terça-feira, 2 de junho de 2009

Fraldas de pano


Eu tenho mudado bastante meus hábitos nos últimos anos, na tentativa de me tornar uma consumidora mais consciente e colaborar com o nosso querido planetinha. Mas tem algumas coisas que eu acho que vão ter que ficar para a próxima encarnação (se ainda houver planeta habitável até lá): as fraldas de pano, por exemplo, coisa que voltou à moda entre as mulheres mais "verdes" especialmente nos EUA e Europa.
Ok, as fraldas descartáveis são um problema ecológico: cada uma leva 450 anos para se decompor nos lixões. Ok, a quantidade de fraldas descartáveis que usamos em um bebê é absurda (dizem que são mais de 5 mil em dois anos de vida). Ok, as fraldas de pano também evoluíram e já existem em formato moderninho (diferentemente daqueles panos que as nossas mães dobravam em formato de triângulo e fechavam com um alfinete de joaninha).
Mas elas ainda são de pano. Isso significa que precisam ser lavadas. Isso significa que cada bebê suja em média 8 a 10 fraldas por dia e que você fica com todas elas sujas acumuladas para lavar na máquina. Isso significa que precisa morar em casa pra ter varal suficiente pra esticar e tempo bom pra secar tanta fralda. Isso significa que você continua não sendo 100% ecológica porque precisa usar a máquina com muito mais frequência (e aí vai um turbilhão de água e energia). Isso significa que, se você viaja ou vai fazer um passeio de um dia fora, você tem que ficar carregando todas as fraldas sujas dentro da sacola pra poder lavar quando chegar em casa.
Não, não dá. Definitivamente não dá.

3 comentários:

Cissa disse...

Fiquei sabendo de umas biodegradaveis. Mas, parece que ainda não são que nem a super Pumpers. Vazam, etc. Bem, eu usei as de pano e ainda não tive filhos, então...

Roberta disse...

Eu li sobre isso. Dizem que essas fraldas podem ser jogadas na privada. Mas os engenheiros e encanadores são totalmente contra, dizem que é grande a chance de essas fraldas entupirem o encanamento e causar um problemão. Aguardamos melhor solução...

Naiana Bueno disse...

Roberta, descobri teu blog meio por acaso. Moro na França, sou mãe de gêmeas e uso fraldas laváveis! E sim, é mais e conômico e ecológico sim!
De qualquer forma, mesmo sem fraldas, precisamos lavar roupa todo dia. Aí é só pegar as fraldas que estão de molho e lavar junto! Além disso, a água, pelo menos aqui, sofre um processo de tratamento depois de jogada no esgoto....ou seja, não é porque gastamos um pouco mais de água que somos menos ecológicos, não?