sexta-feira, 3 de abril de 2009

A nova babá

Demiti a mocoronga da babá na segunda-feira e na terça começou a nova moça. Incrível como, depois de quase seis meses em casa, a outra não fez nenhuma falta para a Luísa (pra mim, nem se fala). Depois de algumas tentativas com meninas mais novinhas, na faixa dos 20 anos, achei que seria melhor tentar uma pessoa mais velha, mais madura, pra ver se dava mais certo. Nem estou acreditando, tenho que bater na madeira. A Vera, essa nova babá, é irmã de uma amiga da minha diarista (desisti das agências). Tem 48 anos, uma filha e uma netinha de 10 meses. Enfim, outro nível de maturidade, experiência, tudo. A Luísa simplesmente a adorou. Desde o primeiro dia, pega na mão dela e chama "titi" (titia) pra lá e pra cá. Não chora pra nada, enquanto com a outra era uma choradeira pra escovar os dentes, pra tomar banho... A outra era calma, falava baixo, mas ela não interagia. Percebi que a grande diferença é que a Vera brinca com a Luísa, entretém, tem muito mais jeitinho e experiência. E o melhor de tudo: eu só preciso falar as coisas pra ela uma vez. Deus queira que esta tenha vindo mesmo pra ficar.

Nenhum comentário: