segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Mudanças constantes

Engraçado, difícil encontrar explicação, mas as birras da Luísa melhoraram bastante em comparação ao último post que escrevi sobre o assunto. Talvez aquela fase tenha sido influenciada pelos dentes que estavam nascendo. Sei que ela está mais tranqüila e dando menos trabalho. Na semana que vem ela completa 18 meses. Aliás, ontem eu estava conversando com o meu marido sobre como ela dá menos trabalho hoje em comparação a seis meses atrás ou até um pouco menos. Os domingos em que ficamos sem babá agora são menos estressantes e mais divertidos. O fato de ela andar já ajuda bastante a reduzir o nosso desgaste. Ela fica mais independente, brinca sozinha. E agora ela se comunica muito melhor também, e nos facilita pra entender o que ela quer (e aí decidimos se vamos atendê-la ou não, essa é outra história!). Mas acho que, no fundo, a questão é que ela está ficando cada vez mais gostosa e mais divertida. Rimos muito com ela, e ela também se diverte mais com as brincadeiras e passeios, então nossos domingos "a três" têm sido ótimos.
Uma coisa é certa: quando nos acostumamos a uma fase, chega outra e as regras e receitas que valiam antes muitas vezes já não valem mais. Crianças são seres em constante mudança e temos de nos adaptar a elas com muita paciência. E não podemos nos esquecer de curtir ao máximo cada uma dessas etapas, porque elas passam rápido e não voltam mais.

Nenhum comentário: