quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Boa desculpa

Nas últimas semanas, Luísa tem acordado muito à noite. E como desde que nos mudamos ela está dormindo na cama, agora ela se levanta sozinha e vai até o meu quarto. E eu, milhões de vezes, a levo de volta. Ontem, numa dessas vezes, maridón resolveu levantar pra ver. Eu, crente que ele iria colocá-la na cama dela. Daí aparece ele com a Luísa no colo e a coloca na nossa cama. Junta a falta de paciência com a saudade, porque ele a viu pouco de noite, e dá nisso. O que, vamos combinar, não ajuda muito nesse processo de tentar fazer a Luísa dormir no quarto dela a noite inteira. Mas tudo bem, também acho que esse comportamento é algo inconsciente por causa da minha gravidez.
Sei que ela dormiu na minha cama essa noite e, quando acordamos, fui conversar com ela:
- Filhota, você dormiu aqui hoje mas foi só essa noite, viu? Amanhã você vai dormir no seu quarto sozinha, tá? Lá é o seu lugar de dormir, e é muito legal.
- Tá bom, mamãe
- Mas o que aconteceu, filha? Por que você acordou tantas vezes essa noite e veio aqui para o quarto da mamãe? Você não estava conseguindo dormir?
- É que eu adoooro a mamãe

Dá pra aguentar uma coisa dessa?

15 comentários:

Carol disse...

morri!

é muita fofice!

Fe disse...

Que linda mesmo !! Não dá pra aguentar isso ! Luísa tem isso também, Lucas coloca ela na nossa cama, e ela começa a me abraçar e a me beijar, e quer me dar colo...Não aguentamos, mas sabemos que não é por aí, né ? Mas, essa fase passa tão rápido, que às vezes cedemos ! beijo p vc !

disse...

Roberta, nós dormimos no mesmo quarto, mas a Maria Ísis tem a cama dela, mas vira e volta ela faz isso tb e ai eu vou levanto e coloco ela de novo, só que quando Marido ataca, ele pega e deixa ela, ai diz pra mim assim: Ah Vê tadinha ela tá com saudades. Mais sabe o que é? Ela dorme pegando na orelha da gente, e ele: ADORA! rs

Camila Bandeira disse...

Ah meu Deus! É fofura demais, né? Como resistir?? Impossível!!!

Priscila disse...

Oi, Roberta!
Que coincidência. Postei sobre esse assunto ontem. Passa lá pra ver... http://priscilaresende.blogspot.com

Meu filho anda acordando muito à noite. Ele fazia isso antes da Duda nascer com muita frequência e depois que ela nasceu ele parou de acordar. De um mês pra cá voltou a acordar e correr pra nossa cama. Disse que tem medo de dormir sozinho... Fases...
Bjs.

Denise disse...

Como resistir a uma delícia dessas...

Eu ainda trago a Elisa pra nossa cama quase todo dia lá pelas 6:30h, não consiguimos perder esse hábito (nem sei se mais ela ou eu. Mas tbm não acho que isso nos atrapalhe, ao menos até agora. Será que tô fazendo alguma negação?

Anna disse...

ai que gostosa!

assim acaba dormindo na cama da mamãe todo dia. rss

Paloma, a mãe disse...

Ahaha, querendo te ganhar na lábia, espertinha! Aqui a Ciça, que nunca acordou à noite, passou a acordar. Eu relaciono à insegurança gerada pela gravidez, não tem outra explicação. Se vc descobrir como resolver isso, compartilhe aqui. Farei o mesmo. Estou quase marcando uma consulta com o pediatra só para pedir conselhos.
Beijos

Lia disse...

Hehe. Isso é que é poder de manipulação ;)

Tathyana disse...

Hohoho!!! Essas meninas!!! Alice tmb depois que soube da gravidez acorda várias vezes durante a noite e vai pra "nossa cama", como ela chama. Eu ou o pai levantamos e a colocamos de volta. E no outro dia muita conversa e carinho. Tá diminuindo a frequencia das idas, mas ainda continua. Espero que com a volta as aulas isso melhore. Bjssss

Laura disse...

roberta,

ei li o seguinte comentário escrito por você no blog "Astronauta":
"Eu sinto constantemente esses altos e baixos, esses sentimentos que se misturam em relação ao cotidiano com filhos. Tem momentos em que minha filha é o ser mais doce da face da terra, tem outros em que ela fica insuportavelmente insuportável.
Às vezes penso se é realmente preciso fingir que não temos esses cansaços, essas frustrações, né? Essa história de querer ser mãe perfeita acho que é só pra novela..."
E passei aqui simplesmente para te aplaudir, eu tb as vezes fico pensando pq temos que fingir que tuso é perfeito e maravilho, realmente é fantástico ter um filho, mas devemos admitir que uma tarefa árdua, que nosso dia a dia é penoso e que por mtas vezes nos desanimamos, choramos e sentimos falta do tempo em que éramos só nós. E não é por isso que nois tornamos mães ruins e tb não é por isso que amamos menos nossos filhos...
Enfim, simplesmente somos humanos...

bj

Marina disse...

Ai, meu Deeeeeus!!
Por isso q seu marido leva ela de volta pra cama de vcs!!!!!!!!
ahahahah

Letícia Volponi disse...

Muito boa!!! E quem resiste, fala a verdade?
Tenho certeza que nesse momento vc pensou em deixar ela dormir com vc tooooodas as noites, não?

Alê disse...

gente.....que vontade de apertar!!!!!!!!!!!!!

Alê disse...

gente, que vontade de apertar!!!!!!!!!!!