quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Dúvidas sobre banheiros públicos

Uma das coisas que mais me incomoda em tirar as fraldas da Luísa é o fato de que, a partir de agora, ela terá que frequentar banheiros públicos. São poucos os lugares que possuem banheiros para a família, com aqueles vasos pequenininhos, o que significa que na maioria das vezes a Luísa terá que sentar em vasos usados por adultos. Além de serem incômodos, tem o lance da higiene. Para as meninas, a situação é ainda pior do que para os meninos. A Paloma me disse que sempre levava o adaptador de vaso sanitário pra lá e pra cá quando a Ciça era pequena. Gostaria de saber das outras mães e pais mais experientes do que eu, leitores aqui do blog, o que vocês costumam fazer quando levam os filhos, especialmente as meninas, ao banheiro público. Levam o adaptador? Limpam o vaso? Forram com papel higiênico? Seguram a criança de cadeirinha sem encostar? (essa alternativa é só pra quem faz musculação, né?)
Helps, please!!
PS. Outra questão. O Luiz fez outro dia uma pergunta que eu fiquei em dúvida: e quando o pai sai sozinho com a filha e ela quer ir ao banheiro? Ele a leva no banheiro masculino??

11 comentários:

Paloma, a mãe disse...

Bernardo, que anda muito sozinho com a Ciça, a leva em banheiros masculinos, sim. Uma vez, numa viagem de ônibus, quando ela ainda usava fraldas, eu pedi que ele a trocasse no banheiro masculino (que também tinha trocador), porque o feminino estava lotado (e imundo). E o trocador do masculino, ele me disse depois, por não ser muito usado, era limpinho.

Mas, voltando aos banheiros públicos. Eu acho bom levar o adaptador porque ela não precisa encostar no vaso. Na falta dele, eu (ou o pai) cubro tudo com papel higiênico ou lenço umedecido (ou ambos). Com o tempo, a gente aprende a fazer isso em segundos. E aí vc segura a pequena pelos braços.

Claudia disse...

É isso aí: papel higiênico forrando a patente. Eu nunca usei adaptador em casa, sempre o penico. Acho meio trambolho sair carregando adaptador... Mas em viagem, eu levo o penico sim! Fomos pra Ilhabela neste verão, e como eram 7 horas de viagem, foi a salvação. Várias vezes ela pediu pra fazer xixi em um local absolutamente deserto. Aí, parávamos o carro e ela fazia no penico. E nas praias, com aqueles banheiros imundos de boteco, eu a levava no carro, no seu lindo peniquinho. Quanto a pai e filha... só passamos por isso em shopping, mas lá costumar ter os banheiros família, né?

Isa disse...

Ro, existe para vender uma caixinha com vários "forros de privada de plástico".Eu ando sempre com um na bolsa. Comprei na best baby (melo alves). Quebra um super galho. Qdo estou sem, forro com papel higiênico ou faço a cadeirinha para não encostar. Dica: ( não vale rir) fique de cócoras na frente do vaso.ela segura no seu ombro e apóia os pés na sua coxa. aí não fica tão pesado. hahahaha funciona!!
Qdo vai com o pai, tem que ser no masculino. Imagina a mulherada vendo um marmanjo entrando no banheiro? Não rola...
bjo

Tathy disse...

Eu tmb andava com o adaptador pra cima e pra baixo, depois comecei a deixar o trambolho em casa e forrar com papel. Quero comprar os forros próprio pra privada mas sempre me esqueço. Antes de sair de casa coloco Alice pra fazer xixi ou cocô, pra ver se dá pra esperar chegar em casa, caso a saída seja mais breve.

Bjssssss

Alê disse...

Ro, eu nunca lembrava de levar o adaptador.Eu limpo o vaso, pego aqueles papeis q secam as mãos e forro.É o jeito....
e acho q o pai dela vai ter q leva-la ao baneiro masculino sim...ou entao levá-la de pull up...
hehehe
beijo

Thaís Rosa disse...

uau, nunca tinha pensado nessa logística toda pós retirada das fraldas!! muito bom acompanhar blogs de mamães mais experientes, vivendo e aprendendo!

Paula Duailibi Homor disse...

Gente,

O pinico portatil que eu mencionei no meu blog (www.nywithkids.blogspot.com) eh incrivel. Alem de pinico, ele serve como tampa de vaso para os pequenos. 2 em 1. Cabe dentro da bolsa de fraldas e eh levinho.
Vale super a pena!
bjos

Adri Nunes disse...

Eu morro de medo da Gi pegar alguma doença em banheiros públicos.
Eu não arrisco colocar nada no vaso. Faço cadeirinha sem encostar. É dose!! Nosso braço treme, as costas doem, mas é um esforço que vale a pena. Em relação ao pai, acho que sem problemas em levar no banheiro masculino ainda pequenininha.

Carolina Scott Prada disse...

RO,
Sou nova aqui, mas faço como a Isa, levo na bolsa direto aqueles plasticos que vendem em farmácia...já tem em quase todas...e forro a privada. Também um baby wipes básico..elas duas estão super bem , nunca tiveram traumas de banheiros públicos, coisa q eu morria de medo, pois elas poderiam travar quando estavam no shopping, ou viajando..
bjs
entra lá no meu blog tb
www.fábulaseestrepolias.net
bjs
Carola

Lilian disse...

Olha qdo as minhas eram pequenas eu forrava tudo com muuuito papel mesmo, mas hj já tem um de plástico que é ótimo, vem dobradinho super prático p levar em necessérie,ele "veste" na tábua, fica muito higienico, achei o máximooooo. Encontrei numa rede grd de drogaria.

Letícia Volponi disse...

Roberta, acho que cobrir com papel higienico é o mais comum, pelo menos é o que minhas maigas fazem com seus filhos sem fraldas e eu faço quando estou junto para ajudar. No entanto, uma amiga comprou numa loja de descartáveis para escritorio um saquinho de protetores de acento sanitário, como aqueles que a gente encontra nos banheiros de vez em quando, sabe? Ela anda com cinco deles na bolsa e, muitas vezes, ela mesma acaba precisando.