem hora nem local certo. e daqueles beeeem fedidos!
nem tento disfarçar isso do marido. ele é que de vez em quando pede pra eu mudar de assunto, porque diz q eu to ficando obcecada com a coisa. ahahahhaha!

:)***

Ju disse...

ahhh , adorei seu blog!!! Achei em outro blog que sigo! Também tenho um blog e também tenho uma Luísa -Anna Luísa , que com nove meses ainda não sabe o que é dormir. www.lulunaodorme.blogspot.com
beijoka

Genis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Genis disse...

Concordo com tudo...rsrs

Cynthia Santos disse...

A Lia me lembrou do prurido... eu também tive, e olha, isso compensa qualquer outra novidade de gravidez, eu tinha vontade de me coçar com escova de cabelo, sabe aquelas antigas, que parecem de piaçava?! nossa, foi dureza...apareceu 2 meses antes do Arthur nascer e duraram outros dois após o nascimento, um verdadeiro sufoco!!!

Grazi, mãe do Principe disse...

kkkk, eu tambem tive tudo isso , muito bom mesmo , hoje tambem passo isso pras novas mamaes que conheço kkkkk .

Ah me segue please ...
bjus

Tah disse...

Roberta, mto bom seu blog.
Eu ri com o umbigo comparado ao pininho do peru...é bem assim mesmo... eu olho pro meu todos os dias e fico segurando pra ver se evito q ele saia...meu marido se mija de rir...

Bjão e td de bom

Erika disse...

Poxa Renata, devia ter passado aqui antes para pegar o endereço da fada, pq JP e tão longe, ela não deve entender o idioma, ai ja viu....
Eu tenho td que vc descreveu, e mais algumas coisas que as meninas disseram, o pior e q o risco na minha barriga e torto...afff
Meu marido para me agradar diz q eu estou linda, mas qdo coloco um vestido me sinto aqueles botijoes de gas da epoca da nossa mãe em que elas colocavam vestidos neles,,,kkkk
seu blog esta otimo.
bjs

Mamãe (Thais) disse...

Kkkkk....
Adorei...
o pior é q é tudo verdadeeee...nossa pra mim o risco na barriga não é tão ruim...o pior msm é o humbigo e uns puns...afff ninguem merece!!!

bjusss