quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Pronação dolorosa


Sabe quando você está segurando a criança pela mão e ela se joga pra ficar pendurada? Sabe aquelas brincadeiras de girar crianças segurando no antebraço? Ou sabe quando a criança quer sair correndo pela rua e você a puxa pela mão? Então. É bom ter cuidado. Senão dá nisso. Esse nome estranho, pronação dolorosa, foi o que aconteceu ontem com o bracinho da Luísa. A babá foi brincar de girar a Luísa, olha que beleza, e numa dessas ela reclamou de dor. E não queria mexer o bracinho esquerdo, ficou segurando o braço imóvel colado ao corpo. Quando eu encostava, não doía, mas ela não conseguia levantar o braço.
Liguei pra pediatra e ela me mandou levá-la imediatamente ao pronto-socorro. Três horas depois... saímos de lá com a Luísa de braço engressado.
Vou à explicação técnica, que peguei na internet. Essa tal pronação é um pequeno deslocamento de dois ossos no braço da criança (da cabeça do rádio, osso do antebraço que participa da articulação do cotovelo, em relação ao ligamento anular). Essa lesão ocorre em crianças menores de cinco anos devido à consistência mais elástica dos ligamentos e ao desenvolvimento ósseo incompleto.
Normalmente, após algum tempo, a criança para de reclamar, desde que não movimente o braço ou toquem em seu cotovelo. Mas é importante levá-la ao hospital o mais rápido possível. O ortopedista irá colocar o osso de volta no lugar, normalmente, sem a necessidade de anestesia. É um procedimento bem simples, mas deve ser realizado apenas por especialista. Na maior parte dos casos, poucos minutos depois do procedimento do ortopedista a criança já está brincando e movimentando o braço normalmente, sem dor.
Porém... o médico fez o tal negócio na Luísa, movimentando o bracinho dela, mas ela continuou reclamando que doía o braço, não queria mexer. Acontece isso em poucos casos. Tiramos radiografia mas não deu nenhuma fratura ou lesão. Então o médico aconselhou deixá-la com o braço imóvel por dois dias para que tudo volte ao lugar certinho. Ainda assim, isso é normal em crianças e não deve ficar nenhuma sequela.
E o resultado é isso aí que vocês estão vendo na foto. Luísa, com 2 anos de idade, usando gesso. Fiquei preocupada sobre como ela ficaria esses dois dias. Mas não tá nem aí. Está se divertindo, até. Deixou o médico colocar a "massinha" no braço dela e mostra com orgulho o dodói no braço. Coisa de criança. Depois do susto (dois em uma única semana, querem me matar do coração), resta nos divertirmos com a situação. E tirar fotos pra lembrar depois. E falar pra babá não fazer isso nunca mais (coitada, ficou arrasada, chorou até). Mas sei que isso poderia ter acontecido comigo ou com o Luiz também, porque a Luísa adora segurar na mão dos dois e ficar se pendurando (ops, não podemos fazer mais isso).

24 comentários:

Fe disse...

OO meu Deus que pecado !!

Renata disse...

Tadinhaaaaaaaaaaaaaa! Morri de dó da dor que ela sentiu, mas tenho que confessar que ela está fofa com o braço engessado! rs!
Olha, vou te dizer que fiquei contente que você disse que podia ter acontecido com vc ou com o Luis tb e que obviamente a babá não queria machucar a menina. Falo isso pq já vi gente até mandar babá embora pq a criança caiu! Poxa, é claro que temos que ficar atentos, mas essas coisas podem acontecer com todo mundo.
Melhoras pra pequena!
beijinhos, Re

Lia disse...

Nossa, ela está tão linda, tão cabeludinha! Ainda estava com a imagem daquela fotinha aí do lado...

Carol disse...

Ai que dóóó!
mas acontece, eu mesma quando era crianca cansei de me quebrar.

ela tá uma gracinha, parabéns!

bjs
Carol
http://www.carolesuasbabybobeiras.blogspot.com/

Fabi disse...

Ai que judiação...ainda bem que foi só um susto, já já ela estará sem o gesso. bjo

Adriana Stock disse...

Eu faço isso direto com a Paola! Vamos parar, é claro. Alguém já tinha comentado comigo que isso poderia acontecer quando estamos segurando os bracinhos do bebê que está aprendendo a dar os primeiros passos.

Paloma, a mãe disse...

Tadinha. Mas criança adora um gesso, eu emsmo amava (fraturei o braço várias vezes, e via isso como um troféu).
Mas não posso deixar de observar que o cabelo dela cresceu bastante desde aquele encontro, ela está linda!
Quanto a segurar pelo braço, tem que ser sempre pelos dois, nunca um só. Esta recomendação eu sempre ouvi.
Beijos e melhoras!

