quarta-feira, 29 de outubro de 2008

As bagunças

A Luísa está em uma fase incrível. Estamos enlouquecidos por ela, cada dia mais. Impressionante como um serzinho pode mudar tanto em tão pouco tempo. Nos dois últimos meses (ela vai fazer 1 ano e 3 meses no dia 10 de novembro), o desenvolvimento foi absurdo.
É muito surpreendente a capacidade de entendimento de uma criança nessa idade. Para quem acabou de nascer, vê-la me imitando digitando no computador e mexendo no mouse parece coisa de outro mundo (pelo amor de Deus, não comparem a Luísa com a Maísa, aquela adultinha encarnada em uma criança). A Luísa pede o DVD que quer assistir, muda a TV de canal com o controle remoto e depois vem me trazer pra consertar as besteiras que ela sabe que fez. Pega meu celular e mexe tanto nas teclas que acaba ligando pra todo mundo. Coitada da Adriana, a primeira da lista, que recebe ligações todos os dias. Meu irmão também entrou no msn outro dia e perguntou: "Rô, a Luísa estava com o seu celular hoje de novo?" rsrs. Ela imita a empregada e fica passando pano no chão e nas paredes. Hoje também foi engraçado: entrei no lavabo e ela tinha picotado metade do rolo de papel higiênico e, o interessante, tinha jogado todos os papeizinhos picados no lixinho do banheiro.
Essa fase é aquela do mundo encantado dos armários e gavetas. Abre tudo, joga tudo no chão, esconde as coisas nos lugares mais inusitados. Tira todos os livros da estante e joga no chão.
Mas eu rezo todos os dias pra essa fase demorar a passar. É bom demais, é insano esse sentimento. O único conselho que vale é: curtir muito cada momento e registrá-los, porque daqui a pouco chegam outras novidades e a gente já esquece das bagunças do dia anterior.

Nenhum comentário: