quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Técnicas para sair do quarto de fininho

Sabe quando você já está há um tempão ali no quarto esperando o fulaninho dormir e ele, de minuto em minuto, levanta a cabeça pra ver se você ainda está ali?
Ontem estava eu numa dessas, esperando a Luísa dormir e me deixar sair do quarto dela ("senta só um pouquinho, mamãe, senta") e pensei em fazer esse post. (afinal, ali no escuro não tem muita coisa pra fazer a não ser dormir também ou ficar pensando bobagens).
Então aí vão algumas técnicas pra sair do quarto de fininho sem que seu filho perceba:
1. Não respire
2. Jamais espirre porque isso fará com que ele desperte de novo
3. Coloque um protetor de berço ou um travesseirinho que impeça seu filho de te ver apenas abrindo os olhos. Assim fica mais fácil de fugir sem que ele te veja.
4. Tire os sapatos, chinelos e tudo mais. Meia é bom, porque não gruda no piso e é até melhor do que pés descalços que às vezes "grudam" no chão.
5. Garanta que não tem nenhum brinquedo espalhado pelo chão ou qualquer outra coisa no caminho em que você possa esbarrar quando for sair de fininho.
6. Deixe a luz do corredor apagada, porque senão quando você abrir a porta do quarto para sair, a iluminação vai aumentar e seu filho vai perceber.
7. Mova-se em câmera lenta. Primeiro uma perna, depois a outra, depois tire o bumbum de onde estiver sentado - quase um movimento de capoeira, saca?
8. Aproveite quando passa algum carro na rua e o barulho aumenta, assim seus ruídos podem se misturar com o barulho de fora.
9. JAMAIS (tá me ouvindo?), JAMAIS passe perto de qualquer ursinho, boneca ou brinquedo que toque musiquinha.

13 comentários:

Dani disse...

Adorei Rô! Vivo fazendo isso lá em casa! Tudinho! E, para mim, o mais engraçado é sair em câmera lenta...já tô craque nisso!!! Beijo! Dani

Paloma, a mãe disse...

Ahahaha, ótimo, Roberta. "Não respire" é demais! O pior, tenho de confessar, é que mesmo fazendo tudo isso, às vezes ainda dá errado. Aí é sentar e chorar. Mas sem fazer barulho, hehe!

mimi disse...

Ro, o melhor é sempre levar no bom humor, mas vou ter que deixar meu depoimento pessoal sobre a questão hora do sono, apesar de ter quase certeza que já rolou um post sobre o assunto.
Na minha opinião, eu era super contra "métodos para fazer babys dormir" (simplesmente pq não conseguia deixá-lo chorando..), até que um dia passei mais de 2 horas tentando colocar o Lucas na cama, depois disso conversei com o maridão e decidimos fazer o tal nana nenê. Primeiro dia chorei junto, segundo já percebia que não seria tão difícil (mesmo assim não conseguia entrar no quarto no Lucas, pq me faltava a TAL da convicção que o livro dizia que teríamos que demonstrar), terceiro dia já participava e ficávamos espantados de como estava sendo fácil... enfim..
Hoje em dia eu coloco ele lá no berço e pumba... dorme.. sem + nem menos e confesso que as vezes até duvido e vou verificar se realmente ta dormindo, depois disso horário de dormir deixou de ser um martírio.
Bjs
Mimi

Roberta disse...

Mimi, também fiz isso bastante, viu, de deixar chorando (método nana nenê). E funcionou, sim. FEspecialmente de madrugada, quando ela dava mais trabalho.
Mas é que vira e mexe volta a fase de enrolar pra dormir. Agora ela até que não demora muito, não, mas ela quer que eu fique um pouquinho ali no quarto com ela. Geralmente fico uns 5 ou 10 minutos (que parecem uma eternidade porque não tem nada pra fazer), e daí dou essa fugida descrita no post...

Fabi disse...

Rô,
Que íncrivel a coincidência deste seu post!Justo ontem foi o dia que a Laura nestes 8 meses me deu mais trabalho. Normalmente coloco ela para dormir no colo e depois coloco no berço e ela ía bem.Ontem era colocar no berço ela acordava. O pediatra já me aconselhou a deixá-la no berço para ela aprender a dormir sozinha. Mas é tão gostoso ficar agarrada com ela depois de passar o dia todo fora.Mas depois de ontem andei repensando se não seria melhor mudar isto apesar de achá-la tão pequena.Temo que ao crescer fique cada vez mais difícil mudar este hábito.Mas dá uma peninha danada deixá-la chorando...
bjos

Carol disse...

hahahahahaha
ótimo post!
vou guardando as dicas!!

beijos

Marina disse...

hahahahahah
A última dica é ótima!
hahahaha
Adorei!
bjs

Fe disse...

kkkkkkkkkkkk......você foi demais !! Este post está óoooooooootimo !!! O duro é ficaqr ali no quarto, e sabendo que você tem UM MONTE de coisas pra fazer, e a criatura não dorme, ou de repente (Luísa deu essa esses dias) ela levanta a cabeça e fala:..."búuuuu...!!" Meu Deus, tava quase dormindo e me dá um susto de repente.....morro de rir e aí f.... de vez, pq ela desperta...Rô recebi o livro e o passaporte de leitura..Lindos querida, amamos muito....e a música do cd é linda. Lulu adorou..ouviu umas 5 vezes já..quase decorei...kkkk..super beijo..minha tão sonhada viagem à Ubatuba chegou...beijo beijo e bom final de semana.

Sheila disse...

otimo!!!! adorei!
pura verdade...
estou so comecando nesta odisseia mas posso acrescentar mais um... enquanto sobe a grade do berco abaixada - pra ela nao ver a sua cara- vai cantando (assim algumacoisa continua igual) e talvez ela nao perceba que a grade esta subindo ai, abaixadinha, sem sapato, daquele jeito vc vai saindo do quarto e abaixando o volume...

beijos@

Dani Garbellini disse...

Ah, céus! Eu faço tudo isso, inclusive prender a respiração. E daí chego na sala e ouço: "mamãe, mamãe!"

Dizem que no segundo filho melhora.
Será?

Ah! Encontrei seu blog em algum outro blog de mãe.

Prazer em conhecer!

Dani
http://danielices.blogspot.com/

Mari disse...

haha, muito bom!
aqui em casa acho mais seguro sair me arrastando pelo chão, só pra garantir...

Letícia Volponi disse...

Muito bom, Rô. A Laura não me dá muito trabalho para dormir. Em geral fica sozinha e eu saio mesmo sem ser de fininho, mas tem dias que até os movimentos friamente calculados dos nossos gatos são capazes de despertá-la. Aliás, a parte dos brinquedos musicais revela quase um trauma para vc, né? (e para mim tb)

paiequemcria disse...

hehehe...
"Meia é bom" foi ótimo!
Em casa fizemos a burrice de colocar uma porta sanfonada no quarto do bebê. Toda noite demoramos uns 10 minutos fechando a maldita porta em camera lenta, pro Sr. D não acordar.

Abraços,
Sr. Paiéquemcria