domingo, 4 de maio de 2008

Orelhinha das meninas

Há diversas correntes a esse respeito. Tem pediatra que fala pra furar só quando a criança tiver 9 meses, tem gente que espera a menina crescer pra ela furar quando tiver (e se tiver) vontade. Eu sou da opinião de que quanto antes, melhor. Furei a orelha da Luísa quando ela tinha uma semana de vida. Foi tão rapidinho que eu nem sabia se ela estava chorando de fome ou de dor. Depois que a criança cresce, você já sabe exatamente quando o choro é de dor, e além disso eles ficam bem mais manhosos, e aí você vai morrer de dó. O importante é fazer com um profissional de confiança e com uma peça de ouro. Uma enfermeira da maternidade São Luiz (onde a Luísa nasceu) veio em casa e furou a orelhinha dela de acordo com os pontos certos da acupuntura. Não inflamou nadinha. Único cuidado é passar o álcool 70º por uma semana. E também não compre brincos que tenham o pininho muito comprido pra não machucar o pescoço quando a criança estiver de lado ou mamando. Há brincos específicos pra recém-nascidos. E é bom deixar pelo menos dois meses sem tirar o primeiro brinco antes de trocar por outro (dica da enfermeira).

Nenhum comentário: