quinta-feira, 25 de março de 2010

Feira do bebê e gestante

Vamos combinar que as "Feiras do Bebê e Gestante" não costumam ser dos programas mais tranquilos a se fazer. Em geral os lugares são distantes, enormes, estacionamento caro e um certo tumulto nos finais de semana. Os maridos adoooooram, nénão? Mas, ainda assim, costuma valer a pena para quem não tem a chance de comprar nos maravilhosos outlets fora do Brasil.
A dica é que esta semana está acontecendo em São Paulo a feira no colégio São Luís, atrás da av. Paulista. Para quem mora em região mais central da cidade, é uma ótima opção. Além de ser mais perto pra quem vai de carro, dá pra ir de metrô. O espaço também é menor, então você consegue percorrer a feira mais rapidamente.
O lance dessas feiras é saber garimpar. Tem coisa brega e de má qualidade, lógico, mas também tem coisas boas por lá. Ontem dei uma passada porque precisava comprar calças com pezinho pra usar com body, os famosos mijões ou culotes. Eu passei pra frente os da Luísa e não consegui encontrar nessa minha última viagem ao exterior. Três por R$ 22 é um precinho bem razoável, não é?. A tal da marca Bicho Molhado não é das mais chiques, eu diria, mas a malha é boa e dura bastante sem esgarçar. E uma peça lisa básica não precisa de grife.
Pra quem está montando enxoval (lençol de berço, toalhas de banho, fraldas de pano etc), uma das lojinhas que eu recomendo é a Jully Baby, que está em todas as feiras em SP (não tô ganhando nada pela propaganda, viu, só estou recomendando porque comprei muita coisa pra Luísa lá). A malha é ótima e os bordados são super delicados. Não custam uma bagatela (você encontrará coisas mais baratas pela feira), mas a qualidade compensa. Você pode lavar as toalhas e lençóis na máquina milhares de vezes que não estragam.
Outra coisa que achei bacana na feira atual é que tem umas sacolas de mão e malas de viagem/maternidade para bebês bem mais moderninhas do que as que existiam quando eu estava grávida da Luísa.
Outra dica: os preços de carrinhos de bebê e acessórios do gênero nas feiras costumam ser iguais aos das lojas convencionais, então não precisa se desesperar e comprar logo de cara. Lá vale mais a pena comprar roupas, enxoval e enfeites de quarto e maternidade.

Centro de Eventos São Luís
23 a 28 de março
Rua Luis Coelho, 323, Consolação, São Paulo (Fica entre a R. Bela Cintra e a Haddock Lobo, próx. à estação Consolação e Av Paulista).
Horários:
Terça a sexta-feira das 12h às 22h
Sábado das 10h às 22h
Domingo das 10h às 20h

Entrada Gratuita - Estacionamento PAGO no local. (custa a bagatela de R$ 10 a primeira hora e R$ 4 as demais. Se for de carro, vale parar em um outro estacionamento próximo mais barato - a não ser que você vá levar a feira toda pra casa e precise do carro bem próximo :0)

Aqui no site tem o calendário completo das feiras e endereços.

8 comentários:

Patricia disse...

Ai, posso contar uma dessa feira?
Há muitos anos, muito antes da lei da cidade limpa, essa feira anunciava por toda a cidade. Pequenos cartazes espalhados nos postes da Capital.
Eis que minha colega de trabalho chega no escritório e comenta:
- Queria ver o tal bebê gestante. Como será que um bebê engravida, hein?
E só depois que eu expliquei que era a feira do bebê e da gestante e não a feira do bebê-gestante que ela entendeu.
Parece mentira, mas aconteceu!

E quanto à feira propriamente dita, nunca fui, mas já comprei coisas de uma expositora habitual de lá que se chama GOG. Coisas lindas e bons preços. Recomendo!

Patricia disse...

Ai, posso contar uma dessa feira?
Há muitos anos, muito antes da lei da cidade limpa, essa feira anunciava por toda a cidade. Pequenos cartazes espalhados nos postes da Capital.
Eis que minha colega de trabalho chega no escritório e comenta:
- Queria ver o tal bebê gestante. Como será que um bebê engravida, hein?
E só depois que eu expliquei que era a feira do bebê e da gestante e não a feira do bebê-gestante que ela entendeu.
Parece mentira, mas aconteceu!

E quanto à feira propriamente dita, nunca fui, mas já comprei coisas de uma expositora habitual de lá que se chama GOG. Coisas lindas e bons preços. Recomendo!

Lu Terceiro disse...

Boa lembrança, Rô! Eu acho a feira meio mico, mas de fato dá para garimpar coisa boa. Se conseguir, vou dar uma passada nessa, as roupinhas G da Alice finalmente começaram a ficar pequenas. Beijos!

Tati Amor disse...

Essas dicas valem ouro, muito obrigada, apesar de estar na minha segunda gravidez, estou tão perdida, referente a lojas para o enxoval, e etc....Um enorme beijo, ah e claro sua princesinha eh linda PARABÉNS !!!

Bianca disse...

Estou querendo ir na Feira da Gestante e do Bebê que vai ter aqui no Rio, no Riocentro.

Mas, esta eu sei que é gigante!!! Fico só com receio de querer comprar tudo.... Rsrsrsrrs

Obrigada pelas dicas, vou anotar todas!!!

Carol disse...

Pertissimo aqui do serviço... vou la essa semana =)

Bjusssssssssss
Ca

Bárbara disse...

Adorei conhecer seu blog !
Lindo!
Bjos

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Olá!!! nem lembro como cheguei ate o seu blog,mas cá estou eu... nunca fui numa feira dessas, até pq na minha cidade nunca teve(snif!)mas fora os contra -tempos de todo feirão do tipo: aglomerações, caminhadas em busca de algo legal, aquele bafafá...ahh,apesar de td,deve ser legal ,não??mas confesso que meu marido ia odiar ir junto..hahaha!!! bjss!!