segunda-feira, 12 de abril de 2010

Desejo de grávida (nada) light

Eu juro que tenho procurado me controlar nessa gravidez. Minha meta é engordar menos do que a primeira (que eu engordei 13kg), especialmente porque eu já engravidei com quase 5kg a mais do que meu peso ideal. Procuro fazer uma alimentação leve, comer frutas, tomar meus 2 litros de água por dia...
Mas o problema é que eu tenho vontade de comer aquelas coisas que qualquer ser humano em sã consciência sabe que não se deve comer: doces bem calóricos, pães, salgadinhos...
Sabe o que faz meus olhos brilharem e minha boca salivar nas prateleiras do supermercado? Os salgadinhos da Elma Chips, tipo Fandangos, Cheetos, Doritos... Coisas que eu nunca como (mas comia quando era criança e adolescente, lógico), mas agora me dá uma vontade enlouquecedora. De vez em quando chuto o balde, compro um saquinho e como todo. Juro, mas aquilo me dá um prazer indescritível.
Ah, e quer saber o que é pior? Nem fico com peso na consciência.

17 comentários:

Carol disse...

isso me lembra um episódio de Friends, do Joey doesn't share food (viu esse?), que no final ele devora a torta de chocolate da namorada e diz que tava tao bom que nem culpado ele se sentia. hihihihih.

acho que, desde que salgadinho da elma chips nao vire a base da sua alimentacao, tá valendo, né? Nao só grávida, mas em qualquer momento da vida (aí vc repara a pessoa tentando fugir do sentimento de culpa por ter comido Cheetos no fds).

beijos!!

Carol P disse...

Durante a gravidez com certeza devemos nos dar mais luxos que normalmente.

Futura Mamãe disse...

Nada de culpa!! você não precisa comer todos os dias ne? mas de vez em quando... por que não???

Eu não me acanho, se estou com vontade ataco mesmo!

Um beijo

Mari disse...

nossa, eu me joguei muito na Elma Chips na primeira gravidez!!! na verdade era uma vontade louca de sal, e esses salgadinhos são tipo lamber sal, né? adoro, confesso. E ando bem salgadinha nessa gravidez também, mas tenho canalizado minhas energias pra coxinhas de frango... ai, como eu adoro estar grávida! haha!
beijo!

Renata disse...

Nossa, eu não fui nada light nessa gravidez tb! Me empanturrei se sorvete (nesse momento estou com um potinho de sorvete na mão...shhhh!!!)
Acho que de vez em quando não faz mal a ninguém, ainda mais se a base da alimentação for boa! Aproveite sem culpa!!
beijos mil, Re

Roberta disse...

Acho que é isso mesmo, Mari, a necessidade de comer coisa bem salgada. Vou perguntar para o meu médico se isso tem alguma explicação médica... bjs

Patrícia Boudakian disse...

Ahh, como todas as mulheres acima disseram, acho que grávida pode e ainda por cima sem culpa mesmo... se vc sente tanta vontade deve ter uma explicação médica, ou hormonal ou ainda uma necessidade do seu corpo...

[e conta mais detalhes do sonho com o Dourado hahahahaaha depois te conto o que tive com o Cadú ai ai ainda bem que achei uma louca que nem eu hehehe]

beijo beijo!

Flavia Bernardo disse...

Nossa, nem me fale!
Qdo tava grávida vivia vigiano minha alimentação e por justamente saber que estava me alimentando bem, me deixava dar umas escapulidas. Meus pontos fracos eram a coxinha e quibe da Lecadô, uma doceria! Nossa....volta e meia me atracava com essas besteiras! kakakak

Sem excesso, mal não há!
bjks

Flavia

Alê disse...

Vc pode!!! Desejo de grávida precisa ser atendido!!!!
: )

Beta disse...

Hehehe, grávida é tudo meio parecida mesmo.
Quando eu estava grávida da Alice ficava enlouquecida por doces...antes de descobrir a gravidez tinha que comer religiosamente um churrus que tinha perto do escritório do meu pai.
Depois, já com barrigão, o maridão ficava me regulando o tempo todo mas eu seguido escapava dele e ia num buffet de tortas e chás perto da minha casa...nham nham.

Letícia Volponi disse...

Menina, sabe o que eu comia diariamente na gravidez da Laura e ainda assim engordei 11 kg? Meio copo de leite condensado com chocolate em pó. Me realizava também.

Tathyana disse...

Ai Rô sou do seu time. Não dá pra passar vontade, ainda mais grávida. Vai que a sua baby nasce com cara de fandangos. Bjsss

Ioly Lopes disse...

Ah, se permita sim, esses pequenos prazeres. Invista em caminhadas, hidro, ioga, para equilibrar as calorias, vai fazer bem p o corpo e p alma...

Fe disse...

E eu que na gravidez não podia ver propaganda de cerveja estampada na parede dos botecos ! O Lucas tinha que parar o carro pra eu descer comprar uma latinha !! Nunca tomei tanta cerveja na vida...e detalhe : não bebo hein !! Nada !! hahaha...sem culpas !! Será que é por isso que Luísa adora um vinho ?? Ai Meu Deus ! Não tinha pensado nisso !!!

Dani disse...

E eu, Rô, que nem grávida tô e ando cheia desses desejos calóricos! Ai minha ginástica....
Beijo!
Dani

Nine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nine disse...

Eu, quando estava grávida de minha filha, tive muita vontade de comer salgado também. Batata frita, frango à passarinho eram os mais desejados! Já dos doces eu enjoei, não sentia nenhuma vontade de comer. Detalhe é que eu amo doces e nem sou chegada em salgado não...coisas da gravidez, né? Mas eu não regulei muito não, procurava comer de maneira saudável na maior parte do tempo, mas comi também outras coisas não tão saudáveis ao longo do percurso. Na verdade é assim no dia a dia ainda hoje! Não dá para ser 100% controlada né? Adoro um docinho...