quinta-feira, 15 de maio de 2008

Febre

Não deixe para aprender como agir quando seu bebê já estiver com febre e você entrar em total desespero de ver aquele serzinho molinho e super quente. Eu passei por isso e foi um sufoco. Ficamos eu e o meu marido de madrugada acordados, no meio de um feriado que passamos no Rio, sem saber o que fazer.
A febre (acima de 37,8º) é uma reação a algo que está acontecendo no organismo da criança. A orientação é que você primeiro tente baixar a febre. Se não baixar, aí você deve ligar para o pediatra ou levar em um hospital pediátrico para descobrir o que está causando a febre (geralmente é uma virose, ou dentinho, coisas simples).
No caso da Luísa, era uma virose, que passou em três ou quatro dias. Depois ela teve febre de novo sem nenhuma outra reação (corpo mole ou vômito ou diarréia), então vi que era o dentinho que estava nascendo. Tomou o Alivium uma vez só e resolveu. Na terceira vez (com 9 meses) foi uma gripe forte, que evoluiu para bronquiolite (infecção nos pulmões), e aí só resolveu com remédio e inalação. Nada grave também, mas tem que cuidar direitinho pra não evoluir para um início de pneumonia.

Então, a dica: certas coisas devem ser conversadas com o pediatra ANTES de acontecerem. Febre é uma delas. A Luísa teve a primeira com 7 meses, e ainda assim ficamos super preocupados. Depois, na segunda, já tirei de letra. Outra coisa: a pediatra dela fez a gentileza de me mandar agasalhar a Luísa. Depois descobri que quase causei uma desidratação na menina, que suava em bicas debaixo das cobertas. A médica do hospital falou que esse procedimento é super errado e antigo. Você deve deixar a criança com roupas frescas, para que ela perca calor naturalmente depois que toma o remédio. Você só aquece se ela estiver com calafrios. Ah, para registrar: troquei de pediatra.
Quanto aos remédios, eu dava geralmente Tylenol (específico para bebês), mas depois a nova pediatra disse que o remédio mais moderno é o Alivium, que você pode repetir a dose depois de uma hora se a febre não passar. Em casos de febre muito alta, os pediatras geralmente recomendam partir para a Novalgina. Mas siga a orientação do seu pediatra de confiança.

Nenhum comentário: