sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Eu vou sozinha pra casa da vovó Lucia



Pequena tradução para quem não conseguir compreender o Luisês (apesar de para mim parecer tudo muito claro... rsrs): Primeiro ela está conversando com o João Vitor, meu sobrinho. Rola um "é... é cinco meia" que eu não tenho ideia do que ela queria dizer. Depois ela pede pra falar com com a tia Paula. "Beijo tchau" e liga de novo "Tia Paula, cadê a vovó Lúcia? Eu vou aí na casa da vovó Lúcia. Minha mãe não pode ir, então eu vou sozinha, tá bom?".
Detalhe: não tinha ninguém do outro lado da linha, era pura invenção.
PS. Saca só a trovoada ao fundo. Esse videozinho foi feito ontem, durante a chuvarada que estava caindo em SP.

10 comentários:

Dani disse...

Que coisinha mais fofa essa Lu...
Quero morder, pode? E apertar?
Beijo!
Dani

Marina disse...

Sério, Roberta, fiquei apaixonada!
hahahahahaha
Coisa mais linda essa conversa e esses olhos enormes!
Linda, linda, linda!

piscardeolhos disse...

...eu vou xojinha e mamãe vai não... (??)

E como é que vc não passa os dias mordendo as bochechas, me fala???

Mari disse...

Ela estava dizendo as horas! Pra Alice é sempre, SEMPRE cinco e meia! Deve ser algum código dos bebês...
(e esse beijo-tchau é um clássico, né? adoro!)
bj

Lu disse...

Ahhh... quero morder!!!! Apertar!!!!
Que delícia essa criança!
Beijos

Maria Luiza, minha vida!!! disse...

srsrsrrs Que lindinhaaaa!!!
Vontade mesmo de apertar!
Beijãooo!
Rafa

Letícia Volponi disse...

Ro, antes de mais nada, super obrigada pelo convite. Adorei a visita e espero poder fazer isso mais vezes. A Luisa, que já me tem como fã há tempos, mostrou hoje que merece muito mais dedicação dessa tia aqui. Adorei o vídeo, viu?
bjo em todos aí.

Glau disse...

Delíciaaaaaaaaaaaa!!!! Saudd imensa!!bejosss

Flavia disse...

ai.. Gamei!

Paloma, a mãe disse...

Linda demais! Adoro esses diálogos imaginários. Congela a imagem (e a menina de 2 anos e pouco).
Beijos