sábado, 29 de agosto de 2009

Teste para o 2º

Minha amiga Cris, que mora no Rio, veio fazer um curso aqui em São Paulo esta semana e eu falei pra ela deixar o Pedro, um fofo de 7 meses, aqui em casa. Imaginem só a alegria da Luísa em ter um bebê (porque ela já é uma mocinha cof cof) por aqui. Ela fazia "chic chic chic" na bochechinha dele, fazia carinho no cabelo, conversava com ele, dava aqueles abraços de urso delicados que crianças costumam dar nos menores e tudo mais. Mas de vez em quando ela também sentia um ciúme dos brinquedos e da atenção que normalmente é só pra ela. No primeiro dia do Pedro aqui em casa, por exemplo, ela fez xixi na calça o dia inteiro, não pediu nenhuma vez para ir ao banheiro. No dia seguinte, tudo voltou ao normal. Senti um pouco do que deve ser a experiência de chegar um irmãozinho novo em casa.
Mas algumas coisas me chamaram a atenção no comportamento dela.
A figurinha dava uma de mãe quando ele fazia coisas que não pode, agindo do mesmo jeito que agimos com ela. Quando ele pegava o controle remoto da TV e colocava na boca (porque os controles pretos são muuuuito mais interessantes para os bebês do que os brinquedos coloridos) ela soltava um "ête não pode" e tirava o controle da mão dele. E assim várias vezes.
Mas a melhor mesmo foi no dia seguinte. Ela pediu a chupeta e o Luiz falou:
- Luísa, você viu que o Pedro não usa chupeta?
- Viu. Mas nenê usa (referindo-se a ela própria).
Tipo assim: cada um com os seus problemas.

12 comentários:

Dany disse...

E ciúme não tem idade...
Natália "morre" de ciúmes de Lulu!
Beijão

Paloma disse...

Ah, então, vou eu falar pra você entrar na campanha pelo irmão. Aqui em casa, a campanha está a todo vapor...hehehe...vamos ver no que dá. bjo
Paloma e Isa

Thaís Rosa disse...

ai, que figura! já sabe até se livrar de saia justa... rsrsrs... muito espertinha essa Luísa!!

Glauco disse...

Eu estou na campanha para mais um sobrinho ou sobrinha.

Olhos e pensamentos disse...

já é extinto das menininhas elas são mãezonas tão pequenininhas, a minha qdo eu fico doente, ela cuida de mim, mede temperatura e toda hora pergunta : Precisa de alguma coisa? se precisar me chama...rsrsrsr

Cris disse...

quem tem amigas como a ro não precisa de mais nada!!! thanks amiga, pelo carinho com pedro. fato que pode ter sido um teste para o 2o se/quando ele vier, cada uma sabe seu tempo! a conclusão amei porque não sabia!!!! ahahahahaha

Renata disse...

hahaha, que respostinha mais esperta! Se saiu bem!!!
Não estão querendo um irmãozinho ainda??
Ai, ai, ai, fico só imaginando como vai ser aqui em casa com os dois ao mesmo tempo!
beijinhos

Cissa disse...

Ro, você deu brecha para a pergunta, então...Quando vem o próximo?

Glauco disse...

Quando vem o próximo?[2]

Glauco disse...

Quando vem o próximo?[2]

Letícia Volponi disse...

Para não perder a deixa...Já tá pensando no próximo? (rs)
Excelente a resposta dela...

Roberta disse...

Não vou responder. rsrs