Isa disse...

ô judieira. E essa é uma das brincadeiras preferidas da valentina. Vamos parar já!!!
bjo no dodói!

Nathalia E. Strutzel Pádua disse...

ohn gente !! que dózinha!
o Gui também gosta dessa brincadeira !! !
mas não dá mais né?!
e coitada da babá !! haha! deve ter ficado desconsolada!

beijos

Cynthia Santos disse...

Tadinhas, que semana, hein, amiga?
Ainda bem que não ficou traumas pra Luísa, já a gente...ehehehehe
Beijo grande e melhoras pras duas!

Alê disse...

ô meu Deus....me corta o coração essa cena :(
Mas, o bom é que criança tem bom humor para tudo.Até qdo se machucam....
Melhoras rápidas para a pequena Luísa! E calma para a mamãe!rsrs
Beijos

Mari disse...

ouch! tadinha da Luísa!
isso aconteceu comigo quando eu era pequena, e por conta disso minha mãe vive dizendo pra não brincar de pendurar a Alice pelo braço... confesso que nunca dei muita bola, mas agora vou tomar mais cuidado.
melhoras pra ela!
bjs

Si Collet disse...

ô dó!! imagino seu susto! brigada por ter dividido isso com a gente, nunca tinha ouvido falar de pronação dolorosa, pelo visto é normal.. boa dica! Vou até linkr esse seu post! pra nao esquecer e dividir com as blogueiras q nao conhecem vc! ahh a Luisa tá linda mesmo!! q olhos lindos!! parecem jabuticabas mesmo?

Coisas de Miguel disse...

tadinha da pequenina....mas não a de ser nada viu...ja ja ela estará livre dessa "massinha"....
menina menina...ve se para de dar susto na mamys e no papys viu...rsrs
beijão

Tathy disse...

Tadinha dela!!! Isso já aconteceu com o filho de uma amiga e depois ficou tudo bem. Tenho que lembrar de não deixar Alice ficar pendurada...ela adora tmb. Melhoras pra Lulu. Bjssssssssss

Mãe do Pitoco disse...

Aconteceu a mesma coisa comigo quando eu tinha uns 3 ou 4 anos. Escorreguei, e para não cair no chão, meus pais me puxaram para cima e... já era.
Beijocas nesta linda, linda, linda que logho, logo vai ficar boazinha, mas puxão nos bracinhos nunca mais.

Thais disse...

oi,que linda sua menina ,aguardo sua visitinha,beijos!

Thais disse...

oi,que linda sua menina ,aguardo sua visitinha,beijos!

Glau disse...

NOssa, Rô, tem tanta coisa q a gente nunca ouviu falar, né? Pronação...parece até palavrão..hehe
Ainda bem q está tudo bem agora...
Vou parar de fazer aquela brincadeira q o João Vitor tanto gosta do : um, dois, três e jáaa... ( e levanta, sabe?). Agora sei q não pode.
Muitos beijinhos na princesinha!

Si Collet disse...

tem um selinho pra vc no meu blog.. achei a sua cara! hihihihih! bjoca

Dani disse...

Oh...Luísa...logo, logo passa viu! E, Rô, obrigada por essa informação super útil...juro que não sabia que este tipo de brincadeira pode machucar nossos pequenos. Pronto. Já parei com isso lá em casa. Beijo para as duas! Dani

Maria Luiza, minha vida!!! disse...

Eita amiga, que dozinha que eu fiquei de ver a Luisa assim...mas logo passa viu! Valeu mesmo por nos trazer essa informação....vou ficar mais atenta agora e até alertar lá na creche tb.
Beijuuus

Thaís Rosa disse...

ô meu deus!! tadinha!! já falei pra vários amigos que tem mania de fazer isso com as crianças, depois que vi seu post. e vou falar pro maridão também...
mas essa menina é luxo, né, ficou linda de gesso! e essa blusinha de flor, minha gente!?! Até eu quero uma!!
beijo, e xô uruca, que mãe nenhuma merece tanto susto assim... tive um anteontem e quase morri!

anjo disse...

foi o que aconteceu com a minha de dois meses, mas só no movimento de baixar o braço dela deitada na cama, já ficou chorando algo tinha acontecido, mas logo o médico resolveu e ela voltou a mexer e sorrir sem dor.São cuidados pequenos mas que temos que saber para evitar essas situações que nos desesperam.