terça-feira, 29 de setembro de 2009

Perdi um selinho

Gente, perdi um selinho. Alguma querida blogueira deixou um recado que tinha um selinho pra mim e eu, na confusão, deixei pra responder depois. E o que aconteceu? Não encontro mais e não me lembro qual foi o selo que eu perdi, ou melhor, que eu deixei de agradecer. Por favor, se alguém se sentiu ignorado por mim, me avise.
Por mais que eu seja contra correntes, entendo que os selinhos têm uma proposta bem carinhosa e me sinto super grata às pessoas que me repassam. Mas, no fundo, esse é um assunto que não me deixa muito confortável, sabe? Fico com vontade de repassá-los, para retribuir o carinho, mas sempre fico naquela dúvida sobre alimentar correntes e fazer com que outras pessoas se sintam obrigadas a passar pra frente e por aí vai. Também tem o fato que, depois de um tempo, os selos e as coisas que você tem que falar sobre si mesmo se repetem e aí já perdem o sentido, né?
Se eu paro, chateio quem me mandou.
Se eu publico o selo e não repasso, quebro a regra.
Se eu repasso, posso deixar o próximo sem jeito.
Então, oquequeufaço?

7 comentários:

Clube Sapeca disse...

kkkkkkkkkkkk, será que foi o meu, amore?!!
Olha, tbém tenho as mesmas sensações que você. Principalmente quando realmente só tenho tempo pra postar meus posts já prontos, ou só tenho tempo pra espiar os blogs das queridas e mesmo deixar comments!!!
Ai,ai...tbém adoro os selinhos.Eles nos fazem importantes na web e nos deixam super lisongeadas com a indicação, maaassss...no meu caso, eu não fico com raiva quando uma indicada não segue as regras, sei que (a maior parte) somos mães, ou donas de casa, ou apenas não estamos à fim seguir toda "as regras" de um selo. E também concordo que acaba ficando tão repetitivo!
Fique suuuuper à vontade!!!!
Kkkkk, isso merece um post!
beijos.
Carol Macedo

Carol disse...

olha, tb acho que merece um post! eu nunca recebi isso nos meus 7 dias de existencia blogueira, mas já pensei no assunto. Ficaria na dúvida, já eu ODEIO corrente.

Concordo com a Carol Macedo, acho que cada uma tem que ficar livre pra repassar ou nao e as que repassam nao devem ficar chateadas caso nao siga, né?

beijos
Carol
http://carolesuasbabybobeiras.blogspot.com/

Si Collet disse...

ihhhhhhhhhh!! acho q foi o meu selinho! Tô me sentindo rejeitada roberta! kkkkkkkkkkkk!! brincadeiras a parte.. tb nao suporto correntes.. mas se alguem mandou um selinho é pq gostam daki, nao precisa dar continuidade, mas agradece.. como vc faz..

Alê disse...

eu vi num comentário q alguém te deixou selinho,mas não lembro o post q foi....
Isso ja aconteceu comigo.Fiquei de pegar depois e cadê>>>> já tinha passado.Fiquei chateada...Tudo meu é sempre tão corrido e tantas coisas....entendo seu lado,mas tenho certeza que quem mandou o seliho entenderá suas razões : )
beijos

Mari disse...

ai, essa etiqueta blogueira me mata. sou super desorganizada, já perdi selinhos, esqueço de responder comentários, minha lista de links tá sempre atrasada... e vivo culpada por que sei que receber retorno é tudo nessa vida bloguística.
acho o máximo quem consegue dar conta, mas nunca julgo quem não dá, pq sei bem como é...
beijo!

Roberta disse...

Tá vendo, já apareceram duas... que blogueira péssima que eu sou.
Carol e Si, vocês me perdoam???
Beijos, beijos

Sheila disse...

Roberta, nao esquenta! Acho que passar um selinho ~e um carinho que a gente se faz, vamos dizer, um presente virtual e realmente a gente entende que as vezes nao da, mas se der uma folguinha fazemos um post desses se redimindo e agradecendo!!

Beijos!!