terça-feira, 7 de abril de 2009

Mãe insegura puxando papo

Eu estava mexendo na agenda do meu celular essa semana e achei gravados vários nomes de mulheres que eu não me lembrava quem eram. Depois fui me dando conta e comecei a rir sozinha. Quando a Luísa nasceu, eu puxava papo com qualquer mãe de bebê que eu encontrava pela frente, fosse na rua, no parque, no supermercado... Quando eu ia passear com a Lulu no Ibirapuera, eu praticamente ia seguindo as mães que passavam com um carrinho de bebê, só pra bater papo e fazer um milhão de perguntas. Eu pedia o telefone achando que elas me ligariam algum dia pra irmos juntas ao parque novamente, mas nunca ligavam, hahahaha!!! Teve uma, mãe de gêmeos, que eu fiquei tentando ficar amiga mas ela nem me deu bola, apesar de ter me dado o telefone da casa dela. Hoje, quando eu a encontro pelo bairro, finjo que nunca a conheci... rsrsrs. Mas teve uma muito bacana, a Flora, que me convidou naquele dia mesmo pra conhecer a brinquedoteca que ela tinha feito na casa dela para o filhinho, pouco mais velho que a Luísa. E eu fui!! Até hoje cruzamos de vez em quando pelo bairro e trocamos figurinhas. Meu marido não acreditava quando eu contava essas histórias das "amigas" que eu fazia pela rua, acho que ele me achava meio maluca. Hoje eu melhorei bastante, porque me sinto mais segura em relação à maternidade: só puxo papo quando a pessoa me dá bola ahahahaha!!!!

Nenhum comentário